Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

 

BIZARRO!!!

"A política oficial dos governos é negar a existência daquilo que eles não podem explicar"

"E você já teve a impressão de que eles fazem os seus desmentidos sempre com seis meses de antecedência?

(Jornais News - Idaho, e Times - Seattle)

 

Tudo teria começado quando, em 1937, um autêntico UFO pousou em território alemão, conforme atestam os registros da época. O que se seguiu é um enorme mistério. Mas não é todavia muito difícil de se adivinhar. Nesta foto, você vê uma base militar secreta nazista durante o período da Segunda Guerra Mundial, na qual um enorme Disco Voador, feito aqui mesmo na Terra, é observado e inspecionado pelos militares e cientistas alemães envolvidos neste ultra-secreto projeto tecnológico. E teria sido isso mera manobra de propaganda, ou eventualmente uma fraude? NUNCA! Primeiramente porque as forças aliadas somente tomaram conhecimento da incrível existência deles quando a guerra terminou. E por parte da Alemanha jamais houve qualquer divulgação ou tentativa de intimidação mediante o uso dessa tecnologia. Em segundo lugar.....

 

...... Essas coisas voavam de fato! Esta foto foi tomada da cabine de um avião militar nazista, e mostra um Haunebu (como se denominava tal insólito projeto) vertiginosamente se deslocando através do ar.

 

Aqui, mais duas fotos da época mostrando os Haunebu-II. Um deles, enorme por sinal, estacionado em um hangar e o outro em pleno vôo! Aliás, na imagem de fundo desta página, você vê a nossa ampliação da foto de um autêntico e furtivo Haunebu-II fotografado muito tempo depois do término da Segunda Guerra Mundial.... Precisamente em 1965. E sabe audaciosamente onde? Em Maryland - território dos EUA!!! Faça as devidas comparações.

 

Mais dois vôos dos Haunebu-II.

 

Ei-lo, também no ar, quando fazia uso de uma arma denominada pelos nazistas de "O Raio da Morte" - em outras palavras, nada menos que o Laser!

 

Contudo, os Haunebu I e II deram lugar a uma outra tecnologia muito mais avançada, denominada VRIL.

 

Aqui, um soldado nazista examina uma das naves VRIL, estacionada em uma base secreta.

 

E nesta outra foto, vemos mais uma delas! Não é mesmo surpreendente?

 

Os estonteantes planos do VRIL que caíram nas mãos das tropas aliadas logo após o término da Segunda Guerra Mundial, (1945), até hoje são indecifráveis e sobretudo incompreensíveis para os nossos padrões atuais de conhecimentos científicos e tecnológicos. É decididamente coisa do ano 3000 - ou quem sabe muito mais que isso!!! Note-se que o Disco Voador nazista era baseado em esferas rotativas, tendo ao centro uma espécie de rotor, ou possivelmente um reator não-identificado! Diga-se de passagem, a mesma tecnologia encontrada nos destroços dos vários UFOs acidentados, muito tempo depois disso e tripulados por entidades alienígenas do tipo "gray", os quais foram recolhidos para estudos em bases militares secretas norte-americanas! E já que a tecnologia é idêntica, fica tudo claro como a água cristalina de uma fonte: o Terceiro Reich, sem quaisquer dúvidas, obteve cooperação alienígena direta para realizar tamanha proeza! Aliás, vários cientistas alemães que após o término do conflito compulsoriamente se passaram para o lado das grandes potências mundiais, de fato e explicitamente reconheceram isso! E se os nazistas tivessem tido o tempo suficiente para plenamente empregar tais tecnologias do futuro, não haveria defesa alguma contra elas. E conseqüentemente, o planeta inteiro teria sido subjugado! E o que mais preocupava os supostos vencedores da guerra foi que nenhum desses UFOs nazistas foi capturado pelas forças aliadas..... Foram quase todos levados para a colônia subglacial de Neu-Schwabenland, Antártida, ao passo que alguns outros possivelmente para Akhakor, ruínas de uma perdida civilização em plena selva inexplorada da Amazônia Brasileira! Por uma questão de mera conveniência, e sobretudo justificado temor, todo os comandos militares das grandes potências mundiais, logo após o retumbante fracasso da Operação High Jump, resolveram não mais incomodar Neu-Schwabenland - principalmente pelo fato de que não combateriam somente os alemães, porém, simultaneamente confrontariam FORÇAS ALIENÍGENAS, EXTERNAS AO NOSSO MUNDO, as quais, segundo consta dos relatórios secretos, forneceram ao Terceiro Reich os planos para a construção das fantásticas "naves discoidais que permitiam atingir o outro lado"!!!

