Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

ACHADOS IMPERDÍVEIS

"Iniciado nas ciências chamadas malditas, Gérard de Nerval sabia que super-civilização, originária do Cosmos, havia, na aurora do mundo, implantado suas estruturas em nosso planeta. Esta civilização desapareceu num cataclismo gigantesco, mas seus vestígios nos oferecem, hoje, muitos segredos que nos foram voluntariamente ocultos"

(Guy Tarade - Civilizações Extraterrestres)

 

Todo órgão público, assim como muitas empresas, oferecem ao seus clientes uma seção de "Achados e Perdidos". Bem ao contrário deles, nós também temos a nossa, elaborada, porém, mediante certos "achados" que podem ser considerados imperdíveis. Esta é uma foto tomada pelo módulo de exploração marciana da ESA - Agência Espacial Européia. Aqui vemos uma pequena porção do Valle Marineris, a região mais devastada de Marte, situada na sua zona equatorial. Possivelmente a tragédia que drenou toda a atmosfera do planeta em tempos muito remotos tenha tido o seu epicentro exatamente nessa região. Há um colossal rasgo no planeta, parecendo ter sido obra do choque de um imenso meteoro com a sua superfície.... Ou então uma explosão nuclear - em outras palavras, uma guerra!

 

A foto anterior, porém, ostenta algumas nuances muito reveladoras. Se ampliarmos os seus detalhes e os realçarmos, eis que veremos os restos de ANTIGAS EDIFICAÇÕES na intrigante região de Valle Marineris!

 

Agora repare com bastante atenção nessa foto tomada pela sonda Mars Global Surveyor. Vemos algo que parece ter sido uma muito antiga e enorme edificação, a qual de certo modo lembra a letra "H", certo?.....

 

.... Certo! Uma vez que o detalhe ampliado da aparência com a letra "H" não representa muita importância uma vez que ele até mesmo nos mostra as ruínas de uma imensa escadaria - nitidamente artificial!

 

Pudera! Os cientistas das nossa Agências Espaciais SABEM que existiu outrora em Marte uma prodigiosa civilização. E que algumas poucas criaturas não-humanas que habitavam o planeta conseguiram sobreviver à catástrofe precisamente no seu subsolo, ainda hoje rico em água. E, mais ainda, que algumas delas por vezes vêm à superfície! Sabem mas insistem em esconder. Por isso mesmo, embora muito discretamente, os módulos pousados no solo de Marte sempre nos apresentam alguns estranhos vestígios dessa velha civilização. Muitos deles "premiados". Na foto acima, gentilmente enviada por um dos nossos estimados visitantes, vemos uma estranha "rocha" no solo marciano que mais se assemelha a um fóssil ou, quem sabe, os restos do rosto de uma velha estátua! Fotios, o nosso visitante e amigo, porém, enxergou muito mais longe do que isso: chamou a nossa atenção para duas coisas muito bizarras que estão precisamente SOBRE a tal bizarra "rocha". Observe com atenção a sua superfície.....

 

..... E comprove aquilo que parece ser dois estranhos animais - bem semelhantes a pequenos répteis - subindo na tal marotíssima "rocha" que, por sinal, ostenta olhos, nariz e boca bem evidentes!

 

E por falar em "rochas" marcianas muito marotas, que tal essa outra - a qual, além da sua coloração muito estranha, parece ter até as suas garras - tal como os nossos caranguejos? E será que isso era mesmo uma "rocha"?

 

Bizarro, não? Há, contudo, não só em Marte como aqui bem perto de nós, coisas ainda muito mais bizarras do que isso. Exemplos são o que não faltam! Vamos supor agora, Prezado visitante, que você fosse um astronauta e estivesse se aproximando do nosso planeta a bordo da sua nave. Eis uma das estranhas visões que você teria logo ao chegar ao nosso mundo..... * (FOTO: © Google)

 

Pois é! Não pode mesmo se tratar de um mero acaso. Ao que tudo indica, TODOS os continentes da Terra foram moldados sob estranhas formas e isso mediante estranhas imagens. COMO, POR QUE e QUEM fez isso? Não se sabe! * (FOTO: © Google)

 

E as "coincidências" não param por aí e se espalham por todos os lados. Preste bastante atenção nessa outra imagem tomada por satélite e tente descobrir coisas bem sutis em meio à paisagem do nosso mundo visto do espaço sideral...... * (FOTO: © MDA EarthSat/Google)

 

Comece, então, pela extremidade esquerda da imagem. Bem ao centro, você poderá distinguir a imensa "escultura" daquilo que parece ser uma "criança". * (sobre FOTO: © MDA EarthSat/Google)

 

Comprove nos detalhe devidamente ampliado e também através do seu negativo. Não há o que discutir! * (sobre FOTO: © MDA EarthSat/Google)

 

Siga o olhar agora para a extremidade direita da antepenúltima foto. E que tal isso? Não nos faria de certo modo lembrar a imensa imagem vista em outra região e mostrada logo no início desta página? * (FOTO: © MDA EarthSat/Google)

 

Bizarro, bizarro! Veja agora isso! Não se pode culpar a Natureza por tais inusitados caprichos. Em todas as fantásticas imagens os detalhes são bem marcantes: olhos, línguas, crânios e etc. - tudo elaborado mediante uma absoluta perfeição de detalhes! * (FOTO: © MDA EarthSat/Navteq/Google)

 

E se acompanharmos a imagem do satélite para um pouco mais à esquerda da tal figura acima, eis o que encontramos: a nítida imagem de um dragão!..... (sobre FOTO: © MDA EarthSat/Navteq/Google)

 

..... Vamos rotacionar a imagem e comprovar que é tudo muito perfeito! Corpo, corcova, olho, focinho......! (sobre FOTO: © MDA EarthSat/Navteq/Google)

 

E ainda tem mais! Parece que até mesmo os formatos dos nosso lagos foram, digamos assim, propositadamente "moldados" de modo a representar as mais estranhas criaturas - criaturas muito estranhas e além de tudo inexistentes na Terra! * (FOTO: © MDA EarthSat/Google)

* Todas as imagens assinaladas, especial cortesia do nosso estimado visitante Valker Renato

 

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA VER MAIS FOTOS

 

Próxima Página

Página Anterior

DOOM2 music