Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

XEQUE-MATE!

"É uma presunção tola desdenhar e condenar como falso aquilo que nos parece inverossímil; o que é um defeito vulgar daqueles que crêem possuir conhecimentos acima do comum. Eu próprio assim fui em tempos; e, se ouvia falar de espíritos que nos visitam, do prognóstico das coisas futuras, de encantamentos, de magias, ou de quaisquer outras coisas que não compreendesse, compadecia-me das pobres pessoas enganadas com tais disparates. Hoje, acredito que era eu próprio nesse tempo merecedor da mesma compaixão"

(MONTAIGNE)

 

"MUNDOS SUBTERRÂNEOS NO INTERIOR DA TERRA" - é a tradução do título desse livro, um dos muitos que aborda o mistérios dos mundos subterrâneos, os quais se suspeita existir através de uma vasta rede de túneis e galerias que COMPROVADAMENTE se estendem por quase todo o globo terrestre. Da mesma forma, a Ciência e a Física de Vanguarda já constataram que ao redor da Terra se estendem certos "portais", verdadeiras entradas e saídas possivelmente camufladas, que freqüentemente se abrem em determinados pontos (alguns deles já devidamente mapeados) sugando para o seu interior tudo aquilo que inadvertidamente cruze os seus caminhos - ou quem sabe trazendo ao nosso mundo não só alguns tipos de UFOs, como também alguns outros muito bizarros personagens!

 

A ilustração acima retrata uma das mais espantosas ocorrências registradas nos vastos anais do Realismo Fantástico. Tudo aconteceu em Banjos, Espanha, no distante ano de 1887. Inúmeros camponeses, na ocasião em que trabalhavam nas suas plantações, viram quando subitamente na entrada de uma caverna próxima surgiram duas crianças - precisamente um menino e uma menina. Usando roupas estranhas e inexistentes naqueles tempos, além de tudo possuíam os corpos inteiramente.... ESVERDEADOS! Muito assustadas e se expressando através de um idioma desconhecido, ambas foram recolhidas e levadas às autoridades locais. Dezenas de especialistas, convidados a estudar tal inusitado fenômeno, não conseguiram identificar a qual raça exatamente pertenciam. Para espanto geral, elas tinham olhos acentuadamente amendoados e traços negróides. Até mesmo um juiz local, precisamente o Dr. Ricardo Calno, tentou lavá-las de modo a tentar retirar a estranha coloração verde, porém não se tratava de qualquer espécie de pintura; era mesmo a cor natural das suas peles! Além de tudo, recusavam com veemência a nossa alimentação, somente a muito custo engolindo algumas sementes de feijão-verde. Cinco dias depois, o menino morreu, ao passo que a menina foi adotada por uma família local, sobrevivendo por somente cerca de cinco anos, tendo, após muito tempo, aprendido um espanhol sofrível quando então revelou as suas espantosas origens. Segundo o que contou, ela e o irmão eram originários de um MUNDO SUBTERRÂNEO, sem sol, onde havia um crepúsculo permanente. Esse mundo era separado por um grande rio que vinha de uma outra terra, distante e ILUMINADA POR UM SOL. Ambos foram repentinamente sugados por uma espécie de turbilhão que os arrebatara e depositara na tal caverna em que foram encontradas. E para os céticos, informamos que tais fatos não são lendas, uma vez que ainda estão registrados na prefeitura local. E esses registros mencionam também que as tais crianças, dotadas de estaturas normais, usavam roupas confeccionadas com um tipo de tecido elástico e METALIZADO, inexistente naquela época em qualquer parte do mundo! Mais ainda: a cor esverdeada da menina, tomando contato com o nosso Sol, enfraquecera-se com o passar do tempo.

 

Estranho? Sim, mas não foi o único caso. Na foto acima você vê um curioso monumento - situado à entrada da cidade de Woolpit. Notou a imagem de duas crianças na escultura? Pois também ali, algo muito semelhante aconteceu. Segundo os velhos registros, durante o reinado do Rei Stephen (1135-1154) duas estranhas crianças VERDES foram encontradas, perdidas em um dos grandes poços naturais utilizados pela população local para instalar armadilhas destinadas à captura de lobos, no vilarejo de Woolpit, próximo a Suffolk - Inglaterra. Também estavam muito assustadas (segundo os registros "desesperadas"), e falavam um idioma inteiramente desconhecido. Levadas a um castelo, igualmente recusaram pães e também a alimentação local, reagindo com pavor diante de carnes e somente se satisfazendo com alguns grãos frescos de cereais. O menino morreu cerca de um ano depois, porém a menina aos poucos perdera a sua coloração verde, chegando mesmo a dominar o idioma o Inglês e a se casar com um rapaz natural de King's Lynn, em Norfolk. Segundo o que consta, ela relatou que ambos vieram de uma terra SEM SOL E CREPUSCULAR, quando ao seguirem seus rebanhos penetraram em uma passagem subterrânea, sendo subitamente lançados "do outro lado" - precisamente nas grutas da ensolarada Woolpit!

