Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

HIGH SECURITY LEVEL!

"O Governo tem o direito de mentir e manipular notícias se assuntos de segurança nacional estão envolvidos"

(Arthur Sylvester - Secretário Assistente de Defesa, EUA, em 1963)

 

Novamente o Iemem, onde dois dos nossos estimados visitantes anteriormente descobriram nas suas escarpadas e desérticas paisagem as muito curiosas imagens voltadas para o céu, representando dois Sóis e dois animais semelhantes ao cavalo. E agora, outro dos nossos visitantes, vasculhando aquela área, descobriu mais uma outra insólita imagem...... (FOTO: © DigitalGlobe/Europa Technologies/Google, gentilmente pesquisada e cedida pelo nosso estimado visitante Orion Henrique Koch)

 

.... Aqui devidamente ampliada e colocada em negativo! Trata-se da representação de uma estranha criatura sinalizando para o espaço exterior. Mas, assim como tantas outras espalhadas pela face da Terra desde milênios sem conta, sinalizando o QUÊ e PARA QUEM?

 

Nada demais nisso, não é mesmo novidade alguma! Em full size, uma foto aérea tomada sobre o Deserto de Mojave, Califórnia, EUA, mostrando o famoso "gigante de Blythe", bem como outros curiosos geoglifos voltados para o céu. Da mesma forma como acontece com os fantásticos geoglifos de Nazca, no Peru, a explicação oficial é que "os ancestrais dos índios locais teriam elaborado tais imensos desenhos por motivos religiosos para neles praticarem os seu cultos". E você, acredita mesmo nisso?

 

Nem nós! Veja então uma outra figura bastante semelhante, da mesma forma voltada e sinalizando sua mensagem silenciosa para o espaço sideral. Mas, onde foi mesmo fotografada? Precisamente NA LUA! E que "ancestrais indígenas" teriam feito isso no distante solo do nosso satélite? (FOTO: NASA)

 

E aqui está a ampliação do intrigante detalhe. É mesmo uma figura antropomórfica, ou coisa parecida. Tem pernas, os braços estão abertos e até seu rosto pode ser discernido!

 

E também na Lua, já na Cratera Aristarchus, a sonda Lunar Orbiter IV nos revelou a existência de curiosas formações geométricas que de maneira alguma poderiam ser naturais. O que vemos nessa imagem é uma clara formação piramidal, ladeada por um "cratera" muito marota - perfeita em demasia para se tratar de uma "cratera". (FOTO: NASA)

 

Como, de fato, certos detalhes das fotos tomadas pela NASA por sobre a arenosa superfície lunar, nos mostram coisas absolutamente "embaraçosas"- tais como essa outra muito evidente pirâmide. As pirâmides, por assim dizer, podem ser classificadas como "marcas registradas" da arquitetura alienígena. E o mais curioso de tudo é que elas igualmente se espalham pela face daqui da Terra!

 

Afinal de contas, qual seria mesmo a diferença entre as pirâmides postadas na Lua, em Marte, e aqui na nossa própria Terra? Se voce respondeu: NENHUMA, terá acertado em cheio.

 

Tudo isso, é claro, sem contar a existência de outras estranhas estruturas estrategicamente situadas em meio às crateras lunares, as quais claramente sugerem se tratar de instalações alienígenas!

 

Sim, as fotos proibidas existem mesmo. E um governo qualquer pode até ter o direito de mentir, mas somente quando as mentiras não subestimem a inteligência do povo. Pistas de pouso e estradas na Lua? Parece que SIM, e tanto é que eles SEMPRE fotografam com inusitado interesse tais muito bizarro "acidentes" de paisagens..... (FOTO: NASA)

 

..... Quem já pilotou helicóptero e avião, assim como nós o fizemos, imediatamente reconheceria ISTO: uma clara e enorme pista de pouso. Tem até mesmo pistas auxiliares e de manobras! Mas para QUEM utilizar e pousar? Não é mesmo muito interessante? E se acaso não é uma pista de pouso na Lua, trata-se de algo tão semelhante, mas tão semelhante, que chega a ser surrealista! Um helicóptero pousa na vertical e praticamente em qualquer lugar. Mas no caso particular do avião, e se por acaso isso fosse aqui na Terra, não hesitaríamos em proceder as tradicionais manobras de aproximação: - motor em idle; flaps; quase planando; e com a necessária projeção angular descendente.....!

