Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

MISTERIOSOS PORTAIS DO CÉU

"As pequenas causas têm, às vezes, grandes efeitos: a falta de um prego perdeu a ferradura, a falta da ferradura perdeu a montaria, a falta da montaria perdeu o cavaleiro"

(Benjamim Franklin)

 

Na imagem acima, estaríamos vendo um moderno caça saindo de uma nuvem?.....

 

,,,,, Não! As aparências enganam. Ele está justamente CRIANDO A "NUVEM"!!! Acima, vemos o mesmo e muito curioso fenômeno se repetindo na cauda de um Stealth. Estranho? Sim, mas o quê seria mesmo isso?....

 

A resposta é simples: - ao cruzar a barreira do som, um grande condensação é causada por fortes ondas de choque, gerando uma espécie surreal de "nuvem" a qual faz com que o jato pareça estar entrando, ou saindo, de uma outra dimensão - em suma: A BARREIRA DO SOM SE TORNA VISÍVEL! Por analogia, imagine-se o que, então, ocorreria com uma astronave atingindo a velocidade da Luz!

 

O mais impressionante de tudo, porém, é que os pilotos mais hábeis podem realmente controlar a posição dessas ondas de choque, manipulando assim o formato da tal "nuvem"! Mas, certamente, você deverá estar se perguntando: - o quê, afinal de contas, teria isso a ver com os assuntos tratados neste Site? (FOTO: National Geographic)

 

TUDO A VER, acredite! Principalmente se atentarmos para o fato de que alguns UFOs simplesmente TAMBÉM parecem se materializar e viajar na nossa atmosfera, escondendo-se sob a forma de muito inocentes "nuvens", criando assim as suas próprias "ondas de choque"!.....

 

.... E dessa forma, percorrendo os nossos céus sem a menor cerimônia - e ainda (o que é o melhor de tudo), sem serem devidamente detectados aos olhos e também aos radares - uma vez que se camuflam em "nuvens"! Agora, chegamos ao inevitável choque de tecnologias: - para fazer algo rudimentar, porém de certa forma semelhante, os nossos modernos aviões não podem ficar estáticos, pelo contrário, deverão cruzar a barreira do som em alta velocidade. Já os UFOs produzem o mesmo efeito, mesmo quando estáticos, sem contudo abandonar os seus "invólucros" artificiais - ou seja, eles mesmos CRIAM os seus "EFEITOS NUVEM". Daí, podemos deduzir as forças terríveis e sobretudo desconhecidas que fazem operar e os impulsionam!

 

Nessa imagem do conceituado Discovery Channel, por exemplo, um deles se fez visível após abandonar a sua eficiente camuflagem de "nuvem"!

 

Ainda estamos muito longe no sentido de tentar entender quais seriam, e como exatamente funcionariam tais forças. Todavia, a Física de Vanguarda já está trabalhando com premissas bastante razoáveis, chegando assim a espantosas conclusões que representam um novo rumo para Ciência. Os chamados "Trasnwarp Corridors", são verdadeiros atalhos de subespaço, situados entre as mais distantes seções da Galáxia, mediante os quais poder-se-ia percorrer centenas de Anos Luz em questão de poucos minutos, significando dessa forma que eles permitiriam atravessar a massiva distância entre os Quadrantes Alpha e Delta galáticos em reduzido espaço de tempo! Essa, portanto, poderia ser uma das respostas mais lógicas para as constantes incursões dos UFOs ao nosso mundo. (IMAGEM: © Cetin BAL)

 

Em outras palavras, são muito possivelmente uma espécie de Wormholes presentes no espaço, os quais seriam ARTIFICIALMENTE DIRECIONADOS ao nosso mundo, ou, então, mediante o aproveitamento de certas fendas dimensionais - ou pontos específicos de "entradas e saídas" naturais - já presentes aqui na Terra! A espantosa foto acima, tomada por um satélite ambiental da NASA, nos mostra uma cena inusitada: - vários UFOs percorrendo uma espécie de "funil", ou "CORREDOR-WARP", conduzindo-os diretamente à Terra!

