Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

FACE A FACE COM O INUSITADO!

"A interpretação total da História como progresso vacila quando consideramos que essas estátuas e pinturas, apesar de numerosas, talvez sejam apenas uma fração infinitesimal da arte, que expressou ou enfeitou a vida do homem primitivo. O que permanece é encontrado em cavernas, onde os elementos são, de certa medida, mantidos sob controle; não se conclui daí que os homens pré-históricos eram artistas somente quando nas cavernas. Eles devem ter esculpido tão diligente e ubiquamente quanto os japoneses, e podem ter modelado uma estatuária tão abundante quanto a dos gregos. Podem ter pintado não apenas rochas em cavernas, mas tecidos, madeiras, tudo. Podem ter criado obras-primas bem superiores aos fragmentos que subsistiram!"

(Dr. Will Durant)

 

O ano de 2003 termina com uma espantosa surpresa: o nosso Módulo de Prospecção Solar SOHO continua sendo seguido, ou quem sabe observado, pelos misteriosos UFOs na sua trajetória pelo espaço sideral. Um desses UFOs, contudo, captado pela câmera de retaguarda do módulo (foto), traz uma luz bastante reveladora naquilo que tange ao nosso remoto passado. E muito principalmente à nossa História desconhecida:

 

Ei-lo, em uma outra foto tomada quando esteve em maior aproximação do SOHO. Observe bem e tente responder: o quê exatamente lembra o seu curioso e inusitado formato?

 

E se você respondeu, - "Com o Sol Alado do Antigo Egito", parabéns porque acertou em cheio! Compare essa imagem coma foto anterior e tire a suas próprias conclusões. Não é mesmo chocante? Que espécie de espaçonave seria essa e que ligações tão estreitas assim teria com as mais evoluídas civilizações do nosso oculto passado?

 

Obviamente, e assim atestam todas as evidências (por sua vez incontestáveis) uma certa raça de tripulantes dos UFOs esteve intimamente ligada à evolução humana e também aos fatos históricos mais relevantes. Reveja esta antiga pintura retratando a Anunciação do nascimento de Jesus Cristo, feita à Virgem Maria pelos "Anjos". Olhe bem aquilo que está ao fundo da imagem, na parte superior direita - ampliada no destaque bem abaixo. E também não esqueçamos que uma certa "estrela", extremamente inusitada, guiou os Três Reis Magos ao local do seu nascimento! Não é mesmo sutil?

 

Marte, o planeta vermelho, continua nos propondo enigmas. Esta foto, recentemente divulgada, nos mostra na sua extremidade direita os vestígios de antigas ruínas - possivelmente antigas cidades!

 

Outra foto de Marte mostrando por sua vez as marcas de antigas ruínas. Quem pode, pois, negar que a vida é uma condição matemática em todo o Universo?

 

Este curioso topo de montanha, situado nas proximidades de Piramid Lake, Nevada, EUA, também nos mostra as antigas marcas de uma perdida civilização que espantosamente esculpia montanhas. Trata-se do perfeito rosto de uma desconhecida criatura e fita o espaço sideral, tendo sido elaborada precisamente para ser visto do alto - há milhares de anos atrás e em uma época em que obviamente os aviões não existiam! Sinais para os antigos astronautas? Muito provavelmente SIM!

 

O certo é que, muito antes dos nossos aviões cruzarem os céus, os UFOs já andavam mesmo por aqui. Essa impressionante (e por sinal a mais bem escondida de todas) pintura rupestre, foi encontrada nas Grutas de Altamira - Espanha - onde, aliás, existem os retratos de muitas outras dessas intrigantes máquinas voadoras - além de belíssimas e multicoloridas pinturas de animais selvagens. Tudo isso, segundo os tratados convencionais, foi feito há milhões anos atrás pelos assim chamados "homens da cavernas" - os quais, como se pode ver pelos detalhes muito bem elaborados dessa pintura (como também de todas as outras imagens lá encontradas), de "primitivo e bárbaro" não tinha absolutamente NADA!!

 

E eis aqui uma outra pintura rupestre, localizada em uma caverna dos EUA, e que nos mostra a incontestável imagem de uma alienígena do tipo "gray"!

