Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

ANOTHER BRICK IN THE WALL

"Meu pai voou pelo oceano, deixando apenas uma memória, um instantâneo no álbum de família. Pai, o que mais você deixou para mim? Pai, o que mais você deixou para mim para mim? Tudo, tudo foi apenas um tijolo no muro. Tudo em Tudo foi apenas um tijolo no muro. Nós não precisamos de nenhuma educação. Não precisamos de nenhum controle de pensamento. Nada de sarcasmo na sala de aula, Professores deixam as crianças sozinhas. Ei! Professores! Deixe as crianças em paz! Tudo em tudo, é só mais um tijolo no muro. No Todo, você é apenas um outro tijolo na parede. Não preciso de braços ao meu redor, não preciso de drogas para em acalmar, eu vi o que está escrito no muro. Não pense que preciso de algo, não acho que preciso de algo. Tudo em tudo foram apenas tijolos no muro - Tudo em Tudo, vocês foram apenas tijolos em um muro"

(PInk Floid - Another Brick in The wall)

 

O nosso Sol parece estar em convulsão, uma convulsão que pode se tornar extremamente perigosa! A cada onze anos ocorre um ciclo solar, e este que se aproxima, previsto justamente para o ano de 2012, pode ser o mais perigoso e letal de todos! Na imagem acima, vemos as chamadas Espículas Solares, ainda uma incógnita para os Cientistas e os Astrônomos, incapazes de identificar as suas causas e as suas dinâmicas. Elas se manifestam a cerca de oito mil quilômetros da cromosfera e são como que jatos de tubos gasosos em ascensão. Estima-se que atualmente existam entre 60 a 70 mil delas em atividade!

 

A própria NASA adverte que naquele ano as ejeções de massa coronal, que por sinal vêm sistematicamente ocorrendo e aumentando de intensidade, poderão vir a ocasionar a pior de todas elas, The Big One, capaz de lançar tal como um sinistro míssil de chamas que eventualmente poderá crestar quase todos os planetas que orbitam o nosso Sol - e a Terra com mais intensidade! Uma enorme fenda, voltada para o nosso planeta e recentemente surgida, parece prestes a se romper, e o seu comprimento é de quatrocentos mil quilômetros! Esse colosso pode representar o fim das telecomunicações na Terra, assim como literalmente fritar todos os nossos sistemas de eletricidade e de transmissão de energia, paralisando satélites e demais equipamentos elétricos e eletrônicos. Isso sem contar as ondas de calor intenso, verdadeiras ondas de choque que, tal como numa detonação nuclear de grande escala, serão passíveis de destruir toda a nossa civilização e conseqüentemente eliminar a nossa própria espécie. Essa explosão solar acima, ocorrida em 06 de novembro de 2010 e pertencente à classe M5.4, por exemplo, muito embora não dirigida diretamente ao nosso planeta, causou uma ionização na parte superior da atmosfera terrestre que perturbou e alterou toda a propagação de rádio de baixa freqüência!

 

Todavia, tal não foi o caso da recente ejeção de massa coronal ocorrida em 12 de novembro de 2010, a qual produziu um Flare (labareda) do nível C4, dessa feita diretamente contra a Terra, incidindo sobre o campo magnético terrestre - um prenúncio de algo pior que ainda poderá ocorrer!

 

Na verdade, muito embora oficialmente não queiram divulgar, o clima na Terra está totalmente fora de controle. Maremotos, tsunamis,, terremotos, inundações, a loucura das estações, secas, ondas de frio e de calor, e assim por diante, estão deixando perplexos os Cientistas. Dá mesmo para notar que tem algo muito grande para acontecer! (FOTO: BBC)

 

Eis um exemplo típico e além de tudo assustador: o Rio Amazonas, considerado a maior reserva de água do planeta e o pulmão do mundo, está secando! Como pode ser visto na imagem acima, as águas dos seus tributários estão extremamente quentes, tal como se você estivese em um banho de chuveiro muito aquecido. Os peixes, em desespero, literalmente saltam fora d'água em busca de oxigênio e morrem aos milhares, numa extensão a perder de vista.....

