Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

 

 

ARI-KAT - A TECNOLOGIA DO ANTIGO EGITO PARA DISSOLVER E MOLDAR AS PEDRAS!

 

 

Quando o assunto é "MISTÉRIOS", inevitavelmente devemos nos voltar ao grandioso e milenar Egito, pois agora apresentaremos um dos maiores deles. Nesse sentido, você poderia dizer o que significava ARI-KAT?...

 

... Eis a resposta: - A ANTIGA TECNOLOGIA PARA A ELABORAÇÃO DE PEDRAS ARTIFICIAIS! - ou seja, a técnica de liquefação de rochas e a sua posterior moldagem! Ninguém sabe explicar COMO os antigos monumentos, assim como também os elaborados textos hieroglíficos e estátuas, parecem ter sido MOLDADOS - ou seja, forjados em MOLDES, uma vez que nunca foram encontradas neles quaisquer marcas de ferramentas!...

 

... Na Grande Pirâmide de Gizé, por exemplo, o grande mistério é COMO imensos blocos rochosos foram esculpidos. Porém, uma recente descoberta que abre novos horizontes às pesquisas indica que elas foram fundidas e moldadas mediante um antigo processo chamado ARI-KAT, trazido aos egípcios desde os primórdios da sua civilização pelo grande e misterioso personagem chamado IMHOTEP!...

 

... Joseph Davidovits é um dos maiores especialista em GEOPOLÍMEROS e CIMENTOS de todos os tipos, Ph.D. e uma eminência internacional trabalhando no instituto St. Quentin, França. Após muitos anos de pesquisas ele chegou à conclusão que as pirâmides do Egito foram construídas por meio de uma fórmula alquímica (ou seria química?) que permitia retornar as rochas à sua condição líquida e colocá-las em MOLDES para que solidificassem! Como de costume, a chamada Comunidade Arqueológica rejeitou as suas pesquisas simplesmente por MEDO, uma vez os testes daquele cientista obtiveram sucessos de grande peso!

 

... Contudo, é sabido que cientistas de alguns países (que teoricamente negam) trabalham secretamente para descobrir os segredos desse avançado processo, sem igual mesmo nos nossos modernos tempos!...

 

... Já mostramos em uma nossa página anterior a chamada ESTELA DA FOME, situada na na parte sul da ilha de Sehel, no rio Nilo, na região meridional do Egito, fazendo referência a três antigas e pouco conhecidas divindades - o deus Quenúbis, e as deusas Sátis e Anúquis, sendo originária das PRIMEIRAS DINASTIAS - precisamente do tempo do faraó Djoser. Nas várias colunas de hieróglifos, consta uma grande seca no Nilo e o tais deuses orientaram e forneceram técnicas para controlar o rio. O mais interessante, porém, é que um uma das colunas verticais os DEUSES também revelaram os... COMPONENTES QUÍMICOS QUE DEVERIAM SER UTILIZADOS PARA DISSOLVER PEDRAS E MOLDÁ-LAS - nomes estes indecifráveis e que não podem ser encontrados em quaisquer traduções nos dicionários de hieróglifos egípcios! Aliás, essa estela faz menção ao nome de IMHOTEP que teria interagido junto aos "deuses" para conseguir as fórmulas do ARI-KAT...

 

... A mesma menção a essas poderosas fórmulas igualmente consta dessa outra antiqüíssima estela - a ESTELA DE IRTYSEN - exposta no Museu do Louvre, na qual um sacerdote, escultor de artesão, IRTYSEN, que viveu há 2 mil anos Antes de Cristo, revela ter o conhecimento e possuir a fórmula para dissolver as pedras - como também qualquer objeto - e colocá-los nos formatos desejados. Mas, somente quando o faraó concedesse a necessária permissão para utilizá-la! E também acrescentava que colocando uma pasta maleável em um MOLDE poderia construir estátuas!...

 

... A coisa funcionava mais ou menos assim: após a podução da pasta, esta era colocada para secar em formas do tamanho desejado as quais propiciavam a solidificação do material que era então retirado e transportado aos locais desejados - ou mesmo as pedras eram produzidas nos próprios locais das edificações sendo sobrepostas! E nada demais nisso, pois HOJE usamos o cimento e o concreto que da mesma forma podem ser moldados à vontade! A única diferença é que os egípcios das primeiras Dinastias dissolviam materiais tais como o calcário, além dos duríssimos granito e a diorita - estes últimos somente hoje manipulados através do uso de serras e maquinários especiais!...

 

... Como podemos ver nessa experiência, uma estatueta bem ao estilo egípcio foi moldada em uma forma por um moderno cientista usando uma composição especial que tentava emular o antigo processo egípcio!...

 

... Nos museus estranhas e igualmente muito antigas estatuetas nos mostram trabalhadores ao que parece MOLDANDO AS ROCHAS! Note-se que abaixo das ferramentas que usam está presente uma espécie de MASSA que é aderida aos conjuntos! Na imagem inferior, o personagem da esquerda CORTA a rocha (a estátua de um cão) com uma faca! Isso explicaria o fato de alguns sólidos blocos de rochas usados nas construções egípcias apresentarem RESÍDUOS ORGÂNICOS nos seus interiores, tais como pelos humanos, capins e sementes!..

 

... Para tirarmos a dúvida, consultamos o Dicionário de Hieróglifos Egípcios (Wallis Budge) quanto ao nome ARI-KAT. O hieróglifo do OLHO, na verdade o SOL ALADO significa: ARI = CRIAÇÃO, ou CRIAR. Já o hieróglifo do duplo, ou KA, é seguido da meio círculo que representa a consoante "T" - portanto = ARI-KAT! Já a palavra KAT prende-se a múltiplas interpretações, podendo significar: MASSA ou MOLDE. Portanto, ARI-KAT significaria: - CRIAR A MASSA, OU CRIAR O MOLDE! Por sua vez, o determinativo do egípcio ao lado representa um trabalhador, ou o trabalho humano nesse processo! Não importa. O principal de tudo é sabermos de ONDE teria vindo, e QUEM entregou tal tecnologia aos Antigos Egípcios!...

 

... IMHOTEP cujo nome no antigo idioma egípcio significava: - "AQUELE QUE VEIO EM PAZ", foi um dos mais misteriosos personagens presentes naquela Civilização. Serviu ao faraó Djoser, da Terceira Dinastia, na função de vizir ou chanceler e ainda como sumo-sacerdote do Deus-Sol Ra, ou ATEN, em Heliópolis. É considerado o primeiro arquiteto, engenheiro, médico e químico da história antiga e construiu a Pirâmide Escalonada de Saccara, bem como a sua vasta rede de túneis subterrâneos que atingem uma extensão de 5,5 quilômetros! Em razão dos grandes avanços que proporcionou àquela civilização, embora representado sob a forma humana chegou a ser adorado como uma divindade. E da mesma forma como surgiu veio a desaparecer misteriosamente! Faz sentido: o seu estranho nome talvez guarde um segredo ainda mais profundo: - "AQUELE QUE VEIO EM PAZ"? - Sim, mas VEIO DE ONDE? Um sábio da perdida ATLÂNTIDA?... Ou quem sabe VINDO DE "MAIS ALÉM"? Tudo, então, resulta muito simples, extremamente evidente - tal como já escrevera o notável egiptólogo alemão Otto Neugebauer: - "A Ciência Antiga foi produto de poucos homens, porém resulta que esses poucos homens não eram egípcios"!

 

 

 

 

RETORNAR AO INDEX