Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

OS SOMBRIOS CORREDORES DO INEXPLICÁVEL

"Quando as pessoas dizem que viram um UFO já não zombo mais, pois eu mesmo vi um"

(Jimmy Carter - ex-presidente dos EUA)

 

Este é um avião do tipo F-89 Scorpion, na época o que havia de mais mortífero e letal no armamento americano. Em 23 de novembro de 1953 a escuridão já descia sobre Michigan, quando o Sistema de Defesa Aéreo detectou um OVNI que ostensivamente sobrevoava uma área proibida, muito próxima de Ontário. Um desses jatos, comandado pelo Tenente Feliz Moncla Junior, tendo também como tripulante o operador de radar Wilson, recebeu ordens expressas no sentido de interceptar o intruso. Não se sabe exatamente o que aconteceu, porém os operadores do radar viram assombrados quando os dois blips no scan - o do OVNI e o do F-89 - se fundiram em um só ponto.... Como se o jato tivesse sido tragado! E parece que foi exatamente isso que aconteceu, uma vez que nunca mais se soube notícias do interceptador e dos seus dois tripulantes. O jornal Chicago Tribune noticiou: "Jato, com dois homens a bordo, some sobre o Lago Superior". E as autoridades militares, totalmente perplexas, logo trataram de arranjar uma desculpa para esconder o fato. Fizeram tanta confusão que na hora de dar a notícia às famílias entraram em flagrante contradição: para uma delas, disseram que o F-89 voara "muito baixo" ao interceptar um avião comercial canadense e explodira, não sendo possível recuperar os corpos dos tripulantes. Para outra, o jato explodira "a grande altitude", destruindo o aparelho e seus ocupantes....

 

Pois é! Dizem que não existe mas o Governo Canadense chegou a manter essas instalações super-secretas de modo a atrair os OVNI para que ali pousassem! Não se sabe exatamente com que meios seria realizada essas "atração", porém campos esféricos, assim como os OVNI o são, foram demarcados em diversos pontos nessa área - como se fossem uma espécie de apelo ao céu. Era uma zona de segurança máxima, com sobrevôos e qualquer tipo de aproximação por terra expressamente proibidos. Ela se situava por cerca de 1609 quilômetros quadrados, a sudeste de Alberta, e diretamente gerenciada pelo Conselho de Pesquisa e Defesa do Canadá. O projeto foi mantido sob total sigilo até 1967, quando o então Ministro da Defesa, Paul Hellyer, publicamente revelou a sua existência!

 

E eles continuam mesmo em franca atividade por aqui! Recentemente, em Natal, Rio Grande do Norte, Brasil, um deles literalmente "passeava" por sobre uma paradisíaca praia, pouco se importando com as atônitas testemunhas que aparecem ao fundo. A foto acima foi tomada por um assustado turista.

 

Provas físicas dessas atividades, melhores do que essas não existem! Na foto, outros diversos implantes eletrônicos alienígenas retirados dos corpos de vítimas humanas nos EUA.

 

E por falar em tecnologia alienígena - e conforme mostrado na ilustração acima - bem antes do moderno Stealth (o famoso avião triangular invisível dos EUA), os nazistas do Terceiro Reich já desenvolviam uma poderosa aeronave de combate dotada das mesmas características!

 

O mistério realmente nos cerca por todos os lados, seja no céu, na terra ou ainda no vasto e ainda desconhecido mar. O cadáver fossilizado dessa bizarra criatura, metade homem e metade peixe, foi resgatado em algum lugar do mundo pelas redes de assustados pescadores, sendo, obviamente e dado ao seu caráter inusitado, logo confiscado e mantido sob o mais absoluto sigilo. Sabe-se que alguns cientistas que o examinaram admitiram que poderia se tratar de uma espécie humana desconhecida, a qual migrara para os oceanos em tempos muito recuados, tendo ali se adaptado e desenvolvido! O que reforçaria as antigas e sempre insistentes lendas das "sereias" e de um misterioso povo que habitaria as grandes profundezas marítimas!

 

Mais um outro bizarro exemplar de criatura marinha - uma estranha mistura de peixe e humano. Não se sabe o local exato onde tal cadáver foi encontrado. Talvez pertença à mesma surpreendente e desconhecida espécie mostrada na foto anterior!