 

Em alguns pontos, barcos encalhados atestam que a navegação torna-se impossível. Nessa imagem é possível ver o recuo das águas, que antigamente chegavam à beira da residência vista na parte superior....

 

.... Em desespero, outras espécies fluviais, outrora abundantes, buscam refúgio aonde podem, de modo a fugirem do intenso calor das águas!....

 

.... Em meio à paisagens devastada é bastante comum o encontro dos restos de animais, incapazes de resistir à súbita e letal mudança dos seus habitats. Mau sinal, isso nunca aconteceu antes!

 

E ao mesmo tempo em que o nosso Sol parece convulsionar, existe também a presença de um astro misterioso em rota de aproximação com o nosso Sistema, o que pode também estar concorrendo para todas essas abruptas transformações. Em Passo Fundo, Rio Grande do Sul, um dos nossos estimados visitantes conseguiu flagrar a sua imagem....

 

Trata-se de um evento real, não se pode negar, muito embora oficialmente contestado pelos órgãos oficiais e os céticos. Porém, essa coisa existe, está sendo fotografada em todas as regiões do planeta, notadamente no alvorecer e no crepúsculo, e com mais ênfase no Hemisfério Sul.

 

.... E parece se movimentar no céu, quando na verdade essa ilusão de movimento é causada apenas pela rotação da Terra e pela aproximação do tal objeto com o Sol....

 

E uma vez que eles, muito embora SAIBAM, porém oficialmente neguem, as respostas estão precisamente nas Tradições e nos antigos registros históricos de algumas civilizações que nos precederam, os quais relatam que esse corpo celeste realmente existe, é HABITADO, e a cada 3600 anos se aproxima do nosso Sistema Solar através da sua órbita essencialmente elíptica! Os antigos - como, por exemplo, os Sumérios - o chamavam de NIBIRU trazendo nos eu bojo uma perigosa raça de seres que nessas aproximações desciam ao nosso planeta para matar, seqüestrar e escravizar.

 

E você, duvidaria que essa coisa realmente exista? Na imagem acima vemos CHANDRA, o poderoso telescópio de Raios-X da NASA, vasculhando o espaço sideral em busca do Universo invisível, vinte vezes mais potente do que todos os demais telescópios dessa categoria....

 

... E que há bastante tempo já vem secretamente monitorando esses misterioso corpo celeste.....

 

.... Aqui visto em uma antiga foto, tomada em 2007 e sutilmente chamado pela NASA de "LUMI"!

 

.... Uma vez que eles SABEM, porém escondem, que essa coisa, de fato, existe - aproximar-se-á do nosso Sistema Solar em 2012 e que HÁ PERIGO nisso!

 

A grande central de contraverdades é realmente muito eficiente. Nesse outro sugestivo exemplo, a ilustração acima nos mostra algo que, segundo constataram os Cientistas do Departamento de Astrofísica da British Columbia, tem 94 POR CENTO DE PROBABILIDADES EM OCORRER: - um asteróide em rota de aproximação, com 800 metros de diâmetro, capaz de se chocar contra a Antártica - vejam só - exatamente em 2012! Informação esta que, segundo consta, a pedido da NASA foi imediatamente suprimida!....

 

.... E a provável área de tal impacto já está inclusive demarcada! E segundo estimaram os Cientistas da British Columbia, as conseqüências disso seriam funestas: - dois terços da Antártica submergiriam e o nível dos oceanos elevar-se-ia entre 60 a 70 metros! Mais uma outra sombria previsão para 2012!

 

Porém, tem mais! Acima você vê a imagem da nossa galáxia, a Via Láctea, na qual o nosso Sistema Solar está inserido, tal como foi há algum tempo atrás....

