Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

ESTRANHAMENTE REAL!

"Há alguma coisa estranhamente irreal no panorama de um animal que vivia em árvores tornar-se um bípede que pode fazer máquinas para singrar a água, rolar pela terra ou voar pelos ares ou no espaço interplanetário, enquanto os seus "primos" retardados ainda saltam de uma árvore para outra"

(Andrew Tomas)

 

Essa nebulosa, presente em um afastado rincão do Universo, é conhecida como "O Olho de Deus". E guardadas as devidas proporções, a semelhança com um globo ocular humano é realmente notável, bem podendo ter servido de inspiração para as antigas Escolas de MIstérios que adotaram (e seus sucessores até hoje adotam) o simbolismo do "Olho que Tudo Vê", ou "O Olho da Divindade", para reverenciar a Onipresença do Grande Arquiteto do Universo. E se assim o foi, QUEM poderia ter viajado através do espaço sideral naqueles recuados tempos e transmitido esse conhecimento às mais antigas culturas da Terra, como por exemplo para a Civilização Egípcia de onde, aliás, proveio essa Tradição e este alto simbolismo?

 

Sim, vivemos rodeados pelo Misterioso Desconhecido e pelo inexplicável! Voltemos agora ao insólito cadáver de Ötzi, um exemplar perfeitamente conservado do chamado "homem pré-historico" que foi encontrado nos eternos gelos dos Alpes em 1991 (foto).

 

Essa sensacional descoberta abalou as carcomidas estruturas do convencionalismo, uma vez que junto a este cadáver foram encontrados todos os apetrechos do seu dia-a-dia, provando definitivamente que se tratava de uma criatura muito avançada para a sua época - e além de tudo jamais pertencente à família dos primatas, a qual tentam impingir como sendo os "nossos ancestrais".

 

Uma visão do rosto de Ötzi, como assim foi batizado pelos atônitos cientistas em razão de ter sido encontrado no Maciço de Ötzal, localizado na fronteira da Itália com a Áustria.

 

Como, aliás, já vimos na página anterior, ele usava sofisticadas roupas (inclusive peças íntimas), sapatos, polainas, manto.... E na ilustração acima você vê outra reprodução científica, elaborada de acordo com os vestígios encontrados junto ao corpo - todos também em perfeito estado de conservação.

 

Ötzi, ou seja lá qual tenha sido seu verdadeiro nome, usava armas (machadinha e punhal rudimentares) e até mesmo uma peça de ferro fundido (direita). Como foi possível se, de acordo com aquilo que os tratados convencionais nos ensinam, a técnica de fundição dos metais era absolutamente impossível de existir nos remotos tempos pré-históricos? E a datação efetuada através da tecnologia do Carbono-14 revelou que aquele corpo tinha uma idade de PELO MENOS 5,2 mil anos!

 

Mas o quê afinal de contas causara a morte de Ötzi, já que a autópsia e a perícia técnica, efetuadas por médicos e cientistas, revelaram que se tratava de um homem sadio, alto, forte e que tinha inclusive várias fraturas consolidadas? Observe bem a radiografia acima e tente descobrir.....

 

Sim, isto mesmo! O círculo amarelo nos mostra a verdadeira causa-mortis de Ötzi: UM GRANDE PROJÉTIL, possivelmente disparado por uma espécie de arma.... Semelhante às nossas modernas armas de fogo, ou talvez mesmo pior do que elas, pois não atingira uma região considerada vital e mesmo assim fora rápida e mortífera! Mal comparando, algo quase idêntico à nossa munição "hollow point", a chamada "munição cruel" que literalmente se abre dentro do corpo da vítima, causando imensos estragos e a morte quase certa, onde quer que atinja! E isso em plena época pré-histórica onde, de acordo com a Ciência tradicional, somente "macacos embutecidos e semi-humanos" vagavam a esmo pela superfície da Terra! QUEM, pois, teria disparado este tipo de arma, aliás "inexistente" nos tempos ditos pré-históricos? E quando essa espantosa evidência veio à tona, logo trataram de dar sumiço a essas radiografias, como sempre tentando tapar a luz do sol com uma peneira, e disseram que se tratava de uma "ponta de flecha" - cuja haste por sinal jamais foi encontrada no corpo, ou sequer junto a ele como seria lógico!

 

E note-se, ainda, que não ocorreu a necessária e forçosa laceração dos tecidos na trajetória diagonal da suposta "flecha". Uma "ponta de flecha" que por sinal jamais penetraria sozinha no corpo de alguém, como foi o caso! Ötzi foi realmente caçado! E o atirador o surpreendeu, atingindo-o de baixo para cima..... E estava posicionado em uma região montanhosa bem abaixo dele, precisamente em um ângulo de tiro de cerca de 45 graus!

