Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

NÃO HÁ COINCIDÊNCIAS NAS "COINCIDÊNCIAS"

"Aprendeu um indizível segredo sobre as névoas de Júpiter avistadas de perto, vendo o horror em um do seus satélites, e observou as ruínas ciclópicas que se espalhavam sobre o disco rubro de Marte"

(H.P. Lovecraft, no livro "À Procura de Kadath", autor falecido em 1937, muito antes da conquista espacial e das descobertas das ruínas de uma antiga civilização em Marte)

 

Essas são imagens de Júpíter, antes e depois. Esse planeta do nosso sistema solar, tal como uma bênção divina, serve como uma espécie de anteparo, ou escudo, de modo a proteger a Terra contra o ataques dos cometas que cruzam a vastidão do espaço sideral. Na imagem da direita, você vê na parte inferior daquele planeta a marca do tamanho do Titanic, que tal como uma cicatriz, intrigou os Astrônomos e a própria NASA desde julho de 2009, e somente agora (janeiro de 2011) oficialmente identificada como tendo sido causada por mais um impacto contra a sua superfície por um ASTERÓIDE ROCHOSO - uma coisa inusitada, pois pensava-se que somente cometas gelados eram capazes de atingir aquele enorme planeta. Isso é um mau sinal, pois, ao que tudo indica, coisas estranhas estão viajando pelo espaço e conseqüentemente podem eventualmente escapar, chegando ao nosso mundo. Aliás, desde a chamada NUVEM DE OORT, já começou uma série de projeções de cometas e asteróides contra a Terra. Alguma coisa está causando um forte desequilíbrio na ordem do nosso Sistema Solar! Faz sentido somente agora divulgarem isso: há várias ameaças celestes nos rondando e segundo o Astrônomo Gleen Orton (grifos nossos): - " O impacto de um asteróide mostra que o nosso Sistema Solar é um lugar dinãmico e violento e que MUITAS SURPRESAS PODEM ESTAR ESPERANDO POR NÓS LÁ FORA" .

 

E não somente lá fora como aqui dentro mesmo! A novidade é que o Cientista Sun Shili, ex-Ministro das Relações Exteriores da China, resolveu, somente agora em 2011, revelar (e confirmar) algo que, aliás, todo mundo já sabia: - EXISTEM SERES ALIENÍGENAS VIVENDO ENTRE OS HUMANOS! E que os Cientistas chineses que há muito guardavam esse segredo os chamam de: WAIXINGREN. Não se sabe exatamente o que o teria levado a afirmar algo desse tipo, todavia um reconhecimento extra-oficial dessa natureza, ainda mas divulgado por quem o divulgou, merece, sem qualquer dúvida, ser levado a sérío.

 

Principalmente porque uma série de inusitados eventos relacionados a UFOs e aliens está exponencialmente aumentando de um certo tempo para cá! Como, por exemplo, essa múmia não humana, recentemente encontrada por um Arqueólogo na localidade egípcia de Lahun, no interior de uma pequena pirâmide. Tratava-se de uma criatura humanóide, altura cerca de 1,50 metro, enorme crânio e grandes cavidades oculares, cuja antigüidade remontaria há mais de 2 mil anos. Evidentemente que tal achado muito "indigesto" e embaraçoso foi logo mantido sob sigilo pelo Departamento de Antigüidades do Governo Egípcio e a foto acima teria sido contrabandeada por um dos seus funcionários. Isso é apenas mais uma prova de que eles estão aqui há mais muito tempo do que possamos supor.

 

