Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

UMA PONTE PARA O DESCONHECIDO

"Se as cobaias tomadas como amostras características sofrem com as experiências às quais são submetidas, os nossos pesquisadores nem nisso pensam: na maioria dos casos, nem disso tomam consciência... E nem vamos verdadeiramente acusá-los de crime contra as cobaias. Mas quando um Uraniano (tripulante dos UFOs) toma uma amostra característica da fauna terrestre, um homem, por exemplo, e o submete a pesquisas por vivisseccionamento..... - Qual a diferença para o Uraniano?"

(Henry Durrant)

 

Em 1970, a NASA enviou para uma região situada na área do famigerado Triângulo das Bermudas, precisamente em direção a uma ilha na abrangência da Grand Cayman, uma expedição liderada pelo físico Dr. Jonathan Wright e além de tudo composta por vários técnicos munidos das mais sofisticadas aparelhagens de rastreio eletrônico. Durante três meses, consecutivos essa missão sigilosa de fato avistou uma intensa atividade dos UFOs naquelas paragens, entrando e saindo das águas do oceano como se ali tivesem uma base de operações. Porém, eles não foram lá unicamente para presenciar evoluções de UFOs. Então, qual teria sido o verdadeiro motivo daquela inusitada expedição? Vejamos um trecho do relatório por ela divulgado em março de 1971 (grifos nossos):

 

"Ficamos intrigados durante anos quanto ao que se passava nesta região. No Centro de Controle de Cabo Kennedy, recebíamos, sempre no momento das decolagens, estranhos sinais eletrônicos. Nossos intrumentos indicavam que provinham desta zona. SERES EXTRATERRESTRES teriam decidido observar os terrestres a partir de um dado local que, ao mesmo tempo, estaria situado bastante perto de um dos mais importantes centros científicos dos Estados Unidos. As Bahamas estão idealmente neste caso porque estes seres podem assim observar eletronicamente tudo que aí se passa. Ao mesmo tempo, PODEM TOMAR AMOSTRAS DA TERRA, CAPTURANDO OS AVIÕES E OS BARCOS QUE SE AVENTURAM NESTE TRIÂNGULO. Pode-se constatar que freqüentemente são aviões de turismo ou iates de recreio que desaparecem, o que não levanta nenhuma suspeita. Mesmo se há pessoas que, quanto a esse assunto, tiram as suas conclusões, a maioria não se inquieta quando uma rica personalidade desaparece com seu avião particular ou o seu iate de recreio. Mais precisamente, esses homens capturados constituem matérias de estudo que convêm perfeitamente aos seres do espaço..." - Prestou bastante atenção naquilo que acabou de ler, Prezado Visitante? Isso foi extraído de um relatório OFICIAL da NASA, formulado por um cientista e por sinal membro do seu próprio quadro funcional! Podemos constatar que aquele surpreendente relatório tácita e explicitamente diz que: 1) OS UFOS EXISTEM; 2) São tripulados por seres extraterrestres! 3) Possuem bases ou mesmo postos de observação aqui no nosso planeta; 3) E capturam, notadamente na área do Triângulo das Bermudas, navios e aviões, juntamente com seres humanos, como "matérias de estudos"!!!

 

Bem acima do Deserto de Gobi, em abril de 1970 e precisamente em uma zona desértica situada a nordeste, entre Ulan Bator (Mongólia) e e a cadeia dos montes Yahlonovyy, a Força Aérea Soviética juntamente com a Chinesa realizaram uma grande operação conjunta de bombardeio, que veio a culminar com a posterior deflagração de um artefato nuclear de pequena potência que deixou o céu intensamente iluminado. Um grupo de estudantes da Alemanha que visitava aquele país soube então que OS RUSSOS DESTRUÍRAM UMA BASE SECRETA DE UFOs, ao norte da Mongólia! Essa base que há muito já havia sido detectada, era composta por enormes redes de túneis subterrâneos e algumas edificações em forma de pirâmides! O jornalista francês Pierre Gardin também obteve a confirmação dessa fato, entrevistando a população local e alguns apavorados refugiados daquela zona. Estes, tanto de nacionalidade russa quanto chinesa, unanimemente disseram que os UFOs mantinham de fato intensa atividade no local e os seus tripulantes - descritos como seres de reduzida estatura usando uma espécie de escafandros, ou macacões - eram realmente estabelecidos e constantemente avistados naquelas proximidades. Sabe-se inclusive que existe uma fotografia aérea oficial, não divulgada para o Ocidente, mostrando uma série de enormes crateras e do pouco que restou daquela zona bombardeada!

 

Numa atitude de extrema audácia, como se esse mundo lhes pertencesse, os alienígenas estrategicamente procuraram se estabelecer em uma região deserta e cercada de altas montanhas (foto: proximidades dos Montes Yablonovyy) e dali partiam para as suas nefastas atividades e as mais diversas hostilidades. Não contavam, porém, que eram rasterados tanto pelos russos quanto pelos chineses e assim tiveram o seu devido e merecido troco com o perigoso porém necessário ataque nuclear!

 

E você quer saber a exata razão daquela bem sucedida retaliação conjunta sino-soviética contra os alienígenas? Precisamente os ataques dos UFOs contra aeronaves militares, tanto soviéticas quanto chinesas, inclusive a derrubada de um MIG russo, abatido por um UFO ao norte de Vladivostok após um cinematográfico duelo aéreo sobre os Montes Sikhote - o que, aliás, foi a gota d'água para o desencadeamento da tal operação!

 

Porém, existia ainda uma outra forte razão: os alienígenas estavam há algum tempo seqüestrando animais e seres humanos, sendo notável o incidente da Ilha Sakhaline, no qual não só inúmeros membros da população local como também VÁRIOS militares russos, e isso durante uma semana inteira, foram atacados e levados para sempre pelos intrusos!!! Como os chineses igualmente estavam sendo vítimas desses seqüestros e até de atos de hostilidades contra as suas aeronaves militares, as rotas dos UFOs foram rastreadas até aquele ponto deserto entre Ulan Bator e as suas cadeias montanhosas a nordeste, nas quais os alienígenas aproveitando-se da solidão do lugar e da proteção oferecida pela região cercada de altas montanhas se estabeleceram sem a menor cerimônia!

 

Aliás, essas febris atividades de seqüestros de animais e seres humanos já vêm sendo desenvolvidas há bastante tempo. Existem, E AS AUTORIDADES MUNDIAIS SABEM MUITO BEM DISSO, raças alienígenas aqui solidamente estabelecidas que literalmente se alimentam do sangue, das enzimas e das secreções glandulares de TODAS as criaturas animais terrestres..... INCLUSIVE SERES HUMANOS! E esse horripilante fato não é divulgado supostamente de modo a não causar o "pânico generalizado"! Talvez o método de ataque dessas criaturas predadoras - e, diga-se de passagem, extremamente perigosas - seja bem esclarecido pelo episódio ocorrido em março de 1968 em Uyuni, Bolívia, quando a senhora Valentina Flores viu que o seu curral de ovelhas estava completamente tomado por uma grande espécie de tela, semelhante ao plástico. No interior do curral estava uma criatura humanóide, com cerca de 1,10 metro de altura, usando um capacete com uma esépcie de viseira e matando as ovelhas com um tubo grosso dotado de um tipo de gancho na sua extremidade. E através desse artefato eram recolhidas as vísceras e o sangue dos pobres animais! Valentina não se intimidou e tentou com um grande pedaço de madeira atacar o invasor que respondendo de maneira hostil igualmente tentou matá-la com o tal tubo! A mulher, naturalmente apavorada, recuou e então o humanóide tomou uma estranha máquina que estava no solo, bem ao seu lado, com a qual recolheu para o seu interior e de uma só vez a grande tela que cobria o curral, levando obviamente no seu interior as vísceras sanguinolentas dos animais mortos - cerca de 34 ovelhas! A seguir, o alienígena elevou-se, desaparecendo no interior do enorme e silencioso UFO que o esperava logo acima! (Ilustração: catálogo da International UFO Bureau)

 

Essa outra curiosa tipologia de tripulantes de UFOs também está catalogada, sempre de acordo com os relatos de algumas testemunhas. Contudo, a visão dessas testemunhas sempre pode ser alterada de acordo com certas circunstâncias. No interior mais afastado do Brasil, por exemplo, são freqüentes as investidas dessas criaturas que mutilam o gado e inclusive seqüestram seres humanos. Nesses locais, onde a população é extremamente pobre e sem muita cultura, circulam lendas sobre lobisomens e outras criaturas do pesadelo. E como essa gente não pode sequer avaliar que existam UFOs, os encontros com os seus tripulantes pode ser interpretado como assombrações ou mesmo visões das criaturas que habitam as suas lendas. E parece mesmo que os intrusos se aproveitam dessa situação! Nos grandes centros urbanos, onde obviamente existe a detecção aérea e a proteção militar, eles evitam circular preferindo - sinistra e inteligentemente - realizar as suas caçadas e as suas perigosas investidas nas áreas mais afastadas.

 

E simplesmente não há o que discutir ou mesmo o que negar! As evidências não mentem: criaturas predadoras, QUE NÃO SÃO TERRESTRES, de fato e comprovadamente aqui promovem as suas caçadas!

 

E os seus horripilantes cadáveres, como sinistras coisas vindas diretamente dos piores pesadelos, ou mesmo dos filmes de terror ou ficção mais ousados, são freqüentemente encontrados em várias partes do nosso pequeno planeta.......

 

....... E até são devidamente examinados pelos perplexos cientistas de todo o mundo, mas o grande público jamais fica sabendo e tudo - como sempre - acaba por detrás de uma espessa e até bastante danosa cortina de silêncio!

 

Nesta foto NASA, você vê a nossa Terra e o seu satélite natural, a Lua. Recentemente, contudo, um astrônomo amador, Bill Yeung, no seu observatório particular situado no Arizona, EUA, surpreendeu o mundo científico quando descobriu e avisou aos meios oficiais que um misterioso objeto passou a ser o mais novo satélite terrestre! A sua descoberta foi plenamente confirmada e a Astronomia oficial classificou-o como JOO2E3. Não se sabe exatamente o que essa coisa é, especulando-se que possivelmente se trate de uma "segunda lua" atraída pelo campo gravitacional da Terra. Tal misterioso objeto orbita nosso planeta em 50 dias e segundo o Dr. Paul Chodas, da Agência Espacial Americana, "ele deve ter chegado muito recentemente ou do contrário já teria sido detectado". O astrônomo australiano Tony Beresford, por sua vez declarou que a anômala posição do tal JOO2E3 não corresponde aos padrões de nenhum corpo espacial conhecido! E torna-se importante lembrar que se isso realmente se tratar de "um simples corpo celeste", passará a ser o nosso TERCEIRO satélite, uma vez que em 1986 foi descoberta uma segunda "lua" ao nosso redor, batizada de CRUITHNE. Mas.... E se não for um simples corpo celeste? É notório que artefatos e espaçonaves alienígenas desde muito espreitam com intenções ainda não bem definidas o nosso pequeno planeta. Capturam satélites e desaparecem com os nosso módulos espaciais, mesmo que isso custe a vida dos astronautas - como, aliás, já aconteceu algumas vezes.... Porém, e como seria de se esperar, jamais chegou ao conhecimento do público! JOO2E3, ou seja lá o que for essa coisa estranha e misteriosa, vinda sabe-se lá de onde (e principalmente para quê), pode ser um sinal de alerta.... Pode ser uma grave advertência!

 

E aqui você vê uma das primeiras imagens - obtidas por intermédio de um sofisticado sonar - das prospecções realizadas nas colossais ruínas submersas a 2200 pés de profundidade e abrangendo uma área de 20 quilômetros quadrados, recentemente descobertas e situadas ao largo de Cuba - precisamente na área do malfadado Triângulo das Bermudas! É simplesmente de se perder o fôlego! Há imensos edifícios, assim como o que pode ser visto à esquerda, inúmeras pirâmides, muralhas, estradas, centenas de construções igualmente desconhecidas e intrigantes! Segundo a pesquisadora e engenheira em Oceanografia Paulina Zelitsky "Ficamos chocados e, francamente, um pouco assustados. Não acreditávamos naquilo que víamos. A princípio pensamos que se tratava de um tipo de instalação militar secreta". Seu colega de pesquisas, o Dr. Paul Weinzweig, igualmente perplexo, foi ainda mais longe: "Nada é certo por enquanto, mas a tradição oral do México fala sobre uma avançada civilização composta por gente alta e branca que veio do Leste e de uma ilha que afundou devido a um grande desastre natural. Na antiga linguagem de alguns índios da América Central, a palavra "Atlanticu" significa "nosos grande pai", ou "o lugar onde o nosso bom pai descansa"! O que vimos nas imagens do nosso sonar de alta resolução é ilimitado... Existem claros trabalhos arquiteturais feitos pelo homem. É como se você voasse em um aeroplano por sobre uma área urbana e visse estradas, túneis e edifícios!" - E além do intrigante mistério dos colossais blocos geométricos de granito polido, usados nessas edificações, as prospecções revelaram que os vestígios parecem ser de uma cidade (que por sinal os atônitos exploradores, devido às suas enormes dimensões, batizaram de MEGA) e que deve ter afundado há cerca de 15 mil anos - o que aliás coincide plenamente com a antiga Tradição da Atlântida! Só nos resta saber o quê efetivamente os UFOS e os seus misteriosos tripulantes tanto fazem por lá! Teriam aproveitado as ruínas atlantes, tornando-as uma das suas bases secretas? Aproveitar-se-iam de algumas poderosas fontes de energias daquele perdido continente, eventualmente ainda em operação no fundo do oceano? Ou quem sabe teriam sido essas misteriosas edificações erigidas por eles mesmos, há muito tempo atrás e bem nas nossas barbas, reunindo assim o útil ao agradável pelo fato de ser um local tão vasto, ainda inexplorado e desconhecido por nós tanto quanto o espaço exterior que nos cerca? (FOTO: © Advanced Digital Communications - ADC)

 

 

Próxima Página

Página Anterior

Tides of Time