 

Ué! O quê teria a ver os relevos deste antigo templo egípcio com os assuntos contidos nesta página?

 

Nada, a não ser que a interferência de entidades alienígenas nas nossas civilizações não constitui qualquer surpresa e é, na verdade, muito mais antiga do que se pensa! Nesse ponto, somos forçados a recordar o espantoso mural hieroglífico do templo de Abbydos, Egito, (foto anterior), no qual há mais de 3 mil anos antes de Cristo helicópteros, aviões, UFOs e até submarinos foram retratados com incrível precisão! Como os antigos artistas poderiam ter feito isso sem que, de fato, os tivessem visto de alguma forma? Ou teria sido uma espécie de "sugestão externa" para a nossa humanidade, porém impossível de ser assimilada e devidamente alcançada naquela distante época? Por outro lado, lembremos que os tripulantes dos UFOs dizem poder VIAJAR NO TEMPO por intermédio dessas suas fantásticas máquinas!

 

Hoje em dia, porém, essa presença alienígena não está assim tão distante como possamos imaginar. Na verdade, ela nos espreita! A nossa Lua, conforme aliás já vimos em inúmeras páginas deste Site, está inquestionavelmente repleta de evidências que atestam um intensa e febril atividade, exercida por uma raça desconhecida na sua superfície e também no seu subsolo!

 

Máquinas desconhecidas, monumentos insólitos, rostos de pedra, estradas, muralhas e muitas outras intrigantes surpresas fazem parte dessa alucinante paisagem. As nítidas imagens não mentem!

 

Há nessa intrigante superfície aparentemente árida, os inegáveis vestígios de uma colonização, além de intensas atividades de exploração - possivelmente de minérios, dos quais a Lua é sabidamente abundante. Não que ela tenha sido um dia habitada, mas, sim, que efetivamente é - e isso desde muito tempo - explorada por seres desconhecidos com as suas fantásticas máquinas voadoras. Esta foto nos mostra curiosas estruturas que se assemelham a estradas, todas elas convergindo para uma região central!

 

E esta outra é bem mais explícita, mostrando estranhas edificações absolutamente não-naturais!

 

Veja nesta imagem uma outra curiosa edificação lunar. Tem até mesmo uma muralha e um ponto de acesso!

 

E a NASA (à qual, por sinal, devemos creditar todas as fotos espaciais mostradas neste Site) focou as suas poderosas câmeras nesse bizarro "acidente lunar". Parece que houve um afundamento de uma vasta região, sugada para o interior de uma cratera, não é verdade? Mas será que é isso mesmo? Veja, logo abaixo, uma outra dessas curiosidades:

 

Esta outra se situa na Cratera Bessel. Mas será mesmo uma cratera? E quem sabe não se trate de uma engenhosa forma de camuflagem? Uma estrutura elevatória, por exemplo? Mal comparando, nos nosso modernos porta-aviões, você não vê as aeronaves no convés, não é mesmo? Porém, quando elas vão entrar em operação, um eficiente sistema de elevadores as traz desde o hangar inferior até a superfície!!!

 

Mas, você reparou bem na foto acima, principalmente na sua parte inferior esquerda? O quê vemos de estranho ali? Vamos ampliar? Sim, PIRÂMIDES - além de edificações, ou velhas ruínas! O negativo, à direita, permite melhor visualizar a insólita cena!

 

E nesta profunda cratera, fotografada por uma das missões orbitais Apollo, há uma área protuberante repleta de estranhas esculturas. Observe bem a foto!

 

E reveja os detalhes com maior aproximação. Estranhos monumentos, rostos bizarros!

 

E veja mais uma dessas bizarras "esculturas", situada em uma outra cratera. Note-se que na parte inferior parece haver pirâmides! Na respectiva ampliação, à direita, temos um tipo de "rosto" que já estamos até bastante acostumados a ver aqui pela Terra - precisamente um humanóide do tipo "gray"!

 

Agora vamos a Marte, outro misterioso corpo celeste do nosso Sistema Solar onde os vestígios de uma antiga civilização cósmica espalham-se por todos os lados. Veja, por exemplo, o que mostra essa foto!

 

Outra curiosa estrutura marciana sobressai em meio à desolada paisagem avermelhada. Não dá para distinguir exatamente do que se trata, ou com o quê se parece, mas a NASA, pelo fato de tê-la fotografado em destaque, bem que deve ter julgado o material bastante "interessante".

 

E você quer ver algo realmente muito, mas muito mesmo, "interessante"? Então deleite-se com esta incrível foto da paisagem marciana. E se não der para identificar os detalhes com precisão, olhe bem o seu negativo - colocado logo à direita!

 

Próxima Página

Página Anterior

A10TION (Lee Jackson)