 

Nos dias de hoje, o homem moderno (cuja capacidade cerebral, aliás, é até inferior à dos chamados homens primitivos, os nossos 1400 centímetros cúbicos contra os 1590/1715 cc deles!) dispõe dos mais modernos recursos, tais como as filmagens e a fotografia, não necessitando, portanto, assim como seus remotos ancestrais, desenhar nas rochas tudo aquilo que efetivamente vê. Aqui as inegáveis - e além de tudo declaradas autênticas pelas autoridades que as examinaram - fotos de uma criatura alienígena do tipo humanóide (à direita em negativo), tomadas pelo policial norte-americano Alan Godfrey em 1 de dezembro de 1987. Trata-se do famoso Caso Ilkley Moor, acontecido na localidade do mesmo nome, situado no Distrito de Yorkshire. Alan, inclusive viu o enorme UFO que espreitava a paisagem e até tentou perseguir a criatura humanóide, contudo não se lembrando de mais nada após isso - o que sugere o famoso lapso de memória e tempo que invariavelmente ocorre com os abduzidos. A bússola que trazia no seu equipamento policial ficou completamente danificada devido a uma forte interferência desconhecida, talvez de natureza eletromagnética. E sob regressão hipnótica ele revelou que efetivamente fora seqüestrado para o interior do UFO e examinado por criaturas pequenas, dotadas de grandes olhos negros e enormes dedos como se fossem garras. Examinado longamente através de um dispositivo luminoso, viu também em uma espécie de tela várias cenas do nosso planeta mostrando a destruição ambiental e também certas outras coisas que se recusou a revelar aos pesquisadores pelo fato de "ter jurado segredo".

 

Aliás, não é novidade alguma - haja vista que esses estranhos seres nos acompanham mesmo desde os tempos mais distantes da nossa História. Acima vemos duas múmias "egípcias". A da esquerda, batizada pelos arqueólogos de "From Sirius" ("Proveniente de Sirius"), e a outra encontrada no interior da tumba do faraó Tutankhamon - da XVIII Dinastia Egípcia. Obviamente se trata de alienígenas da tipologia "gray" - ou "cinzas"! Pequenos, dotados de grandes olhos e dedos pontiagudos!

 

Coisas estranhas efetivamente têm sido encontradas no milenar Egito. Certas múmias, digamos, "diferentes dos padrões tradicionais", são pertencentes a várias espécies de criaturas jamais existentes no nosso planeta...... Ou, melhor dizendo, sequer originárias dele! Conseqüentemente, dão sumiço a elas ou são muito bem escondidas dos grande público em centros secretos de pesquisas ou nos porões lacrados dos museus! (FOTO: National Geographic)

 

Veja, por exemplo, esta outra "curiosidade", encontrada em Paracas, Peru, localidade próxima às misteriosas linhas e as intrigantes figuras existentes no Planalto de Nazca - feitas sabe-se lá por quem em tempos imemoriais e todas elas voltadas, tal como uma gigantesca espécie de mensagem, para o espaço exterior! (FOTO: National Geographic)

 

E nesta outra imagem, também da National Geographic, vemos estranhas múmias encontradas em Papua - Nova Guiné. Observe-as com atenção: uma estranha tipologia humana, como tantas e tantas outras encontradas por todo o planeta, porém jamais divulgadas!

 

Na foto, mais uma visão das espantosas ruínas encontradas em território norte-americano e pertencentes a uma estranha e milenar cultura batizada de "Anasazi", a qual habitou essas terras muito antes dos remotos ancestrais dos indígenas americanos. Não é surpreendente?

 

Outro detalhe das intrigantes ruínas Anasazis. E, a propósito, você sabia que na linguagem dos Índios Navajos a palavra "Anasazi" literalmente significa...... ANTIGOS ALIENÍGENAS??? Sem dúvidas, existem mesmo muitos segredos que não interessam à humanidade conhecer.

 

E também nos campos da Biologia e da Zoologia, muitos segredos e mistérios são cuidadosamente preservados. Nesta antiga foto, originária dos primórdios da fotografia, você vê um grupo de soldados norte-americanos orgulhosamente ostentando a sua insólita caça do dia: nada menos que um animal pré-histórico que se julgava extinto há muitos milhões de anos.... uma espécie de "morcego gigante", ou possivelmente um Pterodáctilo!

 

E nesta outra, por sinal já bastante desgastada pelo tempo, podemos ver uma cena semelhante. Também abatido pelo Exército Americano ao que parece nos tempos do Velho Oeste, trata-se sem dúvida alguma de um Pterodáctilo - o temível réptil voador que era o terror dos chamados "homens das cavernas", uma vez que estes eram uma das suas "iguarias" favoritas! Aliás, os antigos indígenas norte-americanos conheciam muito bem essas horrendas criaturas predadoras e até as reverenciavam com o nome de Thunderbird (O Pássaro do Trovão)! Repare bem na envergadura e na cabeça do monstro!

 

Mais uma antiga foto daqueles heróicos tempos: um menino segura o que parece ser o filhote de um curioso réptil voador não-identificado. Repare nos estranhos detalhes da cabeça e cauda do bizarro animal. Estariam mesmo totalmente extintos os temíveis monstros da pré-história? Obviamente NÃO!

 

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA VER MAIS FOTOS

Próxima Página

Página Anterior

WITCHAVEN music