Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

MUITO MAIS ESTRANHO DO QUE SE IMAGINA!

"A verdade não é apenas mais estranha do que você imagina; é muito mais estranha do que você possa imaginar"

(J.B. S. Haldane)

 

Mudam radicalmente todos os conceitos da Astronomia e da Ciência como um todo! Descoberto mais um planeta no nosso Sistema Solar: trata-se de SEDNA, ou ainda 2003-VB12, detectado pelo Observatório de Monte Palomar e divulgado pela NASA em 15 de março de 2004! SEDNA, um planeta que pode ser considerado de pequenas dimensões (entre 1300 a 1800 quilômetros de diâmetro), está situado para além do distante Plutão - este até bem pouco tempo considerado como o nono e também o último planeta do nosso Sistema. O longo ano do distante SEDNA corresponde a 10.500 anos terrestres, estimando-se que a sua temperatura oscile em cerca de 240 graus abaixo de zero (Ilustração: NASA).

 

É chegada, pois, a hora de rever e também urgentemente alterar todos os tratados convencionais, bem como os tradicionais livros escolares. Eles dizem que Júpiter tem 12 satélites: hoje sabe-se que são nada menos que 63! Os de Saturno ao invés de 10 são, na verdade, 31! Urano passou de 5 pra 27 satélites e Netuno, por sua vez, de 2 para 13! Por outro lado, existem fortes evidências que muitos outros pequenos planetas - ou planetóides - além de SEDNA (que seria o misterioso PLANETA-X, já suspeitado e inclusive detectado desde o Século passado), igualmente fariam parte do nosso Sistema. São eles: 2004-DW, QUAOAR, ÍXION, VARUNA e 2002- AW197 - todos eles situados para além de Netuno! Até agora, portanto, somando-se com os planetas já conhecidos, cerca de 15 corpos celestes planetários! E, segundo pensam alguns astrônomos, um número que pode a qualquer momento ser aumentado, de acordo com muitas novas e surpreendentes descobertas que surgem a cada dia. Aliás, até fevereiro de 2004 mais de 78 MIL desses pequenos corpos foram devidamente mapeados no nosso Sistema Solar! Resta apenas saber o quê de fato são, e como podem ser devidamente classificados. Na ilustração acima (Revista CARTA CAPITAL) vemos a comparação entre os diâmetros da Terra, Lua e Plutão com os novos planetas Quaoar e Sedna. E como a mão que aponta uma direção automaticamente também aponta todas as outras.....

 

..... Portanto, nada impede que a partir de uns desses estranhos e ainda desconhecidos mundos sejam provenientes algumas dessas naves que nos visitam desde tempos imemoriais. Utilizando técnicas fantásticas e ainda muito distantes da nossa compreensão, algumas delas conseguem mesmo a proeza de realizar materializações e, em contrapartida, desmaterializações na nossa atmosfera. Na foto acima, um exemplo típico: uma delas se camufla, ou se materializa, sob a forma de uma inocente "nuvem"!

 

Aqui, o mesmo UFO visto de outro ângulo, espreitando uma residência......

 

...... Para logo depois partir em altíssima velocidade, deixando atrás de si a esteira resultante do seu deslocamento. E que "nuvem" mais sutil e marota é mesmo essa, não?

 

E com absoluta exclusividade para este nosso Site, um caso recente - ocorrido em Cotia, Estado de São Paulo, Brasil. Observe com bastante atenção a paisagem dessa foto: a seta aponta um estranho e pequeno objeto que surgira no céu, chamando a atenção da moradora que o fotografou. Porém, o que ela talvez não tenha notado está bem ao lado dele e um pouco mais abaixo, sendo realmente a verdadeira surpresa contida na imagem......

 

..... Ei-la, devidamente ampliada. Nada menos que um enorme UFO sutilmente camuflado entre as nuvens!

 

Reveja-o, com os seus nítidos detalhes detalhes devidamente reforçados.....

 

..... E agora mostrado sob análise espectrográfica. Não há mesmo o que discutir!

 

Aliás, estes observadores silenciosos, se é que podem ser assim chamados, estão nos espreitando há bastante tempo, muito mais do que possamos imaginar. Aqui, uma foto da Segunda Guerra Mundial, mostrando um deles quando, sem a menor cerimônia, "escoltava" uma esquadrilha de caças norte-americanos em plena zona de combates!

 

E nem mesmo os inimigos das forças aliadas, escaparam dessa ostensiva vigilância! Nesta imagem, um caça japonês é acompanhado por uma verdadeira esquadrilha de UFOs (seta)!

 

Kimberley, Austrália, um sítio pré-histórico datado de milhões de anos, no qual o antigo artista retratou para a posteridade uma profusão de alienígenas do tipo "gray", ou cinza - justamente os humanóides mais recorrentes nas aparições e atividades dos UFOs no nosso planeta. Outra imagem que não deixa margens a quaisquer dúvidas!

 

E ainda em Kimberley, outra nítida evidência das visitas dos antigos e desconhecidos astronautas. O alienígena retratado usa capacete, luvas, botas e até mesmo um macacão de vôo - coisas que decididamente jamais existiram nos chamados tempos pré-históricos!