 

A foto nos mostra o Monte Moncayo, 2.332 metros de altitude, situado no norte da Espanha - nas fronteiras das províncias de Castilla e Aragon - e que, tal como o famoso Monte Shasta por sua vez na Califórnia, EUA, é tido como uma das entradas para o Mundo Subterrâneo, graças à sua infinidade de profundas e inexploradas cavernas que se dirigem ao subsolo do planeta. Dizem as insistentes tradições locais, como também os relatos de algumas atônitas testemunhas (abduzidas pelos tripulantes dos UFOs) que ao fundo dessas cavernas existiriam reluzentes cidades habitadas por uma estranha raça. A população da cidade próxima de Sorya, já acostumada com vários desaparecimentos lá por aquelas bandas, guarda a lembrança de uma estranha ocorrência verificada no distante ano de 1815. Gregorio Murillo, seguindo os seus rebanhos, penetrou em uma dessas cavernas do Moncayo, a qual estava obstruída por arbustos. Fascinado, penetrou mais profundamente e se viu cercado por uma intensa fosforescência que brilhava em vastas galerias subterrâneas, além de estranhas esculturas em cristal de quartzo, ostentando bizarras formas, bem como inúmeras incrustações em pedras e metais preciosos. Mais adiante, encontrou uma fonte artificial e se deparou com com estranhos vegetais que jamais vira e também várias criaturas descritas como dotadas de formato humano e outras REPTILIANAS. Havia também uma repugnante espécie de "anões corcundas" (aliens?) subindo e se movimentando pelas paredes rochosas. Repentinamente, após sentir uma estranha sensação de opressão, uma força desconhecida o projetou para fora daquele lugar, estranhamente levando-o de volta a uma estrada que dava acesso à cidade de Sorya. Estava, no entanto, pálido e enfraquecido, possivelmente por ter respirado uma atmosfera estranha, pagando pouco depois com a sua própria vida por ter descoberto os segredos do Monte Moncayo. Isso nos prova que certas "portas dimensionais" podem, de vez em quando, se manifestar e transportar "passageiros" em AMBOS OS SENTIDOS!

 

Portas Dimensionais...... Atendendo a diversos pedidos dos nossos visitantes, estamos novamente mostrando nessas nossas fotos apenas um dos inúmeros e intrigantes mistérios da Pedra da Gávea, litoral da cidade do Rio de Janeiro, outro notável ponto de incidência dos UFOs. Bem ao lado do imenso rosto de granito, situado a 847 metros de altitude e obra de uma desconhecida civilização, vemos, lado a lado, os relevos de dois personagens que se tornam muito mais nítidos de acordo com a posição do Sol (negativo à direita)......

 

Ei-los, em destaque. Note-se os espantosos detalhes dos seus rostos e braços. E isso elaborado em um paredão vertical, uma queda livre de quase 900 metros!

 

Convém lembra das tradições que cercam o local, as quais relatam que em tempos muito remotos DOIS IRMÃOS pilotando um "pássaro celeste", fugiam de uma "estrela distante" quando foram atacados pelos seus inimigos que os perseguiam e abatidos em combate, no local em que hoje se situa a Enseada de Botafogo - onde por sinal o Morro do Pão de Açúcar ostenta a colossal imagem em relevo de um pássaro que lembra uma íbis. Essas mesmas tradições, advindas do ancestrais dos antigos índios, já nos remotos tempos da colonização do Brasil, diziam que os "seres celestiais" do raça desses dois irmãos, profundamente entristecidos com as suas mortes, aqui os sepultaram em local secreto porém guardado por severas maldições - além disso tendo deixado inúmeros monumentos em sua homenagem. As lendas dizem ainda que o interior da Pedra da Gávea seria oco, contendo SARCÓFAGOS e dando acesso aos mundos subterrâneos, habitados por uma misteriosa raça. Relatam, também, que todo aquele que tocar em um determinado ponto das imagens desses dois personagens - uma espécie de "portal" estampado na rocha - será imediatamente transportado a uma outra dimensão. Pode ser que sim, pode ser que não, mas quem se atreveria a chegar até lá?

