Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

DEEP BLUE!

"Que é o martelo? Que é a corrente? Em que fornalha estava teu cérebro? Que é a bigorna? Que mão terrível ousará manipular teus terrores mortais?"

(William Blaker - The Tiger)

 

As profundezas azuis, o maravilhoso e inexplorado reino tão próximo de nós e no entanto tão distante da nossa compreensão quando se trata de mistérios! Seriam as antigas lendas "meras lendas" mesmo? Navios fantasmas; monstros marinhos; sereias; e outros tantos enigmas são desde os velhos tempos das primeiras navegações alguns seres e circunstâncias temidos e relatados por todos aqueles que ousadamente percorrem essa vastidão azul e desconhecida.

 

O misterioso mar, certamente uma das últimas fronteiras desconhecidas do homem, ocupa dois terços da superfície do planeta, o que nos levaria a classificar o nosso globo como um verdadeiro e maravilhoso "Planeta Água". Contudo, ele ciosamente oculta nas suas profundezas inúmeros e estonteantes mistérios, alguns deles até intimamente relacionados com bizarras distorções o espaço e do próprio tempo. É, por exemplo, o que costuma acontecer no famigerado Triângulo das Bermudas, onde desde os tempos conhecidos navios, aviões e seres humanos desaparecem para sempre sem deixar quaisquer vestígios! Os chamados navios fantasmas, há muito considerados como simples lendas ou superstições de fato existem - e, o pior de tudo - o que adensa ainda mais o mistério - não se sabe o quê são, de onde e de QUANDO vêm. Na foto você vê uma fantasmagórica e bem recente aparição, muito real e concreta: em agosto de 2006, um navio extraordinariamente antigo, a aparentemente advindo dos tempos das grandes navegações - isto é, muitos séculos atrás e além de tudo desconhecido (foto) - deu à praia na costa da Itália nas proximidades de Porto Rotondo..... Sem qualquer nome ou bandeira que pudessem identificá-lo, como também sem quaisquer sinais de vida. As autoridades da Guarda Costeira Italiana ao vasculharem as suas dependências, encontraram apenas antigos mapas do Atlântico e um tablete de madeira contendo o nome "Bel Amica" , possivelmente o nome da embarcação que, por sinal, não consta registrada em quaisquer capitanias dos portos do planeta. Os exames técnicos revelaram realmente se tratar de um navio muito antigo, embora espantosamente muito bem conservado - como se repentinamente e há muitos séculos atrás tivesse sido sugado em um vórtice dimensional qualquer e viajado no tempo até o nosso Século XXI! (FOTO: PRAVDA)

 

Sim, há coisas muito estranhas, bizarras, no misterioso mar. Nesse particular, vale rever essa foto que nos mostra a carcaça de um misterioso animal - classificado como uma das lendárias serpentes marinhas - que foi capturada há algumas décadas pelas redes de um navio pesqueiro japonês nas águas do Oceano Pacífico. Certamente deve se tratar de um desconhecido habitante das profundezas abissais e muito possivelmente um remanescente dos antigos monstros pré-históricos os quais são julgados "extintos". (FOTO: Yano Michihiko)

 

Em complemento, e assim como já vimos em páginas anteriores (e não custa relembrar), o violento Tsunami também levou às praias dos diversos países afetados certas coisas bastante estranhas arrancadas das profundezas oceânicas - como, por exemplo, alguns estranhos monumentos! (FOTO: AP)

 

Não se sabe exatamente o quê significariam essas coisas, porém uma coisa era certa: tratava-se de trabalhos elaborados por seres inteligentes de um passado muito remoto, restos que atualmente dormiam intocados nos fundos dos oceanos, representando estilos arquitetônicos totalmente não identificados.

 

Da mesma forma, alguns monumentos quase que inteiros foram trazidos pela violência das águas. Um deles visto na foto acima até lembraria a forma piramidal! Porém, as estonteantes surpresas trazidas pelo Tsunami não se resumiriam apenas a isso.....

 

..... Provando que jamais devemos sorrir ou sequer duvidar diante de fatos como esses, pois aquele terrível Tsunami que em 2004 assolou os países banhados pelo Oceano Índico nos forneceu evidências impressionantes dos intrigantes e desconhecidos mistérios que o mar encerra. A fúria inusitada das águas deixou nas mais diversas praias certas outras coisas muito além da imaginação mais ousada. Na foto, você vê parte de um vídeo da TV Indiana, no qual uma equipe da emissora apresenta aos atônitos telespectadores a imensa carcaça de um estranho monstro marinho desconhecido, que pode ser vista ao fundo!

