Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

OS INSONDÁVEIS PORTAIS DO TEMPO

"Ai de vós, versados na Lei, porque tirastes a chave do conhecimento; vós mesmos não entrastes e impedistes os que estavam entrando. Portanto, as coisas que dizeis na escuridão, serão ouvidas na luz, e o que sussurrais em salas particulares, será um dia pregado dos altos das casas"

(LUCAS - Cap 11 Vs. 52, Cap.12 Vs.3)

 

O nome é "Aspero", o complexo das impressionantes e pouco conhecidas ruínas situadas no Peru, precisamente no Vale do Supe, e que foram produzidas cerca de 2500 Anos Antes de Cristo por uma população sedentária e de origem desconhecida. Essas impressionantes ruínas estão dispostas em seis enormes plataformas com cerca de 10 metros de altura (o equivalente a um edifício de 3 andares cada). São dotadas de estruturas de alvernaria e além de tudo ricamente adornadas com frisos e nichos. No local apenas uma sepultura foi encontrada, contendo o cadáver de uma criança envolto em mais de 500 contas coloridas e protegido por uma placa de ocre vermelho. Nada mais se sabe sobre o destino dessa perdida, muito antiga e misteriosa cultura!

 

Essa estatueta retratando um personagem dotado de traços e até o toucado tipicamente.... EGÍPCIOS, foi encontrada precisamente nas imponentes ruínas