Outro exemplo típico: - foi na França do Século XV que surgiu repentinamente uma comunidade formada por seres muito estranhos que foram chamados pelos habitantes locais de Cagots (o que significava: pessoas banidas da sociedade). Chrestians, Lyzelars, Gésitains ou Gahets eram outras denominações dadas a eles. Umas das teorias revela que esses seres eram pertencentes a uma raça extraterrestre, a qual teriam assumido uma forma quase humana e que viera fazer uma experiência de contato com a humanidade terrestre e teriam sido introduzidos naquela comunidade, entre os humanos, para estudar os avanços da consciência e verificar se a nossa espécie estava preparada para conviver com diferente civilizações existentes no Universo. Pelo que aconteceu, não passamos nesse teste, se é que teria sido mesmo um teste, pois além de segregados pelas populações locais, sumiram misteriosamente. Todavia, algo era notável naqueles estranhos seres: - uma curiosa semelhança com RÉPTEIS! Sabe-se que o fator preponderante para a perseguição foi essa aparência física estranha, muito diferente daquela da população da Idade Média. A alcunha de LYZELARS fazia sentido, uma vez que esses seres eram muitas vezes comparados a lagartos ou a serpentes! - pequenos, calvos, e sem orelhas aparentes! E ao invés dos pavilhões auriculares humanos, tinham dois buracos auditivos - tal como os pássaros ou os répteis! Apresentavam também um rosto de cor verde-escuro que parecia dotado de ESCAMAS muito finas! Os seus pés e as suas mãos tinham uma membrana interdigital e dos seus corpos emanava uma temperatura extremamente elevada - em outras palavras REPTILIANOS! Eram considerados como pessoas extremamente feias, sendo obrigados a vestirem-se dos pés à cabeça, as quais muitas vezes deveriam ser coberta por capuzes. Curiosamente, os seus pés sempre estava calçados. Formavam uma comunidade deliberadamente posta de lado, com a qual não deveria haver contato, sendo considerada intocável! Até hoje, a sua origem permanece bastante misteriosa, da mesma forma que o seu total e repentino desaparecimento, já no início do século XX. Acima, a estátua bastante melhorada de um representante daquela estranha raça.

 

E outras inteligências desconhecidas estão presentes não somente aqui por baixo, como "lá em cima" também! Essa foto é da PRÓPRIA NASA, tomada no espaço sideral, em órbita da Terra, e nos mostra detalhes da sua Estação Espacial ISS - detalhes que comprovam a presença de duas (ou mais) criaturas, evidentemente alienígenas, bisbilhotando a sua estrutura!......

 

.... Sem qualquer dúvida! E veja no correspondente negativo O QUÊ está pairando bem na extremidade superior esquerda da imagem!

 

Enquanto isso, no espaço exterior, as imagens celestes cada vez nos nos mostram coisas inusitadas, as quais claramente nos lembrariam imensas espaçonaves evidentemente alienígenas cruzando o Universo! (IMAGEM: © DSS Consortium / Google)

 

Da mesma forma que estranhos portais se abrem na vastidão do espaço sideral, dando passagem a naves vindas sabe-se lá de onde. (IMAGEM: sky-map.org)

 

E algumas delas nem tão distantes assim! 14 de fevereiro de 2011, a imensa espaçonave cilíndrica continua rondando as proximidades do nosso Sol.... .

 

.... E não há muito o que se discutir quanto a essa classificação: - É MESMO UMA ESPAÇONAVE ALIENÍGENA!.....

 

.... E aqui vemos uma outra, além de tudo colossal. Note-se o que parece ser uma cabine de comando na dianteira!....

 

... Alguma dúvida? Veja então nessa imagem ampliada os nítidos detalhes dessa outra curiosa estrutura! A origem das fotos? Todas tomadas pelo módulo SOHO da NASA e, portanto, não há possibilidade de fraudes ou montagens!....

 

.... Da mesma forma que esse outro intrigante objeto, por sua vez fotografado pelo Módulo Skylab-3.

 

E veja agora melhor piada de 2011: - A NASA, esperou por mais de 50 anos para tentar desmentir os seus Astronautas, alegando oficialmente que todas as transmissões e relatos feitos por eles sobre visões de UFOs e de seres alienígenas não passaram de "brincadeiras excessivas" e meros "divertimentos dos seus tripulantes". Quem estaria, de fato, brincando e se divertindo com a inteligência alheia nesse caso?

 

Pois é! E o que você acha? Veja agora uma expressiva "brincadeira e um bizarro "divertimento", detectado pela própria NASA no solo de Marte....

 

... Aqui devidamente ampliado para sua melhor visualização. Ou seria uma edificação, ou então uma espaçonave alienígena! Não se trata mesmo de apenas (mais uma) excelente "brincadeira"?

 

E qual teria sido a opinião dos Russos, nesse recente teste de uma superfortaleza voadora, cujo filme ao ser revelado mostrou nessa cena alguma coisa que não estava à vista....

 

... E que, ao que tudo indica, estava muito interessada no desempenho daquela enorme aeronave russa!

 

Enquanto isso, o desconhecido corpo celeste que teoricamente "não existe" e que já está se aproximando do nosso Sistema Solar, continua sendo detectado em várias regiões do mundo e também aqui no Brasil. Apesar das negativas, os nossos estimados visitantes continuam flagrando essa coisa no céu. Vejam nessa foto, tomada no Rio de Janeiro, a aproximação do tal astro, bem na lateral direita da imagem.....