 

Essa é apenas uma das principais entradas da intrigante rede de cavernas e túneis subterrâneos de Ubajara, Estado do Ceará, Brasil, situadas no parque nacional do mesmo nome na Chapada da Ibiapaba, a 300 quilômetros da sua capital, Fortaleza.....

 

.... Até onde se pode atingir através da entrada dessa inusitada gruta (que por sinal o cientista Ludwig Schwennhagen em setembro de 1925 declarou ter sido ARTIFICIALMENTE ESCAVADA), existem numerosas formações sutilmente denominadas "Salas". Uma delas, a "Sala da Rosa", tem no teto uma escultura similar a uma rosa; Já na chamada "Sala do Cavalo" existe uma representação que lembra aquele animal. A "Sala do Oratório" e a "Dos Retratos" têm estes nomes devido às esculturas de inúmeros e estranhos rostos nas rochas. Justamente até esse ponto, a gruta possui, para gáudio dos turistas, uma iluminação artificial. Daí para a frente, porém, o acesso é terminantemente proibido pelos guias do IBAMA (Órgão Governamental Brasileiro, que obrigatoriamente os acompanham), vedando a visitação a uma determinada "SALA DAS SETE MARAVILHAS". Sabe-se que lá dentro e mais além, existem até mesmo uma lagoa e um rio CUJO LOCAL DE ESCOAMENTO EXTERNO É DESCONHECIDO! dentro dessa misteriosa gruta, o ar se torna - cada vez mais e extremamente - rarefeito e hostil, sendo que até hoje ninguém jamais atingiu o término desse imenso "túnel", que se dirige às profundezas do planeta e parece mesmo não ter fim! Aliás, através dos tempos foram inúmeros os caçadores de tesouros e os curiosos que, assim como uma espécie de maldição, desapareceram para sempre ao tentar explorar os seus mistérios - daí talvez a proibição oficial no sentido de seguir adiante. E como aliás não poderia deixar de ser, os UFOs (alguns deles enormes) são constantemente relatados nas proximidades.

 

Assim era, no ano de 1983, a cidade cujo nome era Centralia, situada na Pennsylvania, EUA (FOTO: Ray Reilley).

 

Hoje ASSIM É a extinta e desolada Centralia, cujo nome sequer figura mais nos mapas! Tudo começou em 1961 quando o lixo da cidade foi queimado em uma velha abertura no solo. Subitamente, algo vindo das suas profundezas causou uma enorme explosão seguida por um cogumelo de fogo. Até hoje, mais de 43 anos passados, uma emanação de gases tóxicos e uma estranha fumaça (vista nessa foto, tomada em 2001) - que se espalhou por todos o lados - infestam o local, tendo literalmente expulsado todos os moradores e assim transformado Centralia em uma cidade fantasma. Mais de 40 milhões de dólares foram gastos pelo Governo Americano com as inúteis tentativas para apagar o fogo e extinguir a misteriosa e além de tudo inexplicável fumaça que brota das suas cavernas subterrâneas!

 

ROAD CLOSED - "Rodovia Fechada"! Não existe qualquer explicação racional ou mesmo científica para o fenômeno, o qual inclusive obrigou um longo desvio de uma rodovia, precisamente a 61, que cortava a extinta cidade de modo a evitar a sua insólita maldição. Oficialmente, a explicação para tentar "explicar o inexplicável" é que seria "o poço de uma velha mina abandonada que estaria queimando até hoje". Mas que raios de "mina" seria mesmo essa, e queimando exatamente o QUÊ, por mais de 40 anos? Existem, de fato, enormes mistérios nos nossos subsolos. E não seria demais imaginar que poderia até mesmo se tratar de uma espécie de retaliação dos seus desconhecidos habitantes pela ofensa de terem, em 1961, jogado lixo nos seus secretos e muito bem guardados domínios?

