Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

GRITOS DE LIBERDADE

"Nosso melhores sábios dizem que deve haver vida inteligente na galáxia. Eu sempre pensei que se pretenda procurar inteligências é preciso fazê-lo aqui em Washington. Mas isso é difícil de encontrar. Quem sabe até mais difícil que fora do nosso Sistema Solar"

(Do polêmico Senador norte-americano William Proximire, em 1986)

 

Los Tayos, o misterioso complexo escavado no interior de altas montanhas na região situada entre o Equador e a fronteira com o Peru, representa um dos maiores enigmas arqueológicos do mundo. Inegavelmente obra de uma desconhecida civilização, essa imensa estrutura artificial ostentava no seu interior uma verdadeira biblioteca metálica, relatando os desconhecidos registros dessa antiga cultura, os quais, em última análise, igualmente representam os desconhecidos registros da própria história deste nosso planeta!

 

Essa profusão de placas metálicas cuja idade remonta há cerca de 250 mil anos, nos mostra os indícios e as assombrosas evidências de uma cultura altamente tecnológica e evoluída, possivelmente de origem extraterrena.

 

Uma cultura que, diga-se de passagem, conhecia as pirâmides e também praticava a religião Solar - o que parece ser uma constante nas civilizações extraterrenas mais espiritualmente avançadas! Por outro lado, é digna de nota nessas imagens as presenças de um alfabeto desconhecido, como também a do elefante - um animal desde muito inexistente na América do Sul e cujos ancestrais somente a habitaram há muitos milhares, ou talvez milhões, de anos atrás, o que vem a indicar que essa perdida cultura e esses extintos animais foram.... Contemporâneos!

 

E examinando-se essa área através das imagens por satélite do excelente Google Earth, veremos que nas proximidades de Los Tayos existe uma curiosa escultura voltada para o espaço, uma espécie de rosto bem visível quase na parte central inferior da imagem...... (FOTO: © TerraMetrics/Google)

 

..... Aqui vista em maior aproximação. Uma espécie de mensagem tipicamente "marciana", de certa forma relembrando o estranho rosto de Cydonia, a imensa escultura presente no solo daquele longínquo planeta! (FOTO: © TerraMetrics/Google)

 

E muito embora tal bizarra imagem pareça nas imagens do satélite ter sido formada pela presença de nuvens sobre o local, a realidade é bem outra: no negativo, à direita, podemos constatar que enormes blocos rochosos, por sinal distoantes da paisagem circundante, foram propositadamente trabalhados e dispostos de modo a formar uma imagem tridimensional somente visível e perfeitamente discernível desde o espaço exterior!

 

Aliás, por toda a América do Sul iremos encontrar os traços dessa desconhecida cultura, assim como podemos ver, acima, em uma curiosa imagem gravada nas rochas de El Fuerte, na Bolívia, onde, naquilo que parece ser a representação de uma pirâmide, ou quem sabe um UFO, encontramos no seu interior a nítida imagem de um alien.

 

A presença de antigos colonizadores, ou iniciadores, da humanidade terrestre não pode mesmo ser negada. Há muitos milênios a Terra tem sido visitada por seres de outros mundos que aqui deixaram as suas marcas e também as heranças da sua cultura. Na foto acima, vemos uma recente descoberta arqueológica efetuada no Vale de Casma - no deserto peruano - pelas equipes conjuntas das Pontificia Universidad Catolica del Peru e da University of Leicester, denominada "As 13 Torres de Chankillo". Trata-se de um monumento denotando um culto de natureza solar que ANTECEDE À CIVILIZAÇÃO INCAICA EM MAIS DE 2 MIL ANOS! Em outras palavras, uma desconhecida civilização que ali demarcou com extrema precisão através do extremamente preciso alinhamento das suas treze torres um fantástico calendário solar. (FOTO: Ivan Ghezzi)

 

Porém, não somente na América do Sul como também em quase todos os quadrantes do nosso planeta, as provas quanto a uma antiga conexão entre a Terra e seres advindos de outros mundos do espaço sideral a cada dia que passa tornam-se mais evidentes e mais conclusivas. Acima, vemos Thornborough Henges, North Yorkshire, Inglaterra. Este misterioso e além de tudo imenso monumento, gravado e moldado no solo cuja idade remonta há mais de 5 mil anos, foi objeto de profundos estudos por parte da Newcastle University tendo os seus cientistas chegado às mais espantosas conclusões a seu respeito. A principal delas é que, à semelhança das três Grandes Pirâmides de Gizé, no EGITO, estudos computadorizados revelaram que os três enormes círculos interligados do complexo neolítico de Thornborough igualmente FORAM ALINHADOS DE ACORDO COM A DISPOSIÇÃO DO CINTURÃO DA CONSTELAÇÃO DE ÓRION! Em outras palavras, tanto no Egito como ali, quem idealizou isso podia viajar pelo espaço sideral e, por conseguinte, conhecia o exato posicionamento das suas constelações!

