Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

 

VAPORES EQUINOCIAIS

"Se nos voltarmos para o que ultrapassa os imperativos da pesquisa, o espetáculo se torna vertiginoso. É fácil negar aquilo que transtorna a verdadeira ciência. Mas surgem continuadamente numerosos fatos dos quais se poderia provar a inexistência, e que nem por isso eles deixam de existir"

(Serge Hutin)

 

E os módulos da ESA - Agência Espacial Européia - continuam desmascarando certas coisas sobre Marte que foram ocultadas por durante muito tempo. Nesta sensacional foto, vemos nada menos que CÉUS AZUIS e NUVENS (atmosfera, ou quem sabe mares) sobre uma extensa área daquele planeta! E como poderia haver uma atmosfera, se é que é mesmo uma atmosfera, em uma área isolada de um planeta aparentemente estéril e morto? Mas, não devemos raciocinar apenas em termos terrestres, uma vez que em escala cósmica TUDO é mesmo possível. Marte foi outrora habitado por seres inteligentes - e quanto a isso não temos a menor dúvida. E quem sabe se alguns esparsos sobreviventes criaram uma espécie de domo, contendo uma atmosfera artificialmente "aprisionada" que lhes garantiria a vida até os dias de hoje?

 

E no avermelhado solo de Marte, vemos essas curiosas formações que os cientistas chamaram de "TOCAS" - E agora, perguntamos: - TOCAS DE QUÊ??? Habitats de estranhos animais que sobreviveram à desconhecida catástrofe, possivelmente uma guerra, que há muito e muitos milênios varreu a vida humana e a civilização daquele distante planeta?

 

Vapores Equinociais..... A lição é simplesmente patética. Deve-se suspeitar que uma grande catástrofe nuclear varreu a civilização inteligente de Marte. Há vestígios disso por todas as partes. E há, também, provas fotográficas inquestionáveis de que ainda existem estranhos animais se movendo pelo seu subsolo e até mesmo na superfície. A radiação nuclear usada para fins bélicos, a perversão do átomo, é um maldição extremamente perigosa. Tudo aquilo que eventualmente venha dela a sobreviver, forçosamente sofrerá mutações. Observe bem essa foto, recentemente tomada sobre as montanhas marcianas, e repare naquilo que está assinalado pela elipse. Uma enorme criatura, semelhante a um lagarto, parecendo sair da sua toca e que, tanto aqui como lá, usaria a técnica do mimetismo, ou camuflagem, emulando a paisagem circundante de modo a se tornar praticamente invisível!!

 

Reveja em maior aproximação. Olho, boca, patas, prolongamento do corpo.....!

 

E aqui uma nova tomada da intrigante face de Cydonia. E diante disso não há muito o que se discutir: é mesmo um colossal rosto de pedra, obra muito antiga de seres inteligentes!

 

Como também uma das famosas pirâmides marcianas, aqui mostrada em maior aproximação! Isso jamais poderia se tratar de meras formações naturais!

 

A vida se espalha pelo Universo! E - como aliás já estamos cansados de saber - também no espaço sideral existem coisas igualmente estranhas, muito estranhas! Na foto, vemos mais uma delas: a curiosa abertura situada em uma distante nebulosa, que bem poderia ser uma espécie de atalho dimensional ou temporal, um dos famosos "Stargates" - notórios pontos de entrada e saída dos misteriosos UFOs!

 

UFOs, OVNI, ou como quer que possam ser chamados, a verdade é que estes misteriosos objetos celestes, venham de onde vier, estão presentes nos nossos céus desde muito tempo. Essa antiga revista traz na capa uma ilustração relativa ao avistamento que pela primeira vez chamou a atenção do mundo para esse intrigante fenômeno - e quando também, pela primeira vez, eles foram chamados de "Discos Voadores"......

 

...... Assim, para desmascarar de uma vez por todas os negadores e os prestidigitadores da verdade que sempre insistem em ridicularizar não só as testemunhas, como também invariavelmente rotular como fraudes as milhares de fotografias tomadas por pessoas idôneas em todas as partes do mundo, vamos demonstrar agora um argumento irresistível e além de tudo avassalador: o fenômeno OVNI somente começou a ser oficialmente reportado precisamente em 24 de junho de 1947 quando o empresário e piloto particular Kenneth Arnold (foto) comandava o seu Cessna naquela tarde por sobre as Montanhas Cascades, em Washington, EUA. Subitamente, teve a sua atenção voltada para uma esquadrilha de estranhos objetos voadores - segundo descreveu "em forma de discos ou pires emborcados", a qual se deslocava em altíssima velocidade - uma velocidade que, tanto ontem quanto hoje, aeronave alguma na Terra jamais seria capaz de alcançar!