 

.... De acordo com a rotação da Terra, o que sugere seu aparente movimento, logo após causando o estranho efeito luminoso que lhe é peculiar....

 

Já em outro bairro da cidade, essa distinção pode ser claramente visualizada. O tal astro, sempre presente ao alvorecer e ao crepúsculo, cria no céu uma espécie de reflexo, ou efeito, que sugere a aparência de um sol alado!

 

E agora, já em outro bairro, foto tomada por outra visitante, pode ser distinguida a ascensão dessa coisa no horizonte.....

 

.... Logo a seguir, começando o tal efeito "segundo sol".....

 

.... Para, logo a seguir, parecer se unir ao Sol e aparentemente permanecer encoberto por ele, não sendo assim visível nas demais partes do dia....

 

..... Enfim, "reflexos nas lentes" COISA NENHUMA! Eles pensam que somos idiotas? Tem mesmo alguma coisa por lá, alguma coisa que eles sabem o que é - sabem, mas escondem de nós!

 

E vejam só que interessante: - em um outro bairro da Zona Sul do Rio de Janeiro, Leblon, um nosso visitante flagrou, logo ao amanhecer como sempre, um daqueles malditos aviões não identificados espalhando seus rastros de trilhas químicas de modo a criar uma barreira de camuflagem para esconder a presença desse astro no céu. Sem dúvida, uma espécie de "simbiose amigável" - ou seja, tem mesmo alguém muito interessado em esconder isso! POR QUE?

 

ESCONDER PARA QUE, se a própria NASA justamente agora, em 14 de fevereiro de 2011, acaba de reconhecer a existência desse tal planeta? Por sinal reconhece ainda que ele está presente no NOSSO SISTEMA SOLAR, e- vejam só - EM ÓRBITA ELÍPTICA, e ainda mais ostentando 4 vezes o tamanho de Júpiter e tendo também as suas luas! Tudo então confere com as tradições do PLANETA-X, ou NIBIRU! E ao que tudo indica, ELE JÁ ESTÁ SE APROXIMANDO, em cumprimento à sua órbita elíptica, devendo atingir o seu ponto máximo de aproximação em 2012! E essa aproximação logicamente causa distúrbios no equilíbrio do Sistema Solar!

 

E parece que é mesmo alguma coisa que está causando sérias perturbações no nosso Sol! Tanto que a NASA acaba de lançar, além do módulo SOHO, já em operação, mais duas sondas de monitoramento solar - uma em cada lado do astro, logicamente de modo a monitorar essas estranhas perturbações!.....

 

.... Perturbações estas representadas pelo inusitado e exagerado incremento das chamadas Ejeções de Massas Coronais, ou CME - ou seja, labaredas colossais lançadas por rupturas e fraturas na superfície do Sol e que diretamente afetam o nosso planeta!

 

Aqui vemos recentes bolhas solares, surgidas em fevereiro de 2011, algumas delas do tamanho da própria Terra!

 

E essas bolhas, além das enormes fissuras já existentes na superfície do Sol, lançam ao espaço verdadeiros projéteis de energia, viajando pelo espaço....

 

.... Todavia, ainda desfrutamos de uma relativa sorte de contamos com a já combalida proteção da magnetosfera terrestre - a proteção natural do nosso planeta que, tal como uma bolha, impede que as partículas carregadas emitidas pelo Sol (ou advindas do espaço profundo) atinjam a superfície. As partículas solares são compostas por íons e elétrons sofrendo a ação desse campo e assim, em sua maioria, são por ele desviadas. Mas até quando contaremos com essa proteção? Há enormes buracos na nossa magnetosfera, já muito degradada - verdadeiras portas de entrada para o perigo!

 

E que tem alguma coisa errada com o nosso Sol, lá isso tem - o grande problema é que realmente preocupa, mas eles não divulgam! Vejam essa recente e espantosa foto, mostrando uma poderosa queda de partículas solares em larga escala. Seria o princípio de um processo de desintegração? Nem é bom pensar nisso! Pois, nenhuma estrela é eterna, elas têm um ciclo bem definido de existência, até se finalmente se exaurirem... E o nosso Sol é um estrela! E já no distante ano de 1984 a Academia de Ciências da União Soviética advertia que dentro dos próximos 20 anos isso iria acontecer. Erraram por apenas alguns poucos anos!

 

Nessa imagem em zoom, da própria NASA, é vista uma explosão de massa coronal dotada de uma inusitada grandeza....

