Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

ARQUEOLOGIA PROIBIDA

"Quanto ao que viste, o ferro misturado com argila úmida, virão a estar misturados com a descendência da humanidade; porém, não mostrarão estar apegados um ao outro, do mesmo modo como ferro não se mistura com a argila modelada"

(Daniel - Cap. 2, Vs. 43)

 

Acima, você vê precisamente a foto NASA-JPL-MSS, classificada sob número MGS-MOC E-1401276, tomada sobre a borda esquerda do pólo Sul do planeta Marte e mostrando algo que foi denominado "Um anel anômalo da superfície marciana". E bota anômalo nisso, diríamos! Preste bastante atenção à imagem. O quê mais chamaria a sua atenção nela?.....

 

...... Evidentemente que essa colossal estrutura ARTIFICIAL sob a forma de domo. E até se pode notar uma abertura na sua lateral direita! Dispensando, portanto, maiores comentários, de tão eloqüente a surpreendente imagem fala por si!

 

E agora VEJA ISSO! Trata-se de uma pedra semipreciosa que foi encontrada quebrada em duas partes, medindo na sua totalidade um pouco mais de 3 polegadas. Mas há qualquer coisa bizarra no seu interior......

 

....... Vamos juntar as duas partes para vê-la melhor? Nada menos que os restos fossilizados de uma inusitada criatura que jamais pertenceu a este mundo! E essa "coisa" esteve encerrada na pedra desde milhões de anos atrás, exatamente o tempo em que o carbono leva para se transformar nesse tipo de mineral! E não há qualquer fraude - aliás nem poderia! Certamente que essas duas partes são apenas os fragmentos de uma peça muito maior que se perdeu com o tempo, na qual esteve envolvido TODO o corpo da bizarra criatura - possivelmente vítima de um milenar acidente neste planeta.

 

E agora colocamos essa surpreendente imagem em negativo! Não resta a menor dúvida: podemos até notar as mãos da criatura e inclusive um detalhe bem mais notável, provando que não se tratava de um animal.... Ela usava uma espécie de roupa!

 

Terra, planeta sem qualquer dúvida muito misterioso! E há profundos mistérios, além de inúmeros segredos na sua Arqueologia. O mapa acima nos mostra as Ilhas Baleares, situadas no Mar Mediterrâneo - território espanhol. A partir de agora, uma delas vai nos interessar muito particularmente: precisamente aquela cujo nome é MINORCA, ou ainda MENORCA. Vamos ver então o quê exatamente há de tão especial nela, e o quê os livros convencionais de Arqueologia e História não nos mostram?

 

Exatamente ISSO! Os vestígios de uma antiqüíssima e além de tudo desconhecida civilização, espalhados por todos os lados daquela misteriosa ilha!

 

Uma civilização que - tal como outros vestígios semelhantes, existentes em quase todo o nosso planeta - manipulava pedras imensas com a maior desenvoltura, denotando ter sido detentora de um altíssimo grau de evolução e tecnologia! Na foto, as curiosas edificações chamadas TAULAS. Há outras também sob a forma de grandes embarcações, denominadas pela população NAVETAS. (FOTO: Stefan Byfield)

 

As marcas mais notáveis dessas velhíssimas ruínas são os chamados TALAYOTS, como também os seus congêneres TAULAS - estruturas sob a forma da letra "T", cujo propósito permanece como um denso mistério, muito semelhantes às de Stonehenge, na Inglaterra. Possivelmente tendo sido originária da Idade do Bronze, justamente por isso essa perdida cultura recebeu o nome de "Civilização Talaiótica". Você, por acaso, já tinha ouvido falar dela?

 

Certamente não! Mas os restos dessas antigas cidades e fortificações, cuja idade remonta há milhares de anos - e que podem ser considerados um verdadeiro museu a céu aberto - causam espanto aos turistas e atestam que Minorca, em tempos muito remotos e esquecidos (e em plena pré-história), abrigou, de fato, uma avançada cultura! (FOTO: Stefan Byfield)

 

Uma cultura que - TAMBÉM e à semelhança dos demais intrigantes quebra-cabeças espalhados pelo globo - manipulava montanhas inteiras produzindo as suas imensas esculturas - já bastante desgastadas pelo decorrer das idades, porém ainda espantosa e muito claramente discerníveis! Há inclusive uma gigantesca estátua rochosa incrivelmente semelhante ao deus egípcio Imoteph! E onde se lê "Antigo Egito", podemos sem qualquer medo de errar pensar em uma OUTRA coisa: - seria Minorca mais um elo com a perdida Atlântida?

 

Aqui, um colossal lagarto de pedra, como se fora um atemorizante guardião, volta-se para a vastidão do mar desde tempos imemoriais.

 

E aqui, o estranho perfil rochoso retrata um outro desconhecido personagem. Assim como o lagarto da foto anterior, o estilo dessas esculturas os fazem um pouco semelhante às edificações MAIAS e ASTECAS - por sua vez situadas no outro lado do oceano...... Nas América do Sul e Central!

 

E na misteriosa Minorca, há também os simulacros de pequenas pirâmides - outra notável e além de tudo intrigante ligação com as Américas e também o Antigo Egito!

 

Assim como também existem colossais muralhas que nos remetem às velhas ruínas do Peru!

 

E nos interiores das suas edificações, a manipulação das imensas pedras escorando as portentosas estruturas se fazem visíveis. Com que tipo de tecnologia essa desconhecida cultura conseguia fazer isso? Os intrigantes mistérios de Minorca não ficam, porém, somente nisso: em 1975, precisamente por sobre uma das TAULAS, ocorreu diante de dezenas de testemunhas um estranha emissão de luz e ainda espantosas projeções de imagens surrealistas e desconhecidas. Por vezes, estranhos sons partem de certas partes das ruínas, denotando que elas possivelmente ainda guardem sofisticados dispositivos dos remotos tempos!

 

Há, também, por todas as partes, sinais e símbolos não somente dotados de rara beleza e simetria, como também incompreensíveis. A maioria deles, tal como pode ser visto na imagem acima, faz alusão às estrelas e ao mar. Tudo é mistério, porém TUDO não é destituído de relevância, tendo uma profunda interligação. Uma identidade lamentavelmente perdida..... Porém, ainda não de todo resgatada ou, quem sabe, devidamente interpretada - apta a ser um dia qualquer (mas somente quando os tempos estiverem maduros), devida e maravilhosamente desvelada.

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA VER MAIS FOTOS

 

Próxima Página

Página Anterior

MATRIX