 

Contudo, bem antes disso - muito tempo antes - precisamente em abril de 1929, um nítido UFO foi flagrado quando sobrevoava uma serraria norte-americana no Colorado. As atônitas testemunhas relataram que o chão tremeu quando da passagem do estranho objeto. Essa foto não mente e, portanto, como ninguém sabia do que se tratava não poderia jamais ter sido uma fraude montada sobre um assunto que obviamente era ignorado na época.

 

Ohio, 1932 - este cidadão fazia uma pose, orgulhosamente diante do seu novo automóvel, sem saber que, logo atrás de si, bem lá no céu, uma coisa bastante estranha, e inteiramente desconhecida naqueles distantes tempos, espreitava! Alguns engraçadinhos detratores modernos se deram ao luxo de afirmar que o UFO nada mais era do que "um poste de iluminação elétrica" - Somente se esquecendo que naquele ano e local ainda não existia a iluminação elétrica!

 

China, 1942. Um fotógrafo norte-americano em visita àquele país flagrou um outro UFO que silenciosamente pairava sobre uma movimentada avenida. Contudo, os transeuntes notaram a presença do objeto, uma vez que a imagem mostra vários deles olhando para o céu, ao passo que outros, de maneira atônita, apontavam diretamente para aquela inusitada máquina voadora.

 

Inglaterra, 1944 - mais nítido do que isso, impossível.

 

E por falar em nitidez, essa sensacional foto de um enorme UFO foi tomada em Vancouver, Canadá, muito antes do avistamento de Kenneth Arnold, quando o fotógrafo enquadrava o prédio da prefeitura local. Diversas testemunhas relataram que o objeto era intensamente azul, não emitindo qualquer som, tendo repentinamente se afastado em tremenda velocidade rumo aos confins do céu! Nessa época, portanto, o intrigante fenômeno dos Discos Voadores era igualmente desconhecido.

 

E de maneira alguma devemos nos esquecer da impressionante seqüência de fotos tomada pelo sério Jornal Los Angeles Times, mostrando um combate surrealista entre o Exército Americano e um UFO (assunto já abordado neste Site) que ostensiva e desafiadoramente pairava sobre suas unidades, em 1942. Foram disparadas mais de 2000 múltiplas cargas de munição antiaérea que sequer afetaram o estranho aparelho - visto na foto quando enquadrado sob os potentes fachos dos holofotes militares.

 

A segunda Guerra Mundial assolou o mundo de 1939 a 1945. Lembremos que os UFOs foram oficialmente detectados e somente reconhecidos como tal em 1947, devido ao avistamento de Kenneth Arnold. E durante esse conflito mundial eles já estavam presentes, seguindo aviões em combate e até mesmo sobrevoando bases militares sem a menor das cerimônias - conforme pode ser visto nesta antiga foto. Já naqueles tempos chamavam a atenção, mas como ninguém sabia o que eram, foram rotulados de Foo Fighters - "Lutadores Fantasmas".

 

Epa! E em se falando de coisas intrigantes, vejam só quem está novamente por aqui! O "primo-irmão" da bizarra coisa encontrada no Brasil e que atacou um trabalhador no fundo de um bueiro, em Sorocaba, São Paulo. Este outro, porém, foi recentemente capturado no México. E que coisa mais horrenda e além de tudo agressiva seria mesmo essa, que mais se assemelha a uma barata gigante? E se isso começasse a se reproduzir descontroladamente, saindo em massa dos fétidos subterrâneos das nossas cidades? Mutação genética; um animal inteiramente novo e desconhecido - ou então O QUÊ? Seja lá o que for, e de qualquer forma, o homem cavou a sua própria sepultura: a poluição, as explosões nucleares, a loucura deambulatória da nossa assim chamada "civilização" materialista, tudo isso clama aos Céus e invoca o castigo. Devemos então lembrar de algo verdadeiramente assustador - e por sinal cientificamente provado: caso ocorra uma guerra nuclear generalizada e a humanidade terrestre venha a se extinguir, ou então a ser drasticamente reduzida, dizem os cientistas que, se essa terrível eventualidade viesse a se produzir, as radiações nucleares favoreceriam APENAS UMA das espécies da natureza: AS BARATAS, que devido às suas peculiares características orgânicas e morfológicas, altamente resistentes às radiações, cresceriam desmesuradamente e..... HERDARIAM A TERRA! E por falar nisso, você sabia que este repugnante inseto é CANIBAL, em caso de necessidade alimentando-se (POR ENQUANTO) dos membros da sua própria espécie?

 

Próxima Página

Página Anterior

The Pit - DOOM2 music