 

E, acima, tal como é AGORA! Alguma coisa enorme e diferente está presente no seu centro....

 

.... E alguma coisa muito grande está acontecendo! O NASA Fermy Gamma-Ray Space Telescope acaba de descobrir bem ao centro da nossa galáxia uma estrutura absolutamente inédita e diferente, possivelmente, mas não comprovadamente, os resquícios da erupção de um colossal buraco negro. Todavia, os Cientistas reconhecem que são incapazes de entender a sua estrutura e origem.

 

E esse colosso violeta ergue-se acima do céu visível, e atinge por 50 graus ao Norte e ao Sul desde o plano da galáxia - desde a Constelação de Virgem até a região de Grus - uma constelação do Hemisfério Celestial Sul....

 

.... Diretamente do centro da nossa galáxia, através de um poderoso campo que se estende por 50 mil Anos-luz, o qual emite Raios Gama e X, podendo se tratar de um gigantesco portal dimensional... À espera do nosso Sistema Solar!...

 

.... Uma vez que não só profeticamente (os Antigos já previram esse final de ciclo e o começo de outro), como também cientificamente, sabe-se que em 2012 o nosso Sistema Solar estará alinhando justamente com esse centro da nossa galáxia - justamente ONDE já começa a se manifestar essas colossais condensações e emissões de energias desconhecidas - energias que geram até 1 trilhão de eletróns volts!

 

E não há qualquer tipo de fantasia ou ficção científica nisso, tudo já era devidamente esperado! Na foto, o Dr. Paul Laviolette, Físico formado pela Universidade Johns Hopkins e PH.d pela Portland State University, o qual concorda plenamente com as antigas Tradições Maias, quando essas afirmavam que existia um SOL MAIOR no centro da nossa galáxia, e mais ainda quando essas mesmas Tradições afirmavam que em ciclos com intervalos entre 13 e 26 MIL ANOS, super ondas galáticas, derivadas das manifestações desse núcleo recém descoberto, atingem o nosso Sistema Solar com força total! O Dr. Laviolette afirma ainda que: - É inacreditável como OS TEXTOS ANTIGOS COMPROVAM, VALIDAM AINDA MAIS OS ACHADOS CIENTÍFICOS, uma vez que através das cosmologias Maia e Egípcia sinais foram deixados para a ocorrência de um futuro evento cósmico, fazendo com que O CENTRO DA GALÁXIA se tornasse LUMINOSO, mais luminoso do que a mais brilhante estrela do céu!....

 

.... "Hoje, amanhã, ano que vem, nosso planeta pode ser atingido mais uma vez por essa massiva quantidade de energia vinda do centro da galáxia. Esses raios virão encobertos e não saberemos até que nos atinjam. Na verdade, vivemos à beira de um vulcão galático. Não sabemos quando, a magnitude, a severidade ou quais os impactos ao nosso ambiente na próxima explosão. Nós não estamos preparados para lidar com tal tipo de evento, muito menos evitá-lo".

 

A inevitável aproximação em 2012 poderá projetar o nosso Sistema Solar em uma nova dimensão - um Wormhole capaz de lançar a Terra em um novo Universo, uma oitava de evolução acima, um novo ciclo que também será um ciclo de DEPURAÇÃO, tal como nos afirmam aquelas mesmas velhas Tradições, as quais agora a própria Ciência reconhece!

 

... Pois, tal como os Antigos também afirmavam, e HOJE a Ciência e a Física de Vanguarda igualmente reconhecem, NOSSO UNIVERSO NÃO É O ÚNICO, existem muitos outros mais - interpenetram-se, interligados entre si por Strings, ou cordões dimensionais, e na verdade seriam TREZE DELES - os mais importantes, incluindo o nosso e, por sinal, NÃO MENOS HABITADOS DO QUE O NOSSO!

