Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

A TERRA ANTES DA TERRA

"Sempre achei que o homem é um estranho neste planeta. Um completo estranho. Sempre me divertiu a idéia de que a semente do homem talvez tenha sido um contágio do espaço exterior. Daí a nossa prévia ocupação com o céu, o firmamento, as estrelas e os deuses, algures, no espaço exterior"

(Eric Hoffer)

 

Tudo é realmente muito estranho. Em agosto de 2003, este bizarro animal marinho foi capturado pelas redes de um pescador em São João da Barra, litoral do Estado do Rio de Janeiro. Trata-se de um filhote de cação (da família dos tubarões e igualmente predador), dotado de duas cabeças! Segundo os biólogos marinhos, trata-se possivelmente de uma "raríssima anomalia". Mas... E se não for uma "raríssima anomalia" e se tratar de uma espécie ainda desconhecida, como tantas outras que freqüentemente surgem dos mares? E se isso era apenas um filhote, imagem se o deixassem crescer! (FOTO: Jornal O DIA, Rio de Janeiro)

 

Sim, esses "fantasmas" no entanto bem reais - tanto da terra, quanto do céu e também do mar - igualmente se manifestam no espaço exterior! Essa impressionante foto, obtida pelo astronauta Neil Armstrong por sobre o nosso planeta, nos mostra, bem na extermidade direita, um curioso "espectro" esverdeado.......

 

.,..... Aqui visto com maiores detalhes.

 

Bastante semelhante, aliás, àquele outro fotografado pelo astronauta Pete Conrad!

 

E foi novamente Neil Armstrong que conseguiu captar mais dois deles em órbita da Terra!

 

E essa outra estranha luminosidade foi fotografada por um módulo da NASA, igualmente espreitanto o nosso planeta! Só que não são "fantasmas" ou espectros no verdadeiro sentido da palavra. São eles mesmo, os UFOs, criando ao redor de si uma intensa cortina eletromagnética durante as suas manifestações!!! E este aí da foto ainda dirige um potente facho de luz na sua vertical!

 

Aqui, mais dois UFOs flagrados pelo astronauta Frank Borman na cápsula Gemini, como sempre se manifestando na órbita terrestre. Como se pode negar algo tão gritante quanto isso? E note-se ainda um outro UFO bem ao centro da imagem!

 

E, por sua vez, o astronauta John Glenn foi bafejado pela sorte durante a Missão Mercury ao fotografar um outro nítido UFO quando sem a menor cerimônia acompanhava e espreitava a curta distância a sua cápsula espacial!

 

E nesta outra foto, você vê um astronauta tendo um UFO na linha do horizonte lunar. Diante da celeuma que causou, trataram logo de classificar como sendo o Sol - um "sol" de formato discóide e marotíssimo por sinal.

 

E o quê teriam a dizer os céticos diante desta outra foto da própria NASA, tomada pelos tripulantes de um módulo espacial? Não há o que discutir: o UFO é inquestionavelmente nítido! Portanto, NÃO ESTAMOS SÓS NA INCOMENSURÁVEL VASTIDÃO DO UNIVERSO. E existem mesmo certos laços que nos ligam ao espaço exterior. As espantosas provas, tal como o tubarão de duas cabeças, existem e iremos vê-las justamente agora:

 

O espaço sideral verdadeiramente guarda mistérios! Em 27 de agosto de 2003, Marte, o planeta vermelho, cumpriu um ciclo de aproximação com a Terra, ficando a "apenas" 55.760 milhões de quilômetros do nosso planeta, o maior em 60 mil anos e que somente irá se repetir no ano 2287. E como se trata de um assunto oportuno, veja mais outra surpreendente foto da superfície marciana, mostrando, ao centro, um enorme rosto voltado para o espaço, acompanhado por diversas e bastante nítidas estruturas piramidais!

 

E agora voltemos à nossa Terra, mostrando a você os chamados "Colossos de Memnon", no Egito. Observe bem a foto.

 

E retornemos então a Marte, onde foram fotografados esses dois enormes monumentos - espantosamente semelhantes aos Colossos de Memnon! Até mesmo a distância entre as duas estruturas é semelhante! Conforme extensamente mostrado em inúmeras páginas anteriores deste Site, alguns monumentos do Antigo Egito apresentam notáveis semelhanças com com as intrigantes ruínas espalhadas pela superfície marciana. Tudo isso não pode se tratar de mero acaso. Teriam sido os antigos "deuses" e iniciadores da Civilização Egípcia os refugiados da catástrofe que extinguiu a vida no planeta vermelho? Como as evidências não mentem, TUDO parece indicar que SIM!

 

E agora observe com bastante atenção esta foto tomada pelo módulo Mars Orbital, da NASA, novamente por sobre a avermelhada superfície de Marte. O quê lhe parece? Se você respondeu que possivelmente são as ruínas de uma colossal ESFINGE, semelhante à de Gizé, no Egito, terá acertado em cheio! Veja, por exemplo, uma das patas que restou inteira, bem na extremidade inferior direita! E até parece ainda que este local sofreu uma espécie de bombardeio, propositadamente tendo escolhido o colossal monumento como alvo. Veja as marcas do impacto central! Teria sido uma guerra que há milênios sem conta destruiu a civilização em Marte? Tudo também parece indicar que SIM!

 

Alguma dúvida? Observe então a ampliação dessa perfeita pata da esfinge marciana!

 

E neste relevo vemos Horus, "o falcão celeste" - uma importante divindade do panteão egípcio.....

 

..... Pois, além das pirâmides, dos rostos e dos outros intrigantes monumentos que de maneira assombrosa o associam ao Antigo Egito, o planeta Marte apresenta ainda algumas espantosas surpresas que reforçam essa evidência. Observemos bem na extremidade direita desta foto e encontraremos o perfeito rosto do mesmo deus-falcão HORUS!!! E você sabia que no Antigo Egito Marte era chamado de "Heru-Tesher", ou seja, "O Horus Vermelho"? E também (e muito sugestivamente) "A estrela do paraíso que deve ser buscada no retorno"!

 

CLiQUE NA IMAGEM ACIMA PARA VER MAIS FOTOS

 

Próxima Página

Página Anterior

Urban (Lee Jackson)