Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

"Escrevo por uma terra há pouco seca, agora carregada de flores, de pólen, de malta, escrevo por crateras cujas cúpulas de gesso repetem o seu circular vazio pela neve pura, falo de improviso por aquilo que apenas carrega o vapor ferruginoso saído recentemente do abismo, falo pelas pradarias que não conhecem nome"

(Pablo Neruda, Canto Geral)

 

COINCIDÊNCIAS NÃO EXISTEM!

 

1 - ASSIM NA TERRA COMO EM MARTE

 

Nesta sensacional tomada aérea do fotógrafo Custódio Coimbra, o gigantesco rosto de granito postado a quase 900 metros de altitude no topo da Pedra da Gávea, Rio de Janeiro - obra de uma desconhecida civilização - visto por um ângulo diferente e que permite observar com riqueza de detalhes o disco que ornamenta o topo do seu capacete, bem como outros precisos cortes retilíneos na lateral direita da montanha. E principalmente se observa o topo da montanha perfeitamente aplainado.... Como se tivesse sido propositadamente cortado! Ao fundo, outra misteriosa montanha, o Morro Dois Irmãos - relacionado à lenda, já abordada neste site, que fala sobre o combate entre duas naves alienígenas por sobre a Enseada de Botafogo em tempos muito remotos! Contudo, os intrigantes mistérios desse tipo seriam privilégios exclusivos deste pequeno planeta que chamamos Terra?

 

Decididamente NÃO! Já sabemos que na nossa Terra, como também nos planetas e satélites vizinhos, os estranhos rostos e outros insólitos monumentos se fazem presentes. Acima, outra foto "maldita" do solo marciano, onde podemos ver nada menos que mais uma dentre tantas imagens - que dessa feita nos mostra o perfil de uma estranha criatura, parecendo usar um toucado ou uma coroa.

 

E aqui temos outro enigma marciano: um gigantesco rosto já bastante desgastado, que inclusive também ostenta uma espécie de toucado!

 

E não se trata de erosão ou mesmo mera coincidência. Essas fotos estiveram sob sigilo há bastante tempo e jamais foram amplamente divulgadas pela NASA! Ainda no intrigante solo marciano, outra mensagem para o céu: duas enormes mãos espalmadas!

 

E mais ainda: dois enormes figuras semelhantes a peixes. E logo acima da primeira foto, à esquerda, um estranho rosto estampado no solo........

 

....... Aqui devidamente ampliado. É de fato o rosto de uma estranha criatura!

 

Nada de espantoso nisso, uma vez que os cientistas SABEM que o planeta vermelho já foi outrora um mundo fértil, dotado de uma rica atmosfera, rios abundantes e mares... E não menos habitado que o nosso! Uma grande catástrofe de natureza não inteiramente identificada literalmente drenou de maneira repentina toda a sua atmosfera - algo assim como um balão de gás que subitamente se esvazia - transformando-o em um astro morto e estéril. Pode ter sido uma guerra ou uma colisão de um meteoro contra o planeta - porém, neste caso heveria uma imensa cratera e não existem quaisquer evidências quanto a esta segunda hipótese! Nas fotos, mais duas sensacionais tomadas da floresta fossilizada no Pólo Sul de Marte!

 

E essa raça que outrora habitou o planeta vermelho era dotada de aspecto humano, a se julgar pelos exóticos monumentos que se espalham por todo o solo daquele planeta! E existe uma série de "coincidências" que aliás são altamente identificáveis com o Antigo Egito. Teria havido uma migração para a Terra quando por ocasião da iminente morte do planeta? Tudo é possível!

 

É o que parece. Pelo menos sugere uma origem comum. A gigantesca face leonina no solo marciano também nos remete à Esfinge de Gizé!

 

E talvez aí esteja a verdadeira chave para se decifrar os mistérios do Antigo Egito, notadamente no que tange a certos estranhos e anacrônicos "hieróglifos" que a Ciência tradicionalista finge em ignorar - por sinal fielmente retratando máquinas voadoras, teoricamente inexistentes na remota antigüidade!

 

E, por oportuno, não esqueçamos o inacreditável porém autêntico mural egípcio situado nas ruínas de Kush, que nos mostra um foguete, um clássico Disco voador ao seu lado e também, na base, duas personagens bastante diferentes dos padrões egípcios!

 

E principalmente quando se constata que essa raça marciana era evoluída e aparentemente podia se locomover através do espaço sideral, pois os cientistas também SABEM que certos objetos estranhos (e por sinal bastante "embaraçosos") fotografados neste fantástico solo marciano são.... Nada menos que espaçonaves alienígenas acidentadas!

 

E o quê dizer dessas estranhas edificações, obviamente obras de seres inteligentes e que ainda hoje repousam como testemunhas silenciosas de uma época de glória vivida pela extinta civilização marciana?

 

E em Cydonia, naquela mesma região em que se situa aquele outro imenso e famoso rosto de pedra que fita o espaço sideral, foi descoberto este gigantesco obelisco!

 

E as antigas pirâmides, que assim como na Terra marcam uma filiação espacial muito antiga, projetam eternamente as suas sombras sobre o solo avermelhado de Marte!

 

E já que ignoramos os vestígios das perdidas e desconhecidas civilizações - as quais em tempos muito recuados e esquecidos aqui mesmo no nosso pequeno planeta nos precederam, viveram e também morreram - quem sabe tudo isso que justamente agora nos acena através de um apelo patético, advindo de um planeta irmão e distante, poderia nos servir como uma espécie de aviso, ou quem sabe mesmo uma advertência - uma solene e grave advertência? E não é mesmo verdade que toda a glória é passageira e as moradias temporais efêmeras?

 

 

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA CONHECER OUTROS ENIGMAS MARCIANOS

 

Próxima Página

Página Anterior

City Of Angels