 

Nada demais nisso! Da Rússia nos chega a notícia de que seus cientistas, liderados pelo Dr. Gleb Bokiy e Felix Dzerzhinsky do Comissariado para Assuntos Internos, estão planejando uma expedição a certos túneis e galerias muito antigos escavados sob a superficíe da Terra, ainda HABITADOS POR UMA MISTERIOSA RAÇA! Seguindo as pistas deixadas pelo Terceiro Reich da Alemanha nazista, quando Adolf Hitler ordenou expedições da Wafen SS a manterem, especialmente no Tibet e nos Himalaias, contato com essa raça de modo a obterem certos poderes, além de alta tecnologia para vencer a Segunda Guerra Mundial (1939/1945), os cientistas russos de fato já detectaram a existência de tais misteriosos complexos subterrâneos espalhados pelo nosso planeta. E segundo esses cientistas russos, neles habitam criaturas dotados de poderes sobrehumanos! Vladimir Khlopkov, Presidente da Associação Russa de Engenharia Bilocacional, está não somente certo da existência dessa raça, como também mantém há cerca de 10 anos pesquisas científicas que permitiram concluir a ORIGEM EXTRATERRENA DESSAS DESCONHECIDAS CRIATURAS, cujos traços de intelecto foram detectados a profundidades que chegam a atingir 200 quilômetros sob a superfície! (FOTO: PRAVDA)

 

Portanto, a conexão entre a Terra e o espaço sideral jamais deixou de ser mantida. Desde os primórdios do nosso planeta e através de longas eras, máquinas misteriosas percorrem os céus com desconhecidos interesses. E por vezes, já nos tempos modernos, o fazem de maneira ostensiva e desafiadora, assim como aconteceu no distante ano de 1952 quando uma verdadeira esquadrilha delas sobrevoou por várias vezes o Capitólio - uma das sedes do Governo Americano! Apesar de intensamente testemunhados, fotografados e caçados sem sucesso por aviões da Força Aérea Americana, ainda continuam oficialmente negando a existência dos UFOs.... Muito embora SAIBAM, MAS ESCONDAM, que eles são - de fato e inegavelmente - REAIS!

 

E essa presença continua ativa, como sempre não respeitando fronteiras ou barreiras. Aqui, em 2007, um deles sobrevoava sem a menor cerimônia a região de Phoenix, no Deserto do Arizona.....

 

..... E não se tratava de ilusão de ótica, nuvem, ou sequer um outro fenômeno atmosférico qualquer. Estudos computadorizados revelaram que se tratava mesmo de uma máquina voadora desconhecida - em outras palavras, e para sermos claros e diretos, um UFO! E a conclusão lógica a que se chega é que: se essas "visitas" são efetuadas desde um longo período de tempo, na verdade desde tempos imemoriais, não são visitas meramente turísticas ou exploratórias. ELES, OS SEUS MISTERIOSOS TRIPULANTES, DEVEM MANTER ALGUMA COISA NESTE NOSSO PLANETA!

 

Uma presença inquietante, sempre furtiva e por vezes muito bem camuflada. Vindos sabe-se lá de onde, uma poderosa forma de tecnologia que desafia tempo, espaço e dimensões.....

 

..... Permite que literalmente esses misteriosos vetores se materializem à vontade na nossa atmosfera!

 

"Toda a França Pergunta: Onde está a verdade? Um Disco Voador pousa em um jardim em Bergerac" - estampa essa antiga manchete de um jornal francês. Os UFOs (e as conseqüentes visitas dos seus enigmáticos tripulantes) estão mesmo presentes neste nosso mundo desde um muito longo período de tempo. E somente não admitem tal fato aqueles dotados de ignorância, má fé ou ainda de obscuros interesses. Todos os países do globo têm sido afetados por essas aparições, constantemente negadas e ridicularizadas não somente pelos céticos como também pelos meios oficiais de certas grandes potências mundiais, as quais têm um estranho (porém "muito compreensível") interesse no sentido de abafar essa gritante realidade.

 

A Fança, por exemplo, é um país assolado pela presença dos UFOs! Desde muito tempo o Governo daquele país tem acumulado provas, testemunhos e demais evidências que comprovam a realidade dessas enigmáticas máquinas voadoras de procedência desconhecida no seu espaço aéreo. A imagem acima foi tomada em Rouen há algumas décadas e nos mostra nitidamente o claros e inegáveis contornos de um UFO! Não há mesmo como se negar imagens tão claras quanto essas!

