Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

ASSIM COMO EM MATRIX

"O importante não é conhecer o caminho mas, sim, saber como trilhá-lo"

(MATRIX)

 

O filme MATRIX, a superprodução e um grande sucesso de bilheteria de Holywood, trata de um tema de ficção bastante interessante e metafórico: a existência de uma realidade que desde o nascimento nos é escondida através das mais variadas manobras e também de certas avançadas técnicas de ilusionismo. Assim, as pessoas comuns, as vítimas desse engano, não se apercebem disso e até mesmo não se interessam em vê-la, ou buscá-la, voltadas que estão - tal como repetitivos autômatos - em cumprir os preceitos (e os preconceitos) dos padrões vigentes em uma dita "civilização", os quais fazem partes integrantes das rotinas do seu dia-a-dia. Assim sendo (e tal como em MATRIX porém jamais uma ficção), não duvidemos disso: a Realidade Fantástica - uma espantosa verdade oculta - justamente aquela que insistem em esconder de nós tapando os nossos olhos, realmente existe e está sempre bem ao nosso lado!

 

Comecemos então com um dos principais representantes dela: Os UFOs, Discos Voadores, ou como quer que eventualmente possam ser chamados, são REAIS - existem de fato! E da mesma forma jamais poderíamos negar a existência da vida como um fator matemático em todo o Universo. Na foto, você vê uma sensacional tomada de uma transmissão de TV ao vivo, realizada em 17 de julho de 1998 por uma emissora de Edinburgo, Escócia, na qual as evoluções de um nítido UFO no céu noturno foram longamente acompanhadas pelas câmeras da atônita equipe de reportagem. E tais incursões misteriosas a este nosso mundo não são novidade alguma e se fazem presentes desde os tempos mais remotos da pré-história! Obviamente, somos visitados por várias raças, cada uma delas com os mais diferentes objetivos. Contudo, existe uma imensa lacuna na nossa História e principalmente no caminhar evolutivo das mais antigas e avançadas culturas. Este sim, é o verdadeiro ELO PERDIDO, que deve ser procurado e com o qual os cientistas dotados de bom senso e sobretudo de mentalidade aberta deveriam se preocupar, rompendo corajosamente todos os ultrapassados tabus, uma vez que todas as evidências indicam que um fantástica influência VINDA DE FORA marcou de forma indelével o passado terrestre!

 

E há insólitos vestígios que assim o atestam! Estranhos alfabetos e curiosos sinais espalham-se por todos os quadrantes deste nosso pequeno mundo. O painel acima, composto por um estranho simbolismo que mais lembra uma antiga linguagem cifrada de computador, foi encontrado na misteriosa Austrália. Que segredos muito antigos encerraria esta estranha mensagem?

 

Os velhos murais certamente registram todos os surpreendentes fatos ocultos da nossa verdadeira História. Antigas civilizações, muitas das quais certamente vieram "de fora", aqui deixaram as indeléveis marcas da sua passagem! Sim, muito embora tentem negar, o remoto passado terrestre abrigou fantásticas culturas - muitas delas situadas para muito além do nosso atual patamar tecnológico e evolutivo!

 

Em Utah, EUA, prospecções arqueológicas por sua vez descobriram algo verdadeiramente fantástico: inúmeras placas elaboradas no mais puro cobre, contendo caracteres alfabéticos e símbolos inteiramente desconhecidos. E além de tudo talvez originárias dos recuados tempos ditos pré-históricos!

 

Essas surpreendentes placas de cobre inegavelmente são os antigos registros de uma perdida e muito avançada civilização do passado, a qual, muito embora também costumem negar, um dia habitou o território em que hoje se situa a América do Norte......

 

...... Acima você vê os intrigantes detalhes de mais algumas dessas estranhas placas, significando que, em uma época em que se julgava que os homens da Terra eram apenas semi-macacos bárbaros, uma prodigiosa civilização praticava a fundição dos metais nobres. E além de tudo possuía uma avançada forma organização social, dotada da habilidade da escrita e da comunicação. Quem sabe os refugiados das catástrofes que vitimaram as perdidas Lemúria ou Atlântida?

 

Ou quem sabe refugiados de um planeta que entrou em extinção? Devido às suas insólitas carcaterísticas físicas, como também as suas intrigantes anomalias, já está quase provado que os satélites marcianos Phobos (foto) e Deimos são, na verdade, ARTIFICIAIS - colocados, ou atraídos, em épocas muito recuadas pelos seus antigos habitantes de modo a promover uma melhor estabilização da sua órbita planetária!