 

Nada de novo nisso! Esse esqueleto de um animal pré-histórico (um ancestral do bisão), exposto no Museu de Paleontologia de Moscou, revela, por exemplo, que o imenso animal fora abatido há mais de 10 mil anos, através de uma arma bastante semelhante às nossas! O orifício de entrada do projétil (que por sinal trespassou o crânio) pode ser visto bem ao centro. E não houve fraude alguma! O sítio arqueológico onde o esqueleto foi encontrado estava intocado desde milhares de anos! E ainda por cima os perplexos cientistas soviéticos atestaram que foi mesmo a utilização de uma potente arma, talvez uma espécie de raio laser, que liquidou aquele animal! Mas QUAL ARMA exatamente, e QUEM em plena era pré-história efetuaria tal disparo?

 

E COMO realmente sumiram da face da Terra as bestas primitivas que eram uma ameaça ao homem? Ninguém sabe a resposta exata. Especula-se que possa ter sido, há 60 milhões de anos, a queda de um metoro na superfície da Terra, o qual envenenou a atmosfera a tal ponto que inapelavelmente as destruiu. Tudo, porém, não passa de meras hipóteses e especulações.

 

Uma coisa, porém, é certa: MISTERIOSAMENTE, todos os esqueletos desses animais foram encontrados agrupados - significando que foram encurralados quando, apavorados, fugiam de alguma coisa! Muitos deles têm sido encontrados com os mesmos estranhos orifícios cujos projéteis jamais foram encontrados - ou se o foram não divulgaram. Então, a pergunta que inevitavelmente surge é: - Será que alguém "limpou" a área preparando a colonização do nosso planeta? Nada, nada mesmo é impossível!

 

E na remota pré-história até podem ter existido os ancestrais dos macacos, porém eles JAMAIS pertenceram à família humana! É preciso de uma vez por todas acabar com essa farsa! A espécie humana, isto é, A NOSSA, surgiu repentinamente há cerca de 100 mil anos entre os fósseis de outros seres meio-humanos, porém de famílias diferentes e com os quais conviveu até que esses últimos viessem a desaparecer por razões ignoradas. O chamado "Elo Perdido" simplesmente não existiu! Ou ocorreu a miscigenação de raças ou então os seres autóctones foram eliminados! Na antiga foto acima, datada de 1895, você vê as múmias naturalmente conservadas de mãe e filha que foram encontradas por mineradores em escavações efetuadas em Bridlevale Falls, Califórnia, EUA. Possivelmente, em épocas pré-históricas remotíssimas, a tumba em que os corpos de ambas repousavam foi soterrada devido a uma avalanche e o aluvião os conservou admiravelmente. Note-se a elevada estatura da mulher - uma raça desconhecida na América - bem como a sua delicada fisionomia. E principalmente que tanto ela quanto a criança.... Usavam ROUPAS!!!

 

E agora, Prezado Visitante, tente adivinhar o que é isso mostrado nessa foto. Apostamos que você não acertou! Mas trata-se de u'a MÁQUINA DESCONHECIDA..... E ainda por cima ORIGINÁRIA DOS TEMPOS DITOS PRÉ-HISTÓRICOS! Em 1990 o Governo Americano se apoderou e isolou às pressas uma área arqueológica, oficialmente "para desenvolver um projeto secreto", e de lá retirou essa raridade que adormecia nas profundezas do solo há quem sabe milhões de anos! E junto com ela havia outras - cerca de seis ao todo! Misteriosa e inexplicavelmente, sabe-se que todas elas foram fotografadas e depois devolvidas ao subsolo, tendo sido o local sumariamente interditado. E neste ponto em particular não existiriam meios-termos: ou se tratava de antigos artefatos alienígenas, aqui deixados no nosso planeta em tempos remotíssimos, ou então pertenciam a uma perdida civilização, altamente tecnológica e evoluída, que um dia habitou este nosso pequeno mundo e desapareceu!!!

 

Reveja a mesma imagem, colocada em negativo para melhor identificação dos detalhes! Não é simplesmente chocante? Para quê serviria e de onde teria vindo isso?

 

Sim, quase íamos esquecendo: tais máquinas ostentavam nas suas superfícies - METÁLICAS e por sinal incrivelmente íntegras e inoxidadas - uma série de misteriosos caracteres - alguns deles mostrados acima! Nunca existiu nada igual no nosso planeta! E por que motivo exatamente resolveram "esquecer" e abafar essa extraordinária - e além de tudo muito "embaraçosa" - descoberta? Por que temem a verdade?

 

Próxima Página

Página Anterior

HEXEN music