 

Sim, os nossos subterrâneos exalam mistérios! Em fevereiro de 2004, arqueólogos descobriram nos subúrbios do México os restos de uma antiga cidade pré-colombiana, repletos de estranhas múmias (foto), precisamente em um sítio por sua vez muito mais antigo e situado sob as velhas ruínas astecas de Teotihuacan - nome que que literalmente significava "O lugar Onde os Deuses Nasceram". Esses arqueólogos se convenceram que cultura asteca representou o ÚLTIMO ELO de uma longa cadeia de desenvolvimento nas civilizações da Mesoamérica pré colombiana, sendo a misteriosa Cultura Olmeca, dentro do chamado Período Pré-clássico, muito mais antiga, A quem então teriam pertencido essas enigmáticas múmias? Astecas, Olmecas ou..... aos antigos Deuses?

 

Múmias, sempre um intrigante mistério! Na foto, vemos a múmia egípcia do sacerdote Nesperennub que foi sepultado há cerca de 2.800 anos. Nada demais nisso, a não ser quando em julho de 2004 o Museu Britânico conduziu uma experiência inédita de scaneamento tridimensional do corpo, uma técnica recente e situada para muito além da tradicional tomografia. O exame revelou detalhes inéditos, até mesmo que Nesperennub ao morrer possuía um dos dentes cariados. Além, é claro, de algo absolutamente espantoso, a verdadeira causa mortis do sacerdote: um orifício no crânio causado por um projétil semelhante aos das nossas atuais armas de fogo..... Isso há mais de 2.800 anos!!!

 

É claro que certas coisas por demais embaraçosas jamais poderiam vir ao conhecimento do público, de modo a não contrariar tudo aquilo que está solidamente estabelecido - como também, e às vezes, para não causar um certo pânico. O Megalodon, uma temível fera dos remotos pré-históricos cujo nome significa "dentes grandes", alcança cerca de 25 metros de comprimento e, portanto, quase do porte de uma baleia! Alcançava ou.... AINDA ALCANÇA? Dentes dessa temível fera dos mares têm sido encontrados em quase todos os oceanos do mundo. Alguns fossilizados, porém outros bem RECENTES. Os cientistas Richard Ellis e John E. McCosker alertaram à comunidade mundial, em um dos seus trabalhos, que a descoberta desses dentes contemporâneos deveriam servir de alerta, no sentido de que esses predadores estariam perigosamente "florescendo" nos mares, exatamente nas profundezas insondáveis dos nossos oceanos! Os gigantescos Megalodons viveram há cerca de 50 milhões de anos e, portanto, teoricamente extintos, mas esses pesquisadores acreditam firmemente que alguns deles tenham permanecido bem vivos e escondidos da nossa Ciência. O que parece ter algum sentido, uma vez que em 1918, precisamente em Broughton Island, Austrália, todos os pescadores da localidade se recusaram a sair ao mar em virtude de um ataque em águas profundas daquilo que foi descrito como um imenso tubarão de proporções jamais vistas, ostentando um comprimento de 300 pés (92 metros!) com as suas inusitadas e gigantescas mandíbulas sobressaindo da sua enorme cabeça! Seria possível? Sim, e por que não? Uma vez que alguns outros fósseis vivos ainda espreitam nos oceanos - tubarão e celacanto, por exemplo. Só nos resta, então, seguir o sábio conselho dos cientistas Ellis e McCosker: - "Tomara que não estejamos na água quando um Megalodon aparecer".

 

Em 30 de junho de 1908, alguma coisa de muito estranha aconteceu na vasta área assinalada neste mapa, situada precisamente em Tunguska, região da Sibéria Central. Uma coisa formidável veio do céu e se embateu contra o solo, devastando uma imensa região de florestas, matando milhares de animais e - segredo muito bem guardado- também muitos seres humanos! Acreditava-se, a princípio, que a tremenda explosão, equivalente a uma bomba nuclear de 40 megatons (mil vezes superior ao primeiro do gênero, um artefato americano que destruiu Hiroshima em 1945), se devera ao "choque de um asteróide contra a Terra".

 

Porém, os tradicionais choque de meteoritos contra o nosso planeta invariavelmente formam imensas crateras - o que NÃO foi o caso de Tunguska - e ainda por cima NUNCA DEIXAM RASTROS, assim como esses mostrados na foto aérea - tomada no local da tragédia e revelando a intensa devastação das florestas! Seja lá o que for, a coisa explodiu violentamente formando - ao que pensam os pesquisadores - uma poderosa concentração de antimatéria que volatilizou tudo em uma extensa área. Contudo, desde aqueles tempos uma outra coisa intrigava os cientistas: meteoritos não mudam abruptamente de rumo (não só todos os passageiros de um trem como também vários camponeses viram a movimentação no céu de um objeto, descrito como "intensamente luminoso e cilíndrico"). E aquilo que explodiu em Tunguska, bem ao contrário, PARECE TER REALIZADO DESESPERADAS MANOBRAS NO CÉU PARA EVITAR A QUEDA CONTRA O SOLO, conforme relatado por inúmeras dessas testemunhas! Enfim, parecia mesmo ser tripulado!