 

Aqui, o mesmo vídeo nos mostra uma garra colossal possivelmente tendo pertencido a um inusitado animal marinho não identificado.....

 

..... Como também estranhos e além de tudo enormes esqueletos de bizarras criaturas - assim como esse, dotados de uma tipologia quase que humana! Seria um outro animal desconhecido.... Ou quem sabe um ser inteligente habitante das profundezas do mar?

 

Porém, de tudo aquilo extraordinariamente intrigante deixado pelo Tsunami, NADA se compararia a ISSO! (FOTO: Caningrubum.com)

 

Consta que essas fotos teriam sido "contrabandeadas" diretamente de um tal International Institute of Biological Discoveries (Instituto Internacional de Descobertas Biológicas), órgão afeto à ONU, o qual teria descoberto e levado para estudos esse misterioso cadáver trazido pelas águas do Tsunami. (FOTO: Caningrubum.com)

 

E também, segundo consta, existem no momento equipes da ONU e até mesmo da própria NASA tentando identificar a origem deste ser! (FOTO: Caningrubum.com)

 

Uma coisa, porém, é certa: assim como as imagens nos mostram, trata-se de uma criatura - evidentemente marinha - porém METADE HOMEM, METADE PEIXE!!! Note-se os detalhes dos braços, das costelas e também da coluna vertebral. (FOTO: Caningrubum.com)

 

Verdadeiramente impressionante é também o detalhe das mãos da criatura: cinco dedos, tal como os nossos, porém interligados por uma membrana! (sobre FOTO: Caningrubum.com)

 

Na imagem rotacionada o estranho rosto daquele ser. Os especialistas pretendem provar que não se trataria de uma espécie alienígena, advinda do espaço exterior, mas, muito possivelmente, uma evolução do ser humano que há muitos milhões de anos teria sido originário das águas dos mares. Nada impossível, uma vez que desde aqueles tempos muitas outras criaturas marinhas teriam se adaptado através das eras, sobrevivendo até os dias atuais - como, por exemplo, é o caso do Celacanto, das tartarugas aquáticas e dos vorazes tubarões. (FOTO: Caningrubum.com)

 

Aqui, novamente o estranho rosto da criatura por nós colocado em negativo para melhor visualização dos seus intrigantes detalhes. Os olhos não são laterais, tais como os dos peixes, o que sugere uma visão binocular do tipo "humana". Há uma narina incipiente e, na falta dos dentes, membranas justapostas destinadas a deglutir e absorver os seus alimentos - exatamente idêntica àquelas existentes em outros espécimes mamíferos marinhos!

 

Na foto, detalhe da "pele" da inusitada criatura - tipicamente pertencente à espécie dos peixes, porém não se trata de um simples peixe! (FOTO: Caningrubum.com)

 

Aqui, também vemos na extremidade da tal criatura a mesma espécie de "leme" existente nas caudas dos peixes! Os especialistas trabalham com a teoria de que essa criatura tenha sido tragada desde uma fenda aberta pelo tremor originário do Tsunami nas profundezas do oceano, medindo cerca de 40 por 40 metros, através de um quadrado estranho e além de tudo milimetricamente perfeito...... O qual JAMAIS poderia ter se tratado de um mero processo natural! A localização de tal estranho "buraco oceânico" é mantida sob total sigilo, porém escapou a informação de que de lá sairia, bem no fundo do mar, uma forte corrente de água doce. Por outro lado, existe também no local uma estranha aberração magnética, fazendo com que nada menos que SEIS sondas lá colocadas no ano de 2005 através de um navio sobre ela atracado, inexplicavelmente deixassem de emitir seus sinais e se perdessem! Fantástico? Sim, é apenas o mínimo que se poderia dizer sobre tudo isso! (FOTO: Caningrubum.com)

 

Seria, talvez e assim como acreditam os cientistas, um ser intermediário entre o homem e o peixe, sobrevivente de um passado terrestre muito remoto e ainda habitando as profundezas muito misteriosas do mar? Quem sabe? Tudo mesmo é possível. Torna-se, na verdade, muito tênue a linha que nos separa de outros (ainda) desconhecidos horizontes: da vida e da morte; do passado e do presente; do real e do surreal; e assim por diante. O que vimos nas fotos anteriores talvez já não mais faça sorrir os céticos quando se depararem com os relatos dos antigos navegadores dando conta dos seus estranhos encontros com certas enigmáticas criaturas marinhas - criaturas enigmáticas que talvez não tenham sido tão românticas e nem tão belas como costumeiramente possamos acreditar.

 

 

Próxima Página

Página Anterior

Alieninc