 

E nesse particular, mais uma vez tempos que recorrer à grande sabedoria dos Antigos, precisamente naquilo que diz respeito aos enigmáticos Crânios de Cristal, encontrados em meio às ruínas das civilizações mesoamericanas e da América do Sul. Esses poderosos artefatos desconhecidos são completos repositórios de um elevado Conhecimento, ainda fora da nossa limitada compreensão. Emitem energia, possuem dentro de si imagens holográficas que estampam UFOs, galáxias, portentosas e futurísticas edificações de civilizações cósmicas, muito avançadas e desconhecidas! E não há quaisquer coincidências nisso: - eles são exatamente TREZE, o mesmo número dos Universos Paralelos já detectados pela nossa Física de Vanguarda! Já foram encontrados DOZE deles, faltando apenas ser encontrado o décimo-terceiro. Os Antigos revelavam que eles representam AS TREZE HUMANIDADES ESPALHADAS PELOS UNIVERSOS - civilizações compostas não por humanóides ou reptilianos, porém, por SERES HUMANOS COMO NÓS, de onde, aliás, vieram os NOSSOS ANCESTRAIS - daí o idêntico formato humano desses crânios! Essas antigas Tradições nos dizem ainda que quando o DÉCIMO-TERCEIRO crânio - aquele que diz respeito a NÓS - for encontrado, eles todos, ao serem reunidos, "FALARÃO", e os Antigos Deuses retornarão à Terra para reencontrar os seus! Eles, então, finalmente reunidos, propiciarão o despertar de uma Nova Era, transformando velhos paradigmas em um NOVO MUNDO - o tempo do preparo para os TREZE CÉUS. (IMAGEM: © Lee Simmons)

 

Assim como também diziam os Antigos que nesse final de ciclo cósmico de 26 mil anos, o nosso mundo e a nossa humanidade igualmente encerrarão o seu ciclo, passando para uma outra esfera, a qual a Ciência já admite existir: - O CINTURÃO DE FÓTONS, situado em meio à nossa galáxia, precisamente ONDE foi recentemente descoberto aquele gigantesco "portal" violeta que vai da Constelação de Virgem a Grus! Mas, não sabemos o que realmente está postado em meio à nossa galáxia, porém estamos em rota de aproximação. Por outro lado, em se tratando de um buraco negro, estes inapelavelmente "sugam" para o seu interior, liquidando ou conduzindo a regiões desconhecidas, tudo aquilo que penetre no seu colossal raio de ação!

 

O grande quebra-cabeças começa, pois, a ser montado. A sonda Cassini, da NASA, recentemente explorando o planeta Saturno e os seus satélites, ao enviar um módulo para sondar uma dessas luas em busca de vida, precisamente Titan, teve todos os seus sistemas inexplicável e subitamente interrompidos, neutralizados por uma força desconhecida.....

 

.... Não sem antes ter fotografado uma intensa movimentação de astronaves obviamente alienígenas, bem como ter captado estranhos sinais, inteligentemente modulados, precisamente quando inspecionava os anéis de Saturno.....

 

.... Astronaves desconhecidas, imensas, totalmente diferentes dos tradicionais UFOs discóides que conhecemos....

 

.... Aparentemente baseadas e em compasso de espera, junto àquele planeta, em uma região talvez ESTRATEGICAMENTE afastada da nossa Terra, possivelmente prestes a sofrer dramáticas transformações.

 

E, por acaso, o formato dessas naves atualmente ao redor de Saturno não nos seriam de certa forma familiares? SIM, SEM DÚVIDA - extraordinariamente idênticas àquela fotografada na face oculta da Lua m 16 de agosto de 1976 e também explorada pelos Astronautas da Missão Apollo-20 - a secretíssima missão que "oficialmente" a NASA nega tenha existido!....

 

.... E lá encontrou algo tão grande quanto aquelas que atualmente orbitam Saturno.....