 

Agora, muitas décadas após esses incidente, a região ainda é considerada "maldita" e as marcas ainda se fazem visíveis. E foi justamente em meados de 2004 que alguns cientistas russos, finalmente (e talvez devido ao fim da censura oficial na extinta URSS), "deram os braços a torcer", tacitamente reconhecendo que foi mesmo UMA NAVE TRIPULADA ALIENÍGENA que explodiu em Tunguska! E agora, o que teriam a dizer os céticos e também os ferozes negadores do fenômeno?

 

Só resta mesmo a eles se calarem, pois também recentemente outro enorme segredo veio à tona: na foto acima (PRAVDA) você vê detalhes da Usina Nuclear de Chernobyl, Rússia, cujo reator explodiu em 26 de abril de 1986, causando danos ambientais irreversíveis e - até hoje - a morte de centenas de pessoas pelo fato de toneladas de produtos altamente radioativos terem sido lançados na atmosfera. Mas, qual teria sido a real causa de tão inexplicável "acidente"?

 

Eis a espantosa resposta.... E além de tudo formal e publicamente divulgada pelo PRAVDA, órgão oficial de Notícias da Rússia! Sim, um OVNI foi relatado pouco antes da explosão, sobrevoando exatamente a área do reator comprometido! Ficou constatado que a presença do UFO por sobre aquelas instalações causou expressivas variações nos níveis de geração de radiação da usina, ocasionando o acidente..... ESPECIFICAMENTE no reator que sobrevoava! Em síntese, muito embora a notícia do PRAVDA diga que alguns técnicos acreditam que presença do UFO tenha, ao contrário, impedido uma catástrofe de maiores dimensões (a manchete acima diz: UFO IMPEDE EXPLOSÃO NO COMPLEXO NUCLEAR DE CHERNOBYL), a nossa experiência nos diz que o objeto não-identificado parece mesmo ter sido, direta ou indiretamente, o responsável pela tragédia. Eis, logo a seguir, um outro expressivo exemplo:

 

Um caso isolado? Absolutamente NÃO! Também no bárbaro atentado terrorista de 11 de setembro de 2001 contra as Torres gêmeas do World Trade Center, em Nova Iorque - como se recordam quando vários aviões comerciais foram seqüestrados por terroristas que assumiram os comandos das aeronaves repletas de passageiros e as arremessaram contra os edifícios, causando a quedas dos mesmos e milhares de mortes - existia "algo mais" espreitando a cena daquela horrível tragédia.....

 

Aliás, foi por isso mesmo que, segundo consta, todas as fotos mostrando esse insólito "algo mais" foram confiscadas, além de rigorosamente proibidas, censuradas e tiradas do ar em todo o território dos EUA! Mas, como para nós não existe, e também repudiamos censuras de quaisquer espécies, aqui está ela! Já mostramos em uma página anterior sobre este assunto, que, POUCOS DIAS ANTES da tragédia, um helicóptero de uma rede de TV filmou um UFO se movimentando sem a menor das cerimônias pelo céu de Nova Iorque - exatamente nas proximidades das torres gêmeas do World Trade Center! E justo no dia da tragédia, um deles estava um pouco afastado, EXATAMENTE ESPERANDO PELO MOMENTO DO IMPACTO DO SEGUNDO AVIÃO CONTRA A TORRE - conforme se pode nitidamente observar na sensacional fotografia acima (CNN)!!!

 

Uma simples coincidência, tal como em Chernobyl? MUITO DIFÍCIL! Viajantes do tempo, voltando ao passado para registrar in loco fatos históricos? Ou, quem sabe, uma aguda vigilância sob algo muito PROPOSITAL - exatamente aquilo que a legenda da foto acima da CNN especifica: "AMÉRICA (ou, melhor diríamos, TODA A HUMANIDADE) SOB ATAQUE"......?!

 

Próxima Página

Página Anterior

Phobos Anomaly - DOOM music