 

Além disso, a Imprensa Francesa também não se curva a certas regras e imposições ditadas pelos "donos do mundo", estas existentes em alguns países subservientes, as quais impedem a divulgação da presença dos UFOs em livros, jornais, revistas, TV, na própria Internet e nos meios de comunicação em geral. E agora, precisamente no ano 2007, nos chega uma notícia maravilhosa partindo daquele importante país europeu: a Agência Espacial da França finalmente abriu ao público os seus arquivos secretos sobre UFOs , lançando um website com documentos que notificam suas aparições nos últimos 50 anos - o que, tacitamente, VEM A RECONHECER A EXISTÊNCIA DELES! A França, por sinal, é o primeiro país a abrir totalmente os seus arquivos sobre UFOs para o público, representados por cerca de 10 mil documentos, inclusive fotografias, boletins de ocorrências e vídeos enviados por testemunhas! Mas o número de pessoas interessadas em visitar tal Site foi tão grande que tornou-se impossível acessá-lo. O que prova o fato de que a maioria da população mundial já não é mais tola e que, muito principalmente, não mais se deixa enganar com meias-verdades, hipocrisias e as vergonhosas políticas de descrédito e ocultamentos. Outros países já seguem o mesmo caminho da França: México, Rússia, Canadá, e aos poucos a Inglaterra, já admitem a realidade dos UFOs e levam esse importante conhecimento ao grande público - uma verdade que muito lamentavelmente tem sido mantida secreta desde um longo e tenebroso tempo. São gritos de liberdade, exemplos corajosos que, sem qualquer dúvida, devem ser seguidos. Mas, em contrapartida.....

 

..... Na foto você vê Gary McKinnon, 40 anos de idade, preso em 2002 pela "Unidade Contra Crimes de Alta Tecnologia do Reino Unido", sob a acusação ter invadido os Sistemas da NASA e a própria Rede do Sistema Militar dos EUA! E agora, a administração de George Bush quer colocá-lo sob averiguação e, se verificada a invasão, penalizá-lo de modo a pegar mais de 60 anos atrás das grades! Mas qual o crime - além do qual foi acusado - que causa tanta preocupação e furor assim ao Governo Americano? Ele, Gary, diz que passou dois anos procurando por evidências fotográficas de NAVES E TECNOLOGIAS AVANÇADAS DE ENERGIA ALIENÍGENAS. Após acusado de ter invadido os Sites da Nasa - onde, aliás, declarou ter, de fato, encontrado imagens que pareciam ESPAÇONAVES EXTRATERRESTRES – o britânico, também proibido de usar a Internet, ainda enfrentou uma extradição de sua residência em Londres para os Estados Unidos! E se confirmado, McKinnon deve receber um termo de prisão de 70 anos, acrescido de uma pesada multa de até 2 Milhões de Dólares! Contudo, corajosamente, não se intimidou: - “Eu soube que os governos suprimiram tecnologias antigravidade, tecnologias relacionadas com UFOs, energia grátis ou o que chamam de "Energia ponto-zero". Isto não deve ser mantido escondido do público enquanto idosos aposentados não podem pagar sua fatura de combustível”. McKinnon declarou à publicação Wired Magazine que encontrou um “livro com 400 testemunhos confiáveis, desde controladores de tráfego aéreo, até pessoal responsável pelo lançamento de mísseis nucleares. Tais testemunhos falam sobre a ENGENHARIA REVERSA REALIZADA A PARTIR DE TECNOLOGIA ENCONTRADA EM NAVES ALIENÍGENAS, capturadas ou destruídas! Além disso, McKinnon também explicitamente declarou à Wired Magazine: - “uma perita fotográfica da NASA disse que havia um "Edifício 8" no Centro Espacial Johnson onde regularmente são retocadas imagens de UFOs , retirando-as das transmissões do satélite de alta-resolução. Eu entrei no sistema da NASA e pude acessar este departamento. Eles têm imagens enormes, em alta-resolução armazenadas em seus arquivos de imagens. Eles as têm filtradas e não filtradas, ou arquivos processados e não-processados. Minha conexão dial-up de 56K era muito lenta para baixar um daqueles arquivos de imagem. Mas ao mesmo tempo, eu tinha o acesso remoto do desktop deles, e ajustando-o para cor em 4-bit e para baixa resolução de tela, eu podia ver momentaneamente uma dessas fotos. Era um objeto prateado, em forma de charuto com esferas geodésicas nas extremidades. Não havia nenhuma emenda ou rebite visível. Não havia nenhuma referência ao tamanho do objeto e a imagem foi feita presumivelmente por um satélite que estava observando de cima para baixo. O objeto não parecia sintético ou qualquer coisa que tenhamos criado. Devido eu estar usando uma aplicação Java, eu conseguia apenas copiar da tela com a imagem – ela não foi baixada para meus "Arquivos Temporários" da Internet. Em um momento culminante, alguém na NASA descobriu o que eu fazia e fui desconectado. Eu também tive acesso a planilhas Excel. Um delas estava nomeada como "Oficiais Não-Terráqueos". Ela continha nomes e patentes de pessoal da Força Aérea de Estados Unidos que não estão registrados em lugar algum. Também continha a informação sobre transferências de pessoal entre navios, mas eu nunca vi os nomes destes navios em lugar algum". Pois é, Prezado Visitante: diante disso, precisamos dizer mais alguma coisa nesta nossa página?

 

Próxima Página

Página Anterior

Age of Empires