 

E por falar nisso, você conhece a "dor de dentes" mais famosa de toda a fenomenologia ufológica? A antiga foto nos mostra o famoso General Dwight D. Eisenhower, ex-presidente dos EUA. Em 20 de fevereiro de 1954, ele, sob o pretexto de necessitar urgentemente consultar o seu dentista devido a uma terrível "dor de dentes", abandonou às pressas as suas férias em Palm Springs, Califórnia, atendendo ao chamado de uma base militar próxima, precisamente a Base Aérea de Edwards, na qual um UFO havia ostensivamente pousado! Os alienígenas que a tripulavam, descritos como sendo do tipo "nórdico" e dotados de características humanas, mantiveram mediante entrevista direta um contato (telepático) com o Presidente, dizendo serem provenientes de um outro Sistema Solar. Ofereciam aos humanos o compartilhamento de suas superiores tecnologias, exclusivamente para a paz e para o bem, como também a transmissão de uma elevada sabedoria espiritual, desde que os EUA desistissem do seu programa nuclear - armas que, segundo eles, eventuais utilizações em larga escala poderiam comprometer o equilíbrio e também a sobrevivência de outras raças no Universo. Ao que Eisenhower, na qualidade de mandatário supremo da nação mais poderosa do mundo, prontamente recusou. Antes de partirem, contudo, os alienígenas não deixaram de advertir quanto à presença hostil e perigosa de outras raças no nosso planeta. O que, todavia, não teria impedido um novo encontro de Eisenhower, dessa feita em 1954, com os aliens humanóides do tipo "gray", com os quais teria feito um acordo, literalmente "vendendo" a raça humana - também em troca de tecnologia militar alienígena - ao permitir a captura de seres humanos e de gado em geral para fins de "experiências médicas"..... Como igualmente tendo permitido que aqui estabelecessem as suas bases secretas e os seus famigerados "centros de pesquisas".

 

Coisas estranhas andaram (e ainda andam) pela nossa Terra! Esta espantosa pegada, preenchida com gesso e vista em comparação com um pé humano, foi encontrada nos EUA! Evidentemente, não pertence a qualquer espécie conhecida.

 

Não só evidências físicas como também certos artefatos misteriosos e logo prontamente condenados ao ostracismo e ao silêncio oficial, têm sido encontrados em profusão no nosso mundo - atestando assim a sua indiscutível procedência não-terrestre. Na foto você vê os chamados "Artefatos de Lanzhou", encontrados em escavações arqueológicas efetuadas na montanha Mazong, situada na China. Atualmente em poder de um colecionador, esses objetos cuja finalidade é desconhecida são considerados pelos cientistas como "coisas de outro espaço". Revestidas de uma camada com 6 centímetros de um metal desconhecido, ainda possuem ranhuras de encaixes, ou destinadas a aparafusamentos, além de uma estrutura interna cônica! Comprovadamente originários dos tempos ditos pré-históricos e NÃO PRODUZIDOS PELO HOMEM, esses objetos são mais uma assombrosa evidência daquilo que os próprios cientistas chineses dos National Land Resources Bureau of Gansu Province, Colored Metal Survey Bureau of Gansu Province, The Institute of Geology and Minerals Research of China Academy, Lanzhou Branch, The School of Resources e ainda o Environment of Lanzhou College, consideram como a inquestionável prova das visitas alienígenas ao nosso mundo, ou então a existência de perdidas civilizações terrestres altamente evoluídas e tecnológicas. Aliás, uma das hipóteses desses cientistas postula que possa se tratar de "relíquias" originárias de uma dessas milenares civilizações, EQUIVALENTE À NOSSA, que um dia habitou a Terra durante o nosso remoto e desconhecido passado, tradicionalmente conhecido como "pré-história"!

 

Assim como igualmente pensam inúmeros cientistas russos com relação a outros estranhos e desconhecidos artefatos que têm sido encontrados em diversas regiões daquele país, também datados de períodos imemoriais. Esses objetos extemporâneos - elaborados em cobre e raras ligas de Tungstênio e Molibdênio - surgiram entre 1991/1993 nos Montes Urais, assim como em profusão nas proximidades dos rios Narada, Kozhim e Balbanyu, e ainda nas regiões de Vtvisty e Lapkhevozh, sempre soterrados em profundidades oscilando entre 3 e 12 metros. Os testes a que foram submetidos revelaram uma idade situada entre 20 MIL e 318 MIL ANOS e não respondem a uma questão inevitavelmente crucial: - QUEM, e sobretudo pertencente a QUAL civilização estabelecida naqueles distantes tempos, teria sido capaz de criar e utilizar tais espantosos artefatos altamente tecnológicos - obras de uma sofisticada tecnologia, a Nanotecnologia - que ainda hoje, e SOMENTE em pleno Século XXI, estamos começando a vislumbrar e alcançar? E será sempre bom lembrar que o Tungstênio, que largamente empregamos nos filamentos das lâmpadas, possui um elevado peso atômico e também grande densidade, tendo o seu ponto de fusão em cerca de 3410 graus C. O Molibdênio, por sua vez, também dotado de alta densidade e ponto de fusão em 2650 graus C, é usado em Engenharia Pesada devido às suas extraordinárias propriedades anti-corrosivas - notadamente na indústria bélica e na construção de veículos militares! Em outras palavras (e se é que isso não veio "de fora"), em plena época que consideramos como pré-histórica, "somente habitada por selvagens embrutecidos e meio-macacos", existiram INDÚSTRIAS E, por conseguinte, AVANÇADAS TECNOLOGIAS capazes de produzir tais coisas!

Próxima Página

Página Anterior

Evryoff (Lee Jackson)