 

Nada de incrível nisso, uma vez que outras estranhas criaturas costumam mesmo surgir nos mais diversos pontos deste nosso desconhecido e ainda pouco explorado planeta. Em 1953, uma gigantesca cobra do tipo anaconda, literalmente devorou esse infeliz homem nas selvas amazônicas! Podemos ver na foto o seu corpo inteiramente contido nas entranhas da sinistra e perigosamente letal besta. Esses animais, primeiramente, quebram todos os ossos da vítima, através de um "abraço" mortal e além de tudo certeiro, para que assim fique mais fácil engolí-la e digerí-la aos poucos, por durante bastante tempo! Dizem que um animal idêntico a esse (no local conhecido como "cobra-grande" e que por vezes alcança mais de 40 metros de comprimento) chegou a atacar em 1945 uma guarnição do Exército Brasileiro, destruindo através da sua fúria brutal todo um acampamento e matando vários soldados. Somente foi contido e morto através do emprego dos pesados armamentos transportados por aqueles militares!

 

Mais um "embaraçoso" cadáver, resgatado no Nepal e supostamente pertencente ao "Abominável Homem das Neves", ou Yeti. A criatura, preservada pelo gelo, tem aparência humana - distoando apenas pelo aspecto selvagem, pela estatura desproporcional e também os espessos pelos brancos que lhe cobriam todo o corpo. Sabe-se que o Yeti não é uma simples lenda e que os próprios Monges Tibetanos manteriam secretamente preservados nos subterrâneos dos seus mosteiros, alguns cadáveres dessas insólitas criaturas!

 

O nome é Bayan-Kala-Ura, uma cadeia montanhosa situada na fronteira entre a China e o Tibet. Em 1965, uma equipe de cientistas chineses encontrou em profundas cavernas uma série de estranhas sepulturas lineares contendo os esqueletos de uma raça desconhecida, porém dotada de aparência humana. Esses curiosos esqueletos ostentavam crânios volumosos e estrutura óssea reduzida, bastante diferente da convencional. Em princípio, pensava-se que pertencessem a uma espécie de macacos.... Mas macacos jamais enterram seus mortos! Junto a essas sepulturas, enterrada nas areias, foi encontrada uma profusão de estranhos discos (quase um milhar deles!) contendo orifícios centrais e ranhuras espiraladas, nas quais pequenos e comprimidos caracteres se agrupavam. Discos pétreos com uma rara constituição mista em puro cobalto e que por sinal vibravam como se contivessem uma carga elétrica!!!! A conclusão dos trabalhos efetuados pelos cientistas chineses foi proibida, uma vez que a tradução desses caracteres, finalmente conseguida pelo Prof. Tsum Um-Nuy, se reportavam a naves cósmicas existentes na Terra há 12 mil anos e falavam também sobre certos "anões pálidos que haviam caído das nuvens" naqueles distantes tempos! Seriam essas criptas uma espécie de "museu do tempo", guardando História para o futuro?

 

Esta antiga foto (Rosicrucian Digest) nos mostra algo que, segundo a Tradição, os Atlantes fizeram e o egípcios de certa forma preservaram, que é precisamente uma Cápsula do Tempo! Só que esta foi feita pela nossa civilização..... Precisamente no distante ano de 1940, quando os cientistas da Oglethorpe University - de Atlanta, Georgia, EUA - resolveram selar e vedar hermeticamente uma chamada "Cripta da Civilização", destinada a atravessar os milênios e preservar para a posteridade uma espécie de exposição daquilo que foi a nossa civilização. Profundamente fortificada e enterrada em local situado sob a biblioteca daquela universidade, ela poderá resistir até mesmo a uma conflagração nuclear! E daqui a muitos milênios, quando talvez nem mesmo a nossa civilização exista, quem a encontrar terá inúmeras amostras do nosso tempo, tais como: livros, filmes, fotos, trabalhos científicos, históricos e artísticos, artefatos tecnológicos e, adicionalmente, 50 cápsulas metálicas ali colocadas pela mais antiga Fraternidade de toda a Terra, os Rosacruzes, cujo secreto conteúdo somente os mais elevados Mestres da Ordem sabiam! Elas, ao que se sabe, contêm rolos de microfilmes preservados através de uma substância gasosa inerte que os preservará infinitamente. São 320 mil páginas do Conhecimento Hermético Rosacruz que viajarão no tempo, contendo a essência das suas doutrina, filosofia e Ciência Esotérica! E por quê exatamente isso foi feito? Só Deus e os mais elevados Mestres sabiam!

 

Uma paisagem marciana? Não! Trata-se de uma vasta extensão montanhosa, ARTIFICIALMENTE moldada e que se situa aqui mesmo na Terra, nas conturbadas regiões do Irã. Tal "curiosidade" foi alvo de secretas investigações da NASA e obviamente sua revelação foi mantida sob o mais absoluto sigilo, pelo simples fato de......

 

..... Ostentar desde os tempos mais remotos e esquecidos da nossa História um gigantesco rosto de pedra que fita o espaço, incrivelmente idêntico àquele que se situa em Cydonia, no planeta Marte!!! Esse rosto, apesar de já bastante desgastado pela passagem dos milênios, torna-se bem evidente. Se atentarmos para os detalhes dessa foto, veremos os seus olhos, o nariz e a boca - e notaremos que, tal como no distante planeta vermelho, foi feito exclusivamente para ser visto do alto!

 

É de fato um mundo misterioso este nosso! E teriam os vegetais uma inteligência, um espírito e uma alma? A resposta é SIM! Inegavelmente SIM! As antigas tradições ensinavam que todas as formas de vida evoluem desde os estágios mais brutos e densos da matéria até aqueles mais refinados e sutis. Assim, haveria uma cadeia evolutiva que se seguiria dos minerais aos vegetais; dos vegetais aos animais; do animal ao homem; do homem ao Anjo; do Anjo ao Arcanjo; e do Arcanjo até o retorno Glorioso ao Ponto de Partida - ou Deus, de volta ao Espírito Puro! Hoje, a Ciência de Vanguarda atesta que todas as coisas são realmente providas de alma e de uma inteligência inerentes. As plantas (assim como os animais e os minerais!) pensam; sentem emoções; se comunicam entre si e até mesmo se utilizam de uma espécie de linguagem exterior! E, por vezes, parecem que revelam aos descrentes homens o seu espírito, ou quem sabe o seu íntimo - assim como nessa misteriosa foto, tomada em uma floresta, por um jovem americano!

 

Outra impressionante e além de tudo misteriosa criatura do mar é o golfinho, um dos maiores mistérios da Biologia. Altamente inteligente e socialmente organizado, seu desenvolvimento cerebral é equivalente, ou talvez melhor, que o do Homem! Por sinal, o golfinho apresenta uma extraordinária afinidade, além de uma estreita empatia para conosco. Infelizmente não se pode dizer o contrário, uma vez que certos degenerados os atraem e os abatem impiedosamente com finalidades comerciais. O cientista americano John Lilly estudou por durante mais de 20 anos o comportamento destes seres e comprovou que possuem uma elaborada forma de linguagem e comunicação, chegando mesmo a ensinar àqueles cetáceos-mamíferos a Língua Inglesa - aliás, mantendo mesmo com eles animados diálogos! A Academia de Ciências da extinta URSS, por sua vez, comprovou em 1985 que os golfinhos utilizam centenas de sinais sonoros para se comunicarem entre si e esses sinais são tão evoluídos que cada um deles vale MAIS do que uma palavra do Homem e MENOS do que uma frase! E foi mais longe ainda ao concluir que a organização interna do cérebro dessas criaturas é praticamente a mesma do Homo Sapiens. E mais: que elas podem ser classificadas como seres em transição no curso evolutivo das espécies, tal como um estranho elo entre o reino animal e os seres humanos! Porém, de onde exatamente eles vieram e como se desenvolveram tanto, eis - dentre tantos e tantos - mais outro grande mistério que nos cerca!

"Um Deus-Átomo dorme em cada pedra. Logo, desperta em cada planta. Move-se em cada animal; pensa em cada homem e ama em cada Anjo. Por conseguinte, devemos tratar cada pedra como se fora um vegetal. A cada vegetal como um animal querido. Cada animal como um Ser Humano e todo Ser Humano como a um Anjo"

(Da Sagrada Tradição Tibetana)

 

Próxima Página

Página Anterior

Alien Theme