 

Tudo é mistério. Mas na madrugada do dia 17 de novembro de 1954, Alberto Sanmartin deparou-se nas cercanias de Madri, Espanha, com um UFO pousado ao solo e um dos seus respectivos tripulantes. O ser, dotado do tipo humano, isto é, semelhante a nós, era alto e dotado de rara beleza, vestindo um macacão azulado. Sem dizer qualquer palavra, mas irradiando uma intensa aura de serenidade e bondade, entregou ao atônito espectador uma espécie de pedra contendo estranhos símbolos (foto superior e ilustração dos sinais abaixo) e logo após partiu no aparelho. Essa pedra, batizada de "A Pedra do Espaço", foi severamente examinada por laboratórios espanhóis e até brasileiros, tendo um professor de mineralogia da Universidade de Madri declarado: - É muito rara esta pedra e provoca reações estranhas. Pudera! as conclusões dos cientistas revelaram que as suas características eram totalmente diferentes dos padrões minerais conhecidos. Seu sabor era salgado, muito embora não contivesse sal! Não podia ser artificial pelo fato de ter uma uniformidade constante. Por outro lado, NÃO PODIA SER NATURAL devido à presença de Alumina (AI2O). Conclusão geral: "NÃO FOI POSSÍVEL CLASSIFICÁ-LA À ESPÉCIE MINERAL DA SOCIEDADE AMERICANA DE GEOLOGIA". Em suma: não era mesmo terrestre! Apesar das várias tentativas no sentido de decifrar a mensagem nela contida, todas as experiências resultaram infrutíferas. Contudo, tais signos se tornam extremamente reveladores se compararmos com as misteriosas inscrições e os simbolismos encontrados nos mais enigmáticos sítios arqueológicos espalhados por todo o planeta - Egito, Américas do Sul, Centro e Norte, Austrália e assim por diante! Ou seja, os caracteres são IDÊNTICOS e por sinal estão aqui no nosso mundo há milhares, ou talvez milhões de anos! Enfim, como para um bom entendedor um pingo se torna letra, a mensagem silenciosa, porém altamente simbólica e que portanto não necessita de qualquer tipo de tradução, claramente significa: SOMOS OS SEUS VERDADEIROS ANCESTRAIS!

 

Aliás, a óbvia influência de certas raças alienígenas acham-se mesmo espalhadas por toda a Terra - notadamente na arquitetura que, por sinal, parece ter um ponto em comum com as fantásticas pirâmides. À esquerda, uma das inúmeras pirâmides existentes no solo do distante planeta MARTE e, à direita, aquelas existentes não só no Egito como também em todas as Américas do Sul e Central, além da Europa, e Ásia. Qualquer semelhança não terá sido mera coincidência!

 

Da mesma forma que todo o subsolo do nosso enigmático planeta é comprovadamente percorrido por uma extensa rede de galerias e túneis, cujos vastos complexos abrigam os vestígios de uma antiga colonização do nosso mundo por uma raça desconhecida.... Cujos remanescentes talvez ainda os habite! Nas profundas e infindáveis cavernas (como por exemplo no Grand Canyon, EUA) têm sido encontradas não só as múmias de criaturas desconhecidas e os mais estranhos esqueletos, como também certos artefatos verdadeiramente alucinantes que por sua vez são escondidos do público em face do seu caráter verdadeiramente fantástico e inusitado. Tudo isso de modo a não contrariar os velhos padrões estabelecidos!

 

Padrões vigentes, como também solidamente estabelecidos e intocáveis, que não deixam, por exemplo, você saber que algumas raças muito estranhas estiveram, ou viveram, de fato, aqui pela superfície da Terra. A descoberta de certas múmias bastante estranhas e no mínimo "diferentes" assim o atestam - porém você jamais as verá expostas nos museus ou mesmo nas ilustrações dos livros e tratados oficiais!

 

