Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

FORBIDDEN IMAGES GALLERY - Galeria das Imagens Proibidas

"E cessai de compartilhar com eles nas obras infrutíferas, que pertencem à escuridão. Pois as coisas que eles realizam em segredo são vergonhosas. Ora, todas as coisas que estão sendo repreendidas são tornadas manifestas pela Luz, pois tudo aquilo que está sendo manifestado é Luz"

(Efésios, Cap.6, Vs. 11/12/13)

 

Aqui, você vê uma foto tomada por um satélite da NASA, mostrando uma grande região da Austrália, próxima à cidade de Maree. Aliás, o que você vê - bem ao centro - é até mesmo chamado de "O Homem de Maree" - precisamente aquela que é a maior imagem situada no solo da Terra, com quatro quilômetros e altura e 28 quilômetros de circunferência. E que unicamente pode ser vista e inteiramente compreendida..... Diretamente do espaço sideral e em aproximação da órbita do nosso planeta!!!!

 

Aqui, uma outra foto dotada de maior aproximação na qual se pode ver que a figura retratada não é bem uma figura de homem, mas sim a de uma estranha criatura - cuja face é bastante semelhante à de uma Íbis. Aliás, muito semelhante ao deus Toth que por sua vez era reverenciado no Antigo Egito! E obviamente trata-se de uma sinalização, mas PARA QUÊ? E COMO, mediante QUAIS técnicas, isso pôde ser feito na mais remota antigüidade? E QUEM precisamente o fez? Justamente por isso certas coisas, muito embora conhecidas, não são divulgadas, uma vez que se tornariam bastante incômodas e, forçosamente, muito "embaraçosas".....

 

Essa foto, tomada por um módulo da NASA, nos mostra um nítido UFO triangular - tendo a Lua ao fundo e sem a menor cerimônia deixando a atmosfera da Terra, rumo ao espaço exterior. Bastante embaraçoso!

 

E aqui outra foto NASA, "proibida", tomada no solo lunar: observe com bastante atenção o reflexo no capacete do astronauta.....

 

Agora observe bem o reflexo neste capacete de um outro astronauta. O quê você consegue ver, com bastante nitidez aliás?

 

Vamos facilitar as coisas: observe agora as ampliações daquelas duas imagens. Temos, na primeira, a inquestionável imagem de um "ET" do tipo humanóide, ou gray - bem ao lado ou se aproximando do astronauta. Na outra, a nítida imagem de um humanóide, refletida no plexiglass do capacete. Note-se que ambas as criatura refletidas não usam capacetes ou roupas espaciais, o que seria fatal para um terrestre no solo da Lua! Quem seriam eles então? E o quê exatamente estariam fazendo bem ao lado dos astronautas americanos no solo do noso satélite e, ao que parece, sem causar a eles muita surpresa?

 

Aliás, e por falar nisso, você lembra de uma página anterior na qual mostramos essas fotos em negativos dos 12 senadores americanos que seriam, segundo denúncias, criaturas "aliens" assumidas na forma humana e inflitradas no Legislativo Norte-Americano? Pois é, saiba que um deles foi EX-ASTRONAUTA e esteve em missão no solo da Lua! Muito sutil, não é mesmo? Retorne então para a primeira foto do capacete, lá em cima, e olhe bem o rosto do astronauta que parece mesmo estar se modificando, ou sendo afetado de alguma forma pela presença do "alien" !!! Ou quem sabe o "alien" não estaria lá fora..... mas, bem ao contrário, estaria se manifestando, "saindo de dentro dele" mesmo?

 

Nesta outra foto, um astronauta mostra uma pegada no solo lunar. Uma pegada que lá estava muito antes da chegada do primeiro homem na Lua e que, portanto e decididamente, não foi deixada por nenhum habitante da Terra!!! Isso, logicamente, provaria que não fomos os primeiros a alcançá-la. Não é mesmo extremamente embaraçoso?

 

Eis uma outra pegada, bem distinta e propositadmente deixada na Lua por sobre uma espécie de marco. Note-se o formato estranho e também que a criatura que a deixou estava descalça e possuía apenas 3 dedos no pé!!!

 

E veja nessa seqüência de fotos uma impressionante descoberta arqueológica efetuada na Califórnia, precisamente no Canyon de Kern River, Bakersfield! Em 1999, Erik Kaesberg, um explorador de veios auríferos, realizava juntamente com seu colega Jim Ferguson prospecções naquela área quando, surpreendentemente, ambos viram as suas lanternas iluminarem um poço fantasmagórico dentro do qual uma série de 26 estranhos e pequenos rostos parecia fitá-los! Refeitos do susto inicial, verificaram que se tratava dos restos fossilizados dos corpos das mais estranhas criaturas que jamais viram.....

 

...... Kaesberg acredita que se trate dos restos de criaturas alienígenas que visitaram ou morreram aqui no nosso planeta, ou então possivelmente tenham sido vítimas de um acidente com um UFO, ou uma outra espaçonave qualquer. E é claro que tentaram ridicularizar e até abafar a descoberta de Kaesberg, mas para total desespero dos prestidigitadores da verdade, esses fósseis, cuja idades remontam há milhões de anos, foram devidamente examinados através da Ressonância Magnética e da Tomogarafia Axial, exames estes que comprovaram que tais restos mortais foram pertencentes a desconhecidas criaturas biológicas - e que, portanto, um dia estiveram vivas!

 

Curiosamente, havia por sobre esses corpos petrificados uma laje de granito cuidadosamente colocada, como se ali tivesse ocorrido há muitos milhões de anos uma cerimônia de sepultamento!

 

Outro bizarro rosto fossilizado.

 

Outro estranho crânio......

 

..... E mais outro, dentre tantos! Quem teriam sido essas criaturas? As estranhas vítimas de um acidente com uma máquina voadora de um outro mundo, ocorrido nos remotíssimos tempos pré-históricos? Embaraçoso demais! (FOTOS: Erik Kaesberg)

 

E muito embora sejam máquinas realmente fantásticas e situadas para muito além do nosso próprio tempo, os UFOs não são absolutamente indestrutíveis ou sequer livres das falhas técnicas e dos acidentes. Na foto você vê o corpo calcinado de uma criatura humanóide que tripulava um deles - acidentado em 1948, em Laredo, EUA. E desde que a embaraçosa foto "vazou" e foi portanto divulgada - e como sempre para encobrir os fatos - oficialmente tiveram a coragem de dizer que isso aí em cima, vestindo inclusive uma espécie de macacão metálico que ficou aderido ao corpo, era um simples "macaco" que tripulava um vôo de experiência militar....!

 

Utah, EUA, 1968. Um outro UFO, aparentemente com problemas, aproxima-se vagarosamente de uma montanha.....

 

Sem dúvida descontrolado, ele repentinamente mergulha e explode por trás da elevação. O fato, aliás, teve várias testemunhas. E como se pode ver, até mesmo foi fotografado! Dizem que as autoridades militares cercaram o local, afastaram e silenciaram todas os curiosos e as testemunhas. E o assunto (como de costume sempre acontece) foi devidamente abafado, não tendo portanto chegado ao conhecimento da Imprensa. Contudo, quem tirou essas fotos foi paciente: soube esperar, deixando o tempo passar para divulgá-las. Os sempre presentes negadores dizem que se trata de uma fraude. Mas, se é que foi mesmo uma outra embaraçosa "fraude" temos que reconhecer que foi realmente muito bem feita.....

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA VER MAIS FOTOS

 

Próxima Página

Página Anterior

Rastan