 

... E logo após, em 17 de fevereiro de 2011, A coisa já começou! E a NASA (como, aliás, sempre lhe é peculiar), exercitando o saudável esporte do "pombo ao tiro" (isto é, surrealisticamente atira primeiro, para jogar o pombo depois), sem qualquer trocadilho tentou "tapar o Sol com uma peneira" ao tentar desmentir tudo e dizer que não há qualquer perigo nessas convulsões solares. E em relação a essa recente convulsão, que teve origem alguns dias antes, precisamente em 14 de fevereiro, colocou um comunicado oficial no seu site noticiando que: - "isso apenas ocasionaria "belas auroras" nas latitudes do Norte e do Sul da Terra".

 

Portanto, saiba que não existem aquilo que chamamos de coincidências, e que quando eles negam alguma coisa e dizem que não existe, tenha a mais plena certeza de que ela existe mesmo! Apenas para darmos um sugestivo exemplo, lembremos da Atlântida, o continente perdido, segundo as Tradições, engolido pela fúria do oceano há cerca de 12.500 anos atrás. A recente notícia acima torna-se verdadeiramente surpreendente: - EXÉRCITO DOS EUA TENTA CONTROLAR UMA ANTIGA TECNOLOGIA DA ATLÂNTIDA! Segundo as lendas, na antiga Atlântida cristais eram usados para a geração de forças e para o equilíbrio do planeta no que tange ao campo eletromagnético da Terra, e o abuso dessas energias causou a destruição dessa avançada civilização. Especificamente, na área do chamado Triângulo das Bermudas, um remanescente desses cristais entraria em operação de acordo com certas conjunções planetárias, possivelmente causando distúrbios eletromagnéticos e vórtices dimensionais responsáveis pelos desaparecimentos de navios, aviões e seres humanos. O certo é que o European Union Times publicou a notícia de que uma anomalia proveniente da Atlântida causou uma pane geral em uma base de armas do Exército dos EUA, em Dugway. Na acasião, um imenso vórtice magnético foi detectado por satélites, assim como uma explosão de Raios Gama de proporções inusitadas e sem precedentes naquela área. E A HISTÓRIA PODE SE REPETIR!

 

E a partir de 2011, essas perturbações solares vêm acarretando profundas alterações climáticas em todo o planeta, gerando tempestades, furacões, inundações, terremotos, maremotos, e - o pior de tudo - erupções vulcâncias em série - enfim, algo está diretamente ligado às recentes convulsões sísmicas registradas em todo o planeta!

 

Michio Kaku, Astrofísico de renome, Professor de Fisica da Universidade de Nova Iorque, uma das grandes mentes científicas da atualidade, numa recente entrevista ao programa Good Morning America, tacitamente delarou que: - "Existem terremotos pendentes", apontando ainda para "mudanças nas estruturas físicas da civilização humana" que estão por vir. O QUÊ realmente eles estão sabendo e sutilmente nos advertindo?

 

Tudo, doravante, parece mesmo que pode acontecer - tudo está muito estranho! Agora, imagine um cenário desses: - onda colossais avançado sobre regiões costeiras, engolindo tudo! Você acha que isso somente acontece no cinema? Pois saiba que é uma possibilidade assustadora, bastante real, a qual inclusive coloca em risco o Brasil!....

 

Estamos nos referindo ao perigoso vulcão La Cumbre, situado na ilha de La Palma, nas Canárias - no Oceano Atlântico, frente à costa do Marrocos - a qual desde algum tempo vem apresentando um enorme potencial de risco.....

 

Representado pela iminência de um enorme deslizamento de detectado desde uma erupção ocorrida em 1949, causando um desabamento de parte de seu flanco oeste, o qual afundou vários metros oceano abaixo. Há muito os cientistas vêm advertindo que as placas de terreno continuam escorregando lentamente para o mar.... E revelam que uma próxima erupção deve fazer toda a lateral ocidental da montanha desabar de uma só vez! A University College de Londres detectou que um grande bloco de terra, aproximadamente do tamanho da Ilha britânica de Man (572 km²), está prestes a se desgarrar da ilha, causando um desastre somente comparável ao impacto de um meteorito contra a superfície da Terra! E se isso acontecer, o que, aliás, pode acontecer a qualquer momento, vai gerar ondas gigantescas, chamadas megatsunamis, viajando a 900 km/h! Os imensos paredões de água vão atravessar os oceanos e, com fúria inaudita, atingir ilhas e continentes deixando um rastro de destruição e morte muito piores do que os vistos no cinema. Os megatsunamis, evidentemente, são ondas infinitamente maiores do que as normais. Podem atingir alturas de centenas de metros com velocidades que atingem mais de 890 km/h ao longo dos oceanos, podendo avançar vinte quilômetros - ou mais - mais terra adentro! África, Europa, América do Norte e América do Sul (Brasil, claro, incluído) estarão na rota de impacto dessas ondas gigantescas, avassaladoras e e letais no caso de uma eventual erupção do La Cumbre!