Mas, por sua vez, a Arqueologia Insólita cada vez mais é brindada com a descoberta de certos artefatos que, por sinal, teoricamente jamais deveriam ter existido em plena época conhecida como pré-história! Essa obra-prima, elaborada no mais puro ouro, representa nada menos que o formato de um foguete, ou quem sabe um cartucho de munição pesada - precisamente um obus! Vários deles, presumivelmente originários da chamada "Idade do Bronze" foram encontrados em quase toda a Europa (Suiça, Alemanha e França) e foram oficialmente classificados como "vasos cerimoniais" - que por sinal de "vasos" não têm nada! Eles, ainda por cima, são recobertos de misteriosos caracteres e estranhos símbolos. Cientistas alemães, tal como o Professor Wilfied Menghin, diretor do Museu de Berlim onde o surrealista objeto acima acha-se guardado, apuraram que esses curiosos artefatos dizem respeito a uns certos "Senhores do Tempo que tinham acesso a um divino conhecimento que lhes possibilitava olhar em direção ao futuro". surpreendentemente, esses cientistas constataram que a superfície desse "cone", como eles assim o chamam, representa um CÓDIGO CIENTÍFICO que corresponde exatamente ao "Ciclo Metônico" que viria a ser descoberto pelo astrônomo grego Meton 432 anos antes de Cristo! Esses símbolos são, na verdade - e quem diz isso são esses mesmos cientistas - "uma tábua logarítimica que espantosamente representa e até mesmo EXPLICA a correta relação existente entre a Lua, os anos e os movimentos solares"!!!

 

Sim, um saber muito antigo e extemporâneo, vindo sabe-se lá de onde e principalmente como, circulou pelo mundo através de diversas épocas, passando de geração em geração e ainda hoje causando assombro e perplexidade em face da sua espantosa precisão - impossível de ter existido nas épocas em que certos achados arqueológicos foram originados. Na foto, você vê um exemplo típico: precisamente o curioso "Atlas Catalão"! Possivelmente copiado de alguma antiga fonte no ano 1375 (tal como o foi fantástico Mapa de Piri Reis), apresenta um altamente preciso calendário perpétuo, além de diversos mapas terrestres e um diagrama cosmográfico.....

 

...... Um trabalho altamente complexo, composto por seis folhas elaboradas em ouro e prata, além de tintas especiais, o chamado "Atlas Catalão" traz ainda outras grandes surpresas nos seus textos - tais como: enfatizando a esfericidade da Terra; os signos zodiacais; as tábuas das marés em todo o mundo; instruções para orientação marítima; as posições e as fases lunares; a representação exata de todos os planetas do nosso Sistema Solar; também os diagramas altamente precisos de várias constelações..... E ainda por cima uma alusão à "INSULA BRASIL", ou seja, a existência do território brasileiro muito anos antes de ser oficialmente descoberto pelos navegadores portugueses no ano 1500! Quem, pois, fez um levantamento cósmico e também cartográfico do nosso planeta muito tempo antes de as grandes descobertas terem sido efetuadas?

 

As diversas influências alienígenas não parecem ter sido privilégio exclusivo de um passado muito remoto. Como sabemos, houve várias dessas influências, tanto no campo religioso quanto no despertar e no progresso de muitas civilizações. Contudo, houve também certas influências quase que contemporâneas, podendo ser classificadas como contrárias ou negativas, e que vieram a abalar profundamente o desenrolar da nossa História. Um exemplo típico você vê nas fotos acima: uma estranha aliança entre a Alemanha nazista e algumas entidades extraterrestres desconhecidas (aliás chamadas pelos altos dirigentes do Terceiro Reich de "superiores desconhecidos"), as quais a ela entregaram entre 1939 e 1945 o domínio de certos conhecimentos ainda hoje não disponíveis no Terceiro Milênio: precisamente os UFOs! À esquerda, um cientista ou soldado alemão inspeciona a base plana de um deles e, ao lado, temos um dos Discos Voadores nazistas em pleno vôo!

 

E em outubro de 2003, a comunidade astronômica ficou em polvoroso diante daquilo que os telescópios mostravam e que foi divulgado como sendo uma das maiores explosões solares jamais vista. Foi então, pronta e devidamente, divulgado um alerta geral no sentido de que tal "explosão solar" iria acarretar uma enorme perturbação nas comunicações em geral, nas transmissões dos satélites, tempestades eletromagnéticas e assim por diante. Porém, nada disso do que era esperado aconteceu. Observe com bastante atenção esta foto do nosso Sol, tomada através de um filtro apropriado e mostrando a tal "explosão". Com o que lhe parece?

 

Bravo! Se você respondeu que parece com um enorme UFO acertou em cheio! Volte para a foto anterior e repare que a tal sutil e além de tudo marotíssima "explosão solar " parece estar situada bem afastada do sol, precisamente a meio caminho entre ele a nossa Terra!

 

E reveja a imagem, agora através de um outro diapositivo. Os contornos do UFO são inegavelmente nítidos! E até prova em contrário nada nos convence da explicação oficial. E afirmar que isso é uma "explosão solar" não seria o mesmo que inutilmente tentar tapar o próprio Sol com uma peneira? Tudo é, de fato, MATRIX!

 

Próxima Página

Página Anterior

HERETIC music