 

.... Muito mais alta do que a Torre Eiffel, em Paris, e capaz de conter centenas de transatlânticos do tamanho do enorme Queen Mary no seu interior!.... (IMAGEM: © R. Bar Ilan)

 

.... Conforme se pode constatar através desses quadros comparativos: - um colosso acidentado, ou talvez abatido, que jazia no arenoso solo da Lua por milhares de anos!.... (IMAGEM: © ramistrip.com)

 

.... Tendo no seu interior os corpos de criaturas quase HUMANAS, tal como nós, que a tripulavam - seres representantes de uma antiga família humana de viajantes espaciais espalhada pelo Universo! E se as naves que ora estão operando em Saturno são as mesmas, nem tudo estaria perdido. Seriam Irmãos, membros de uma mesma família, e talvez com estreitas ligações para conosco!

 

Pois, lá não estão os tradicionais UFOs, mas aparentemente aquilo que conhecemos como naves-mãe - ou, quem sabe, UNIDADES DE RESGATE, UNIDADES DE EVACUAÇÃO - verdadeiras "Arcas de Noé" cósmicas, esperando talvez o desenlace qualquer de alguma coisa muito grande prestes a ocorrer.... De modo, talvez, a resgatar aqueles que lhes pertencem! Uma hipótese fantasiosa? Algo que soaria impossível? Quem sabe? E por que não?

 

Uma vez que algumas delas já estão mesmo por aqui, silenciosamente nos nossos céus, talvez velando por nós! Califórnia, 10 de setembro de 2008, Wooland Hills, em plena luz do dia. Uma delas entra em uma "nuvem" e não sai do outro lado, teletransportando-se para algures!

 

Sim, é grande e maravilhoso o Infinito Oceano de Deus. E há muitos tijolos nesse grande muro, nessa colossal muralha! Mas, o que o Grande Pai deixou para nós, o que nos estará reservado nesse grandioso Esquema Cósmico no qual estamos imersos, que nos envolve e nos abriga? E ainda somos crianças. Os antigos Maias afirmavam que nós somos Crianças do Sol, Crianças do Tempo, Viajantes do Espaço. Imensa verdade! Uma vez que, também nós, não passamos de pequenos tijolos - minúsculos tijolos, em meio aos Tijolos menores de um Grande Todo. Pois, não é verdade que somos tão pequenos e esses Oceano é mesmo tão grande? E as nossas moradas temporais são verdadeiramente fugazes, efêmeras, uma vez que TUDO são vibrações, e tudo está em processo de constantes transformações. O joio, então, um dia, apartar-se-á definitivamente do Trigo. E os puros grãos do Trigo já sabem o que desde muito está escrito nesse Grande Muro! Por conseguinte, não passamos de meros peregrinos das distantes estrelas - meros viajantes, de mundos para mundos, de dimensões para dimensões, nessa maravilhosa e incomensurável vastidão estrelada que nos cerca. E seja lá o que for que tenha que acontecer, saibamos, portanto, que não existe o fim - existe, todavia, um eterno recomeço - um refinamento progressivo, que vai desde a matéria mais bruta rumo ao retorno ao Espírito Puro - do Homem ao Anjo, e do Anjo ao Arcanjo - viagens anímicas rumo a outras dimensões mais puras e elevadas, muitas oitavas de evolução acima, para a consecução final da Verdade Maior, Eterna, Absoluta - de volta a Deus! E que Verdades Eternas, Maiores e Absolutas, a não ser a Verdade Eterna e Absoluta desse mesmo e Sempiterno Deus?

 

Agradecemos aos nossos estimados visitantes Marlene Cartier, Ana Patrícia, Daniel Júnior, Marcelo Santos, Luciano Gali, Leonardo Nunes e Franklin Consultoria pelas valiosas colaborações prestadas para a elaboração desta página

 

 

Próxima Página

Página Anterior

Another Brick in The Wall (PInk Floid)