Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

QUANDO ALGO VEM DO DESCONHECIDO TUDO É MESMO POSSÍVEL!

"São precisamente paradoxos como estes que nos servirão de base de trabalho. Num chamado à lógica e à razão, vistamos portanto agora as nossas armaduras e partamos, você e eu, o errante cavaleiro do insólito e seu fidelíssimo escudeiro, amigo já de outras caminhadas, e deslumbremos os nossos olhos com aquilo que salta à vista de maneira clara e inequívoca: As coisas estranhas que nos cercam talvez não sejam meramente mais insólitas do que acreditamos, porém verdadeiramente muito mais estranhas e bizarras do que possamos acreditar!"

(Do nosso livro NOS PORTAIS DO INEXPLICÁVEL, Ediouro, 1986)

 

Sul do Peru, abaixo de Nazca. A imagem do satélite nos mostra algo absolutamente espantoso: uma enorme seta, moldada em pleno solo desértico, aponta para alguma coisa! O nosso mundo é, pois e verdadeiramente, um imenso repositório dos mais intrigantes mistérios. E quanto a isso não existem meios-termos! (FOTO: © Europa Technologies/DigitalGlobe/Google) - gentilmente pesquisada e cedida pelo nosso estimado visitante Jorge Barata)

 

Em Xilitla, por exemplo, uma estranha bola de fogo proveniente de um UFO precipitou-se do céu durante uma madrugada, até mesmo incendiando um arvoredo e, ainda de acordo com a notícia acima, tendo ocorrido um fenômeno semelhante em uma área de outra localidade. Como, então, negar que o fenômeno UFO existe? Sim, é mesmo incontestável o fato de que existem muitas outras coisas ainda mais estranhas do que isso a nos espreitar:

 

Pois é! E quanto a essa verdade não há mesmo como negar ou tentar esconder! Veja, por exemplo, ISTO: recente notícia advinda de Monterrey, México: - Os habitantes de uma cidade remota estão aterrorizados.....(IMAGEM: Primer Impacto)

 

...... Por aquilo que alegam ser bruxas voando......

 

...... Temos testemunhos impactantes..... (IMAGEM: Primer Impacto)

 

E eis a imagem captada em vídeo da bizarra criatura quando se locomovia pelo céu. E talvez pela semelhança com as tradicionais imagens das bruxas que povoam os folclores, logo recebeu essa denominação da assustada população local. (IMAGEM: Primer Impacto)

 

Nesse frame podemos ver, ao centro, quando a criatura passou no ar, tendo uma montanha como fundo. Podemos notar seus braços e até um grande crânio. (IMAGEM: Primer Impacto)

 

E aqui, vemos uma nossa ampliação em negativo do detalhe, mostrando aquela estranha e inusitada criatura voadora que.....

 

..... De "bruxa" propriamente dita não tinha absolutamente nada, uma vez que as pessoas e os pesquisadores locais mais racionais chegaram a uma conclusão muito clara e evidente: ...... E concluíram que o objeto voador era um humanóide..... (IMAGEM: Primer Impacto)

 

E essa estranha aparição não foi somente testemunhada por vários moradores, mas também por vários oficiais da polícia local - e, portanto, testemunhos esses absolutamente confiáveis e idôneos - os quais atestaram a sua veracidade! (IMAGEM: Primer Impacto)

 

- "Vi uma pessoa vestida em negro com grandes garras" - tácita e muito seguramente declarou à reportagem o oficial de polícia Gerardo Garza. (IMAGEM: Primer Impacto)

 

Porém, outros policiais testemunharam algumas outras criaturas, dessa feita já no solo, em área urbana.... E muito perigosamente frente a frente! - De acordo com o oficial de polícia ele viu duas criaturas humanóides. (IMAGEM: Primer Impacto)

 

Como, por exemplo, aconteceu com o oficial Leonardo Samaniego: - "Ela estava vestida em negro e tinha grandes olhos. Parecia uma mulher. Veio das árvores mas não tocou o solo, apenas permaneceu flutuando vários metros acima do chão. Eu a vi muito bem e então ela pousou e permaneceu me fitando. Tentava cobrir a face diante das luzes da viatura policial. Parecia que as luzes a incomodavam. Pude ver dois enormes olhos negros, completamente negros e sem sobrancelhas, e sua pele era marrom escura. Ela investiu contra o carro muito rapidamente, atingindo-o e colidindo com o pára-brisas. Voava muito rapidamente e investiu pela segunda vez contra o vidro. Fiquei tão chocado com essa ação que coloquei o carro em marcha a ré e acelerei ao máximo enquanto pedia auxílio pelo rádio. Sua expressão era horrível, tentava me atingir com as suas garras. Quando cheguei ao final da rua, então desmaiei". (IMAGEM: Primer Impacto)

 

Tudo muito coincidente! Acima, vemos a descrição geralmente feita pelas testemunhas das aparições mundiais do famoso predador desconhecido "Chupacabras": olhos grandes e escuros, enormes garras e etc.....! Assim, o oficial Samaniego teve muita sorte, uma vez que essas criaturas com as quais se deparara, muito provavelmente predadoras (evento este que poderia inclusive vir a explicar o fenômeno "Chupacabras"), certamente estavam CAÇANDO! E muito obviamente essas coisas não são deste mundo, além de serem criaturas inteligentes e altamente tecnológicas, uma vez que se utilizam de veículos individuais de locomoção aérea! E talvez o policial somente tenha escapado de se tornar MAIS UMA vítima humana (já que há registros de VÁRIAS pelo mundo todo, porém escondem de você) devido à aproximação de duas outras viaturas policiais e uma ambulância que prontamente vieram em seu socorro!

 

E o oficial recebeu cuidados médicos - Aliás, pudera, pois o encontro com as criaturas humanóides (na verdade eram duas delas cuja altura era de cerca de 1,50 metro e que inclusive violentamente o atacaram), foi, de fato, uma experiência tão assustadora e marcante que o policial, em estado de choque, teve que receber cuidados médicos e até mesmo tremia descontroladamente de pavor ao recordar o ocorrido quando, posteriormente, concedeu uma entrevista à emissora de TV local.

 

E pode ser quer tenha sido algo muito semelhante a ISTO: o cadáver de uma criatura predadora, classificada como um dos Chupacabras, há algum tempo encontrado no Japão! Altura 5 pés (1,50 metro), bem todos os demais detalhes de sua insólita anatomia altamente coincidentes com o relato dos policiais mexicanos! E aquele policial que, por sua vez, foi atacado no México por uma coisa parecida com isso, teria perdido uma excelente oportunidade. Aí justamente reside o perigo de se negar tais evidências quanto à existência de UFOs, aliens e dessas outras criaturas bestiais e assassinas, a alguns deles intimamente ligadas e que vagam pelo nosso mundo destruindo, mutilando e matando. E como os céticos (e notadamente os sempre presentes prestidigitadores da verdade) dizem que tais coisas não existem, o policial logicamente se apavorou, fugindo descontroladamente e em pânico, pela simples razão de ter levado o evento para o lado do sobrenatural, julgando assim que se tratasse mesmo de uma fantasmagórica "bruxa". Ao invés disso, se acaso estivesse devidamente esclarecido quanto ao perigo, mantendo o necessário sangue frio e ainda mais pelo fato de estar relativamente protegido do ataque da criatura, no interior e pelo vidro da sua viatura policial deveria, muito merecidamente aliás, recebê-la com as devidas "honras militares" - ou seja, dane-se o vidro e disparar todas as suas armas à vontade e sem qualquer piedade contra ela, já que essas coisas podem até ser muito avançadas e inteligentes, porém são tão vulneráveis quanto nós. Era, pois, uma simples questão de sobrevivência, e esse perigoso erro de avaliação poderia ter sido fatal, poderia ter-lhe custado a própria vida..... E, como costumeiramente ocorre, se assim tivesse terminado o ataque logicamente o caso teria sido prontamente abafado. (FOTO: Takeshi Yamada)

 

Tudo, por conseguinte, muito claro, absolutamente cristalino e lógico - eis a opinião de um estudioso local de Ufologia: .... "Isto era uma entidade extraterrestre..... (IMAGEM: Primer Impacto)

 

..... E este ser extraterrestre conduzia um veículo pessoal ou coisa parecida". - Algo, por sinal, extremamente evidente e não muito difícil de se deduzir! (IMAGEM: Primer Impacto)

 

Nada demais nisso! Simplesmente porque tal tipo de veículo individual voador não é novidade alguma, uma vez que já há muitas décadas até a mesmo a nossa incipiente tecnologia desenvolveu tal tipo de artefato para fins militares (foto). Portanto, nada impede que civilizações mais avançadas igualmente já tenham desenvolvido coisas até muito melhores do que isso!

 

Mas, em contrapartida, e como, aliás, já seria de se esperar, eis a opinião de uma astrônoma consultada pela emissora de Televisão: - "Este vídeo é uma piada e nada prova".... (IMAGEM: Primer Impacto)

 

..... "Este povo tem tendência a inventar coisas" - concluiu a cética astrônoma no seu depoimento. E se foi uma "piada" ou uma simples "invenção", de acordo com o seu julgamento, teriam sido mesmo muito bem feitas, não? E desde quando "piadas e invenções" voam pelo céu e atacam seres humanos? Francamente! MAS TERIA SIDO MESMO ISSO, UMA SIMPLES PIADA OU UMA MERA INVENÇÃO POPULAR?

 

Evidentemente que NÃO! Pois, jamais se pode negar aquilo que não pode ser negado - principalmente o que as nítidas imagens mostram, como também tudo aquilo que os mais idôneos testemunhos igualmente comprovam. Tudo, então, pode ser resumido nessa brilhante e bem oportuna frase proferida pelo pesquisador de Ufologia local: - "Como já disse uma vez, quando algo vem do desconhecido qualquer coisa é possível". (IMAGENS: Primer Impacto, gentilmente pesquisadas e cedidas pelo nosso estimado visitante Luis Esteves, Portugal)

 

Sem qualquer dúvida, e com o que concordamos plenamente! E, "opiniões astronômicas" à parte, tem mesmo qualquer coisa lá pelos lados do México e que o tornam um dos países mais visitados por essas máquinas voadoras misteriosas, chegando algumas delas até mesmo a ousadamente percorrerem sem a menor cerimônia os céus dos locais mais densamente povoados das grandes cidades! A verdade, fere, dói, incomoda, e justamente por isso, muito lamentavelmente, é quase sempre sufocada. Veja, por exemplo, ISTO:

 

 

Partes de uma espantosa notícia publicada no Jornal EXTRA, Rio de Janeiro, na sua Edição de 19 de setembro de 2007. A censura de volta ao Brasil? Parece que SIM! Todas as obras didáticas do Professor Mario Schmidt vetadas no ensino público fundamental do país! "Falhas no conteúdo", "Erros não revelados"..... Obras somente agora acusadas de "manifestar conceitos maniqueístas sobre o Socialismo e Capitalismo" e até mesmo de "panfletagem"- e isso depois de aprovadas por duas vezes e livremente escolhidas por cerca de 50 mil professores em todo o país! Os nossos estimados visitantes bem sabem que somos de formação essencialmente apolítica, considerando, pois, toda política, e quaisquer ideologias, SUJAS, como também que o mundo viveria bem melhor sem elas e os seus nefastos agentes. Por conseguinte, não temos comprometimentos de qualquer espécie e a nossa opinião é livre. Então, quais seriam mesmo essas "falhas" e esses "não revelados erros", os quais as incluíram em uma seleta lista de "livros malditos" - um index sigiloso - oficialmente promovido de modo a "não constranger os autores"?

 

Como estudioso que somos da História, muito embora sendo de natureza didática, conhecemos essas obras e então vamos dizer a você: - O Professor Mario Schmidt é um dos poucos (senão o único) que têm a necessária coragem de revelar os quase sempre sujos bastidores da História. Ele explica detalhadamente aos estudantes tudo aquilo que os outros, por sua vez, "dourando a pílula", submetem-se aos rígidos padrões tradicionais, ensinando apenas o que os jovens limitadamente devem saber. A Nova História Crítica, como o nome bem o diz, é CRÍTICA e, portanto, jamais submissa, revelando, por exemplo, o que se esconde por trás do cruel imperialismo que invade os países alheios e promove as suas guerras pelo mundo; quais os sujos interesses e as pérfidas intrigas que se esconderam por trás dos "grandes feitos históricos"; quais as sujeiras e as ocultas falcatruas da maioria dos assim chamados "grandes líderes mundiais"; por que exatamente os "grandes heróis" muitas vezes foram os verdadeiros vilões; toda a podridão dos jogos políticos e as suas nem sempre benéficas conseqüências para a humanidade; o porquê de existirem a miséria, a fome e as desigualdades sociais espalhadas pelo mundo - e assim por diante. Existiria, pois, cidadania sem liberdade de expressão? E não é o papel de um verdadeiro mestre provocar o interesse, suscitar debates? Retorno cruel ao dogmatismo, fogueiras da Inquisição! - "Erros conceituais e de informação; incoerência metodológica; difusão de preconceitos"?

 

Uma das inúmeras e expressivas ilustrações de "A Nova História Crítica": mães esqueléticas tentam dar aos seus moribundos e não menos esqueléticos filhos o sustento já exaurido dos seus combalidos corpos - os devastadores efeitos do colonialismo nos territórios do Sudão e do Zaire, em 1998, os quais propiciaram as epidemias, os desrespeitos aos direitos humanos, a violência política e o terrível flagelo dos fantasmas da miséria e da fome!

 

"Reflexões Críticas", colocadas ao final de cada lúcido capítulo - justamente para os estudantes conhecerem e debaterem! Uma outra das ilustrações daquele livro nos coloca diante de uma cruel realidade. O quê há, então, de "falhas" e de "errado" nisso e que os estudantes não podem conhecer?

 

NADA! Pois, quem poderá impedir de brilhar a luz do Sol ? Quem, pois, poderá sufocar verdades por durante muito mais tempo? Quem poderá, então, calar tudo aquilo que verdadeiramente grita? Tudo, portanto, o que cada vez mais nos chega através do desconhecido se torna mesmo possível, extremamente evidente, profundamente lógico - e por que não dizer intensamente cristalino? Já não há mais espaço; e já não há mais tempo para meias-verdades ou quaisquer outros subterfúgios. A humanidade de hoje já não é mais a mesma de ontem. Encontra-se ela, desde agora, sob a égide maravilhosa do Terceiro Milênio, não somente diante de algumas graves advertências, como também diante de novos conhecimentos, de novas perspectivas, de novos caminhos a serem devidamente desbravados e percorridos. Toda Verdade se tornou, então, sagrada; nada mais pode ser ocultado. E eis então que Ela, a Luz maravilhosa da Verdade, se torna agora intensa, urgentemente necessária! Contudo e muito lamentavelmente, ainda há os covardes, há os que escondem, há os que mentem, e há também aqueles que se vendem. Em contrapartida, e muito felizmente, também HÁ, e sempre haverá, aqueles poucos que, pertencendo a uma outra categoria - diametralmente oposta e, por conseguinte, muito diferente - por Ela, e reverentemente diante Dela, erguerão as suas lanças, destemidamente agitarão as suas bandeiras! E que ventos serão capazes de impedir que elas sejam desfraldadas?

 

Próxima Página

Página Anterior

HEXEN music