 

O correspondente negativo nos permite uma melhor visualização: - à frente segue uma espécie de líder, abrindo algo assim como um tipo de "corredor". Logo atrás, um segundo UFO, que é seguido por mais três, estes, por sua vez, já em formação bem na retaguarda!

 

Claro que tudo isso, embora oficialmente negado, "mexe" mesmo com a cabeça, a imaginação, e a ambição dos cientistas mais ousados. A ordem, então, é - sob o maior sigilo, claro - tentar emular tais fantásticas tecnologias a qualquer preço. Para isso, por exemplo, aí está o famoso LHC (Large Hadron Collider), oficialmente destinado a "produzir avançadas experiências científicas de modo a compreender a origem do Universo"....

 

Mas, seria mesmo esse o objetivo final do LHC? Claro que não, e qualquer pessoa dotada de bom senso chegaria a essa conclusão! Um anel subterrâneo com 27 quilômetros de extensão, bilhões de Euros gastos, equipes dos mais renomados Físicos e Cientistas trabalhando arduamente, equipamentos que beiram a Ficção Científica mais ousada, e assim por diante, apenas para tentar "entender a origem do Universo", ou....

 

.... Vamos ser francos e diretos: - o objetivo final, e o mais secreto de todos, não seria mesmo o de produzir uma espécie de "STARGATE", ou ainda uma máquina do tempo, capaz de viajar no espaço e de cruzar os mais intrincados meandros das mais desconhecidas dimensões? Interessante saber que o LHC, quando em operação, vai gerar no seu interior a MESMA temperatura presente no Universo! Por que?

 

Sem dúvida, pois as imagens dos equipamentos presentes nessa sofisticada e muito ousada experiência não deixam margens a quaisquer dúvidas: - estão mesmo construindo um túnel dimensional! Tudo, então, se torna muito estranho. A coisa é subterrânea, mas quem sabe o objetivo primordial não seja o de criar uma enorme fenda dimensional exatamente SOBRE a cidade de Genebra? Mas, para atrair ou contatar precisamente o QUÊ?

 

E um dos objetivos mais recônditos do LHC é exatamente sondar a chamada "Partícula Higgs Bosson", ou a "Partícula de Deus", acima reproduzida em computador. De acordo com os cientistas, a produção dessa Partícula possibilitará explicar um mistério da Criação: - como as partículas sub-atômicas interagem umas com as outras - enfim, saber como o Universo funciona, tentar desvendar os Segredos de Deus, revelar novas dimensões e também gerar mini-buracos negros! Ousado, sim, mas, até que ponto isso não seria uma temerária blasfêmia?

 

E como são mesmo sutis esses cientistas do CERN (European Centre for Nuclear Research) - nome das instalações onde está sendo desenvolvido o LHC! Quer saber o porquê de dizermos isso? Simples: - eis que eles negam que estejam produzindo experiências para viajar no tempo ou a produção de Stargates, não é mesmo? Então, Prezado (a) Visitante, observe o logotipo acima, que é exatamente um dos logotipos do Projeto LHC e que diz respeito ao que eles chamam de "A Partícula de Deus"....

 

.... E agora, reveja a representação daquilo que em Física é denominado o Diagrama Espaço-temporal de Minkowski, teorizando as intrincadas nuances do tempo, onde um eixo representa o tempo "t", e o outro uma coordenada geométrica "x". Sempre subordinado à velocidade da Luz (o ponto "c"), onde podemos, de modo geral, constatar que entre "B" e "A" existe uma única região, ou coordenada, que se situa AO MESMO TEMPO no passado e no futuro. Note-se que o evento "C" e o evento "O" também são simultâneos. Ao centro, está esse ponto "O" formando justamente um CONE que permite, por assim dizer, "pular" do presente ao futuro - ou, então, em sentido contrário, alguém, ou alguma coisa, do FUTURO voltar ao passado! E esse "cone" seria precisamente um Wormhole! Agora, retorne para a imagem anterior, o logotipo do LHC, e faça as devidas comparações!!!

 

Nada de novo, nada de novo! As mais fantásticas evidências nos provam que algumas antigas civilizações já conheciam tais processos! Civilizações como a Egípcia, a qual manteve estreitos contatos com certas avançadas inteligências - superiores e, por sua vez, inegavelmente alienígenas!

 

Veja, por exemplo, aquilo que alguns cientistas acabaram de descobrir, tradicionalmente velado através do sempre muito sutil simbolismo egípcio - aquilo que denominaram "O Artefato de Osíris" - um artefato descrito, desde aqueles mais remotos tempos, como sendo capaz de "Projetar às mais distantes galáxias e a outras dimensões"!

 

Um simbolismo que esteve velado por durante milênios sem conta, e somente agora perfeitamente compreensível: no Santuário de Osíris, em Abydos, os cientistas, à luz dos modernos conhecimentos, puderam identificar a clara representação de um prodigioso artefato - uma tecnologia extemporânea, surreal, nitidamente alienígena - um gerador de Wormlholes com milhares de anos de idade, o qual somente agora começamos a tentar desenvolver! E será que você prestou atenção no artefato situado logo abaixo da cena, ao qual é interligado um túnel, o mesmo que acontece no LHC?....

 

Sim, absolutamente idêntico ao dispositivo do LHC denominado DRIVE - o que significa um DIRECIONADOR - aqui rotacionado para fins comparativos. Uma peça-chave no acionamento dos seus circuitos!

 

E, claro, um túnel, tal como presente no LHC! E de ONDE exatamente os modernos cientistas obtiveram tanta "inspiração" assim, para construir tão sofisticado e futurístico dispositivo? Só resta mesmo saber de ONDE, e "quem copiou quem"! Ou, então, QUEM forneceu tão avançadas especificações técnicas a eles. E, nesse particular, você apostaria em "QUEM"?

 

E já no Templo de Denderah, a representação de um Stargate, torna-se ainda mais sutil e reveladora, uma vez que lá tudo então se esclarece (e preste atenção nisso): o nome OSÍRIS naquelas inscrições não diz respeito ao deus, mas, sim, ao PRÓPRIO DISPOSITIVO em si - descrito como "Ta-Wer", "UMA PONTE ENTRE O CÉU E A TERRA"! Note-se a sutil coloração azulada da "torre" de projeção, ou túnel, que toca o espaço!

 

Aliás, você sabia que o nome que hoje entendemos como STARGATE, ou "PORTAL DO CÉU", tem a sua origem no Antigo Egito? Sempre mencionados nos textos sagrados e religiosos daquela civilização, os "Portais do Céu" começam agora a ter um relevante, um novo e surpreendente significado!

 

Até porque, já está provado que os tais "Portais do Céu" estão intimamente relacionados com as três mais brilhantes estrelas do Cinturão de Órion - Alnitak, Alnilam, Mintaka, de onde chegaram os benevolentes Iniciadores daquela civilização! Tão relacionados, de fato, que as três Grandes Pirâmides de Gizé foram edificadas obedecendo rigorosamente ao alinhamento dessas três estrelas quando estas se encontravam há muitos milhares de anos atrás - precisamente na época em que os "Deuses" chegavam à Terra!

 

E OSÍRIS, ou seja, o DISPOSITIVO, OU ARTEFATO, que era detentor desse nome (e também adorado como uma divindade), era representado por uma embarcação, simbolizando o Wormhole, sempre cercado pelas estrelas dessa mesma constelação: - Órion!!! Aliás, os egípcios conheciam mesmo a SETE estrelas principais de Órion!

 

Um dos nossos estimados visitantes apropriadamente, aliás, disse que um Site é uma espécie de revista eletrônica. E este nosso Site é exatamente isso: - uma revista eletrônica de mistérios, sempre atualizada, e na qual você será um dos primeiros a saber acerca das mais recentes novidades no campo muito promissor e inesgotável do Realismo Fantástico. Assim, e em se falando de Wormholes, vejam só que acabaram de descobrir alguns pesquisadores - dentre os quais William Henry - precisamente, como também velado, no simbolismo de velhas pinturas de antigos mestres. Nos quadros acima, vemos pinturas alusivas ao mistério bíblico da Transfiguração de Jesus. À esquerda, a Transfiguração de Novgorod, Século XV. Ao seu lado, uma obra originária da Alemanha, Século XVII. Repare nos detalhes que, em ambas as obras, envolvem o Corpo de Cristo....

 

E também sob o mesmo tema, à esquerda uma obra originária da Rússia, Século XVII. Ao seu lado, outra obra do mesmo Século e daquele mesmo país - esta última, todavia, bem mais explicita do que as demais....

 

.... Uma vez que apresenta os mesmos raios (também constantes dessa outra obra), os quais, geometricamente centrados no Corpo de Jesus, formam uma inusitada imagem que nos seria inteiramente familiar:

 

SIM; ISSO MESMO - Tal e qual o LOGOTIPO DO LHC que representa a "Partícula de Deus" e, ainda, tudo muito coincidentemente com o Diagrama Espaço-temporal de Minkowski, o qual, por sua vez, diz respeito à teoria das VIAGENS NO TEMPO, E NOS DESLOCAMENTOS ATRAVÉS DO ESPAÇO!

 

E será que toda essa sabedoria, essa tecnologia fantástica, a qual somente agora estamos descobrindo (ou redescobrindo), não esteve mesmo bem diante dos nossos olhos por durante tanto tempo e nunca nos apercebemos disso? Quem sabe! Veja, agora, uma outra obra notável e muito antiga alusiva à Transfiguração de Jesus (Constantinopla, ano 1200) e, ao seu lado, um antigo diagrama cabalístico. Isso significaria que os Antigos Iniciados, os quais escondiam verdades supremas - e por isso mesmo perigosas - sempre através do simbolismo das suas obras, queriam transmitir que Jesus Cristo teria sido um Viajante do Tempo, ou então um Ser Extraterrestre? Faça as suas devidas comparações, analise, e tire, então, as suas próprias conclusões!

 

Pois, é tudo mesmo muito revelador; e interpretar o simbolismo será sempre uma das chaves para a solução dos enigmas: - o "Portal" está abaixo; o barco representa o Wormhole; a "torre" é o TÚNEL que conduz ao céu, como também às dimensões desconhecidas. E a coroa que encima o tal artefato é a coroa de Osíris - e Osíris é ÓRION! Sutil, extremamente claro e sutil!

 

Aliás, a misteriosa Barca de Osíris era mesmo chamada no Antigo Egito de SEKTI, ou ainda SEQTT- "A Barca de Órion" - onde a representação do Stargate está ao centro!

 

Sim, e nesse particular qualquer semelhança não terá sido mesmo mera coincidência! Compare o "Olho de Hórus", ao centro do círculo, visto na imagem anterior, com alguns dos componentes do LHC!....

 

.... Um centro de um círculo na milenar barca Sekti.... o BOTE DE ÓRION! Sutil, extremamente sutil, não é mesmo verdade? Eis aí o que diz o Dicionário de Hieróglifos Egípcios.

 

Sim, claro, tudo muito evidente: - a "barca" de Órion que literalmente elevava, o misterioso artefato que conduzia aos mais distantes Portais do Céu!

 

O mistério de Órion encerra, porém, duas alternativas, duas cruciais opções de escolha: os "Anjos e os demônios"! Trata-se de uma grande constelação, na verdade uma Nebulosa, na qual certamente habitam várias criaturas e diversas civilizações. Dessa mesma constelação, porém e de uma outra região já próxima à estrela Barnard e denominada Zeta Reticulan, sabe-se que são provenientes os famigerados reptilianos e os grays - uma das raças mais atuantes aqui na Terra - perigosa, hostil, responsável pelos seqüestros, pelas monstruosas experiências genéticas, pelas mutilações e mortes dos animais e seres humanos - e cujo objetivo final seria justamente o de se apossarem do nosso planeta! Há certamente algo por trás do LHC, mas restaria apenas saber exatamente POR QUE e o QUÊ - o QUÊ realmente estaria por trás de tudo isso! E, se este for o caso, a QUEM os seus cientistas esperariam contatar? Alnitak, Alnilam, Mintaka, ou Zeta Reticulan - os "Deuses" ou os "demônios"?

 

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA CONTINUAR

 

Próxima Página

Página Anterior

Shawn - DOOM2 music