 

Todavia, existe um supervulcão capaz de se tornar a maior força destrutiva do planeta, o desastre perfeito que já começa a ameaçar! Terremotos já surgem ao seu redor, mas as notícias são censuradas. Se liberado o seu magma acumulado desde 640 mil anos atrás será gerada uma força apocalíptica capaz de destruir a vida no planeta - ameaçando a própria sobrevivência da humanidade! Estamos nos referindo ao Yellowstone, na América do Norte. Se essa erupção vier a ocorrer, o magma incandescente seria lançado a uma altitude de 50 quilômetros na atmosfera. As cinzas, que também se espalhariam pelo solo em larga escala, seriam capazes de obliterar por longo tempo a luz do Sol, despencando drasticamente as temperaturas globais - podendo atingir MENOS 35 GRAUS em todo o planeta - o que é conhecido como INVERNO NUCLEAR (o que também poderia acontecer no caso de uma Terceira Guerra Mundial)! As pessoas, então, morreriam como moscas, todos os animais e os vegetais sucumbiriam, assim como todas as colheitas seriam inapelavelmente destruídas! (IMAGEM: New York, Oxford University Press)

 

E agora VEJA ISTO: - acompanhando o processo mundial em curso das construções de abrigos subterrâneos de modo a preservar contra as eventuais catástrofes previstas para 2012 os mais poderosos e todos aqueles que podem pagar, a coisa já chegou ao Brasil! Pois, já existe uma empresa denominada BUNKER oferecendo os seus serviços nesse sentido! O que eles estão sabendo e esperando acontecer? E aqui no Brasil também? Coincidências? Jamais! Não há coincidências nas "coincidências". Tem mesmo alguma coisa "voando" no ar! (IMAGEM: bunkerbr.com/bunker.html)

 

Assim, então, poderia ficar o planeta que nos deu abrigo por durante tanto tempo. E não se trata de mera ficção. É uma possibilidade real! Primeiramente o calor, depois o fogo e a água, logo a seguir a escuridão e finalmente o gelo. O que escondem da humanidade é que podermos estar à beira de grandes catástrofes, resultando em uma nova Idade do Gelo, uma nova glaciação, tal como aquela que ocorreu na chamada Idade do Gelo - ou ainda, Glaciação Wisconsin, Glaciação Würms, Würmiano ou Laurenciano - a última glaciação da Terra registado durante a presente idade geológica, a qual teve lugar durante a última parte do Período Pleistoceno - aproximadamente entre 110.000 a 10.000 anos recuados no nosso passado. É um fenômeno cíclico que parece estar se avizinhando!

 

Assim, essa profética ilustração acima pode eventualmente refletir uma cruel realidade vindoura: - os gelos cobrindo todo o planeta, numa paisagem inóspita, desprovida de seres humanos, e da qual sobressai a altaneira Pirâmide de Gizé, situada no milenar Egito - como um marco silencioso e patético da trajetória de MAIS UMA civilização - tal como um castigo divino, lamentavelmente perdida e esquecida. É algo mesmo recorrente: o Homem sempre cavou a sua própria sepultura! Porque assim é a Lei: - as moradas temporais são efêmeras, tudo nos é dado tão-somente por empréstimo - e assim como recebemos devemos devolver. Nada nos pertence, nada! Da mesma forma que jamais podemos controlar aquilo que não pode ser controlado - uma vez que a História é cíclica e, por conseguinte, sempre se repete - e ela sempre se repetirá - até que a Grande Lição seja devidamente assimilada, até que a Grande Lição seja finalmente aprendida! (IMAGEM: worth1000)

 

 

Agradecemos aos nossos estimados visitantes Marlene Cartier, Tatiana Vianna, Ana Patrícia, Daniel Júnior, Elcio Zaghetto, Marcelo Santos, Adriano Chiquette, Luciano Galli, Elias Passos T. Neto e Fernando Villaverde pelas valiosas colaborações prestadas para a elaboração desta página

 

 

Próxima Página

Página Anterior

Tripods