 

" - Estradas e pistas na Lua, mas para QUEM utilizar? Claro que tudo não passa de meras fantasias de certos autores e de alguns pesquisadores lunáticos e visionários!" - poderão argumentar os inevitáveis pontífices da contraverdade, assim como também os sempre atuantes mestres do engano. A resposta, contudo, é bem outra e está situada precisamente nessa antiga foto, a qual vale a pena recordar e a qual mostramos para você também em full size - imagem tomada pela sonda Lunar Orbiter 5 igualmente por sobre a superfície da Lua, precisamente na Cratera Vitelo, perto da qual, em uma época em que o homem ainda nem colocara seus pés no nosso satélite, DUAS máquinas - evidentemente alienígenas - foram flagradas quando se locomoviam na poeira lunar, até mesmo deixando os nítidos rastros das suas esteiras! E se não querem reconhecer essa evidência, por que então (pelo que se depreende da afirmação do então Secretário Assistente de Defesa, EUA, em 1963) a classificariam como sendo "assunto que envolve a segurança nacional"? Haveria, então, uma ameaça latente na presença de entidades alienígenas na Lua? Para um bom entendedor, um pingo sempre se transforma em letra! (FOTO: NASA)

 

E as provas de que uma muito intensa e febril atividade alienígena de mineração estão espalhadas por toda a Lua, são incontestáveis. O que você vê acima, por exemplo, não se trata de maneira de uma cratera natural. Foi mesmo escavada! Portanto e evidentemente, "alguém" as está escavando em busca de minérios dos quais a Lua é comprovadamente uma abundante fonte - titânio, alumínio, urânio, hélio-3 e muitas coisas mais. E os nossos governos mundiais SABEM MUITO BEM DISSO, tanto que preferiram não entrar em confronto direto com tais "mineradores", abandonando misteriosa - porém muito compreensivelmente - as suas missões espaciais na Lua! E não será sempre bom saber que os empregados, cientistas, técnicos e os próprios astronautas da NASA estão sujeitos aos regulamentos de segurança militar e são ameaçados com longos anos de prisão se acaso falarem acerca daquilo que foi realmente descoberto no espaço sideral? E, ainda, que quaisquer informações ou fotografias somente são liberadas após uma rígida verificação e aprovação pelos órgãos governamentais de Inteligência dos EUA? Donde logicamente se depreende que deve haver muito mais coisas censuradas do que se possa pensar! E mais ainda: o sutilíssimo efeito "airbrush" de alguns programas editores de imagens funciona a pleno vapor para esconder certas coisas muito reveladoras (e sobretudo muito embaraçosas) encontradas nas missões espaciais, tanto no solo lunar quanto em Marte.

 

UFOs na Lua? Sim, e por que não? Veja, por exemplo, um deles nessa foto tomada por Neil Armstrong. Os tais "mineradores" são, de fato, muito zelosos quando se trata de vigiar os seus domínios. Que o digam todos os astronautas que tiveram seus módulos ostensivamente acompanhados ao se aproximarem da Lua. Nesse particular, aliás, existem transmissões via rádio desses astronautas para a NASA simplesmente memoráveis, nas quais alguns deles claramente revelam a presença de naves alienígenas espreitando-os, bem como a existência de inúmeras estruturas artificiais no solo lunar!

 

Tudo faz sentido! E agora, VEJA ISTO! Originária de uma foto tomada por astronautas da NASA já na superfície lunar, uma atenta equipe de pesquisadores detectou algo muito sutil e, por sua vez, não menos "embaraçoso", espreitando em meio a uma depressão da paisagem! O detalhe da bizarra "coisa", realçado em azul, torna-se bastante explícito...... (IMAGEM: kksamurai.com)

 

...... Tão explícito que não resistimos à tentação de ampliá-lo, como também realçá-lo! Que, raios, então, seria isso, uma nítida criatura humanóide no solo da Lua? SIM, muito claramente SIM! Só que este é dotado de uma tipologia bastante diferente dos tradicionais "grays", os principais suspeitos de serem os tais "mineradores" da lua. E ao que parece, além deles outras estranhas criaturas percorreriam o solo lunar. Algo impossível? Não; Nada é mesmo impossível!

 

Seres estranhos no solo da Lua. Haveria, então, alguma novidade nisso? Claro que não! E quem sabe muitos e quantos deles já estiveram por lá? Claro que sim! Repare bem nessa muito "inocente" foto da NASA de uma missão Apollo, mostrando um dos seus astronautas explorando uma curiosa formação rochosa lunar. Consegue localizar DUAS muito reveladoras e expressivas "curiosidades" nela?.....

 

..... Acreditamos que sim. Mas, se por acaso nada visualizou, não tem problema algum: vamos ampliar os insólitos detalhes para você. Em primeiro lugar, repare que, logo acima do astronauta, a tal "rocha" parece ter dois olhos e uma enorme boca - possivelmente os restos de um antigo monumento alienígena. Em segundo lugar, algo ainda mais evidente: repare na extremidade direita e conseguirá ver o nítido perfil de um rosto! Mas, um rosto de QUEM exatamente?

 

Alguma dúvida? Veja, então, em maior aproximação. E parece até mesmo usar um toucado, não? Chocante, absolutamente chocante!.......

 

...... Porém lógico, extremamente lógico! Perfis rochosos muito antigos e desconhecidos, os quais, por sinal, estão até mesmo espalhados em profusão pelo nosso próprio planeta! Acima, vemos um deles situado em Red River, EUA. Meras coincidências? Não; nossa experiência nos revela que coincidências simplesmente não existem e que há, certamente, um elo bastante comum em tudo isso.

 

A presença alienígena no nosso Sistema Solar, aliás, já é mesmo detectada há bastante tempo - na verdade desde os remotos tempos pré-históricos. E a nossa Terra não deixa de ter inúmeras e conclusivas evidências a esse respeito, pois desde aqueles mais remotos tempos, o homem dito primitivo já retratava nos seus trabalhos artísticos essas singulares visitas. Acima, vemos pinturas rupestres situadas em Kimberley, Austrália - um dos lugares do nosso planeta onde essas visitas são mostradas através de uma profusão das mais sugestivas imagens. Note-se os objetos voadores parecidos com foguetes chegando do céu. (FOTO: Ludo Kuipers, imagem gentilmente pesquisada e cedida pelo nosso estimado visitante, Luis Esteves, Portugal)

 

Aqui, por exemplo, vemos o que seria a antiga presença de dois UFOs nos céus. (FOTO: Ludo Kuipers, imagem gentilmente pesquisada e cedida pelo nosso estimado visitante, Luis Esteves, Portugal)

 

E nessa outra imagem, a representação de uma estranha criatura que parece usar uma espécie de uniforme de astronauta! (FOTO: Ludo Kuipers, imagem gentilmente pesquisada e cedida pelo nosso estimado visitante, Luis Esteves, Portugal)

 

E não eram mesmo brilhantes os antigos artistas que habitaram o território australiano? Dentro da sua reduzida capacidade de compreensão diante da inusitada presença de seres estranhos ao seu ambiente próximo, como também de avançadas formas de tecnologia, situadas para muito além do seu tempo, até que eles não se saíram muito mal para retratarem realidades que hoje lamentavelmente muitos se recusam a ver. (FOTO: Ludo Kuipers, imagem gentilmente pesquisada e cedida pelo nosso estimado visitante, Luis Esteves, Portugal)

 

Mas, apesar de toda a censura oficial, alguns possuem a necessária coragem para falar. Edgard Mitchell, antigo Astronauta que deixou a NASA em 1970, muito embora reticente quanto à presença de entidades alienígenas e suas estruturas no solo lunar, afirmou estar plenamente convicto que seres alienígenas JÁ VISITARAM A TERRA, e que, quanto aos UFOs - "Tudo sugere que seres humanóides manejam espaçonaves cujas características não estão presentes e qualquer arsenal das nações terrestres e que isso é alarmante". Além disso, Mitchell lidera uma campanha de modo a forçar Washington a reconhecer a existência de vida além dos nossos céus....

 

..... O que, por sinal, já é mesmo do conhecimento de grande parte da população mundial! Mais de 100 (CEM!) UFOs em formação avistados, filmados e fotografados em 2007 por inúmeras testemunhas por durante meia hora no céu de Warwickshire, Stratford-Upon-Avon - conforme noticiado pelo conceituado jornal britânico Daily Mail (foto). Como, então, ignorar ou pretender esconder coisas tão gritantes quanto essas?

 

Não; não dá mais para fingir que nada está acontecendo. Tanto nos longínquos corpos do nosso Sistema Solar, quanto aqui mesmo ao nosso próprio redor, há marcas, monumentos e sinais - segredos que não mais podem ser guardados, velados, ou simplesmente ignorados. (FOTO: © M&Y, gentilmente pesquisada e cedida pelo nosso estimado visitante, Luis Esteves, Portugal)

 

High Security Level.... Nível de Alta Segurança, claro. Tudo isso para esconder segredos muito antigos que ainda hoje insistem em nos espreitar. Mas, quem, afinal de contas, não guarda os seus próprios segredos? Porém, e isso é mais do que certo, não é mesmo verdade que existem alguns que têm muitos, muitos segredos ciosamente guardados? E quem conseguirá enganar aos seus próprios segredos? E até que ponto pode-se guardar segredos quando eles teimosamente insistem em se revelar - precisamente quando, ultrapassando as barreiras mais íntimas e mais profundas do silêncio, verdadeiramente se erguem, verdadeiramente gritam?

 

Próxima Página

Página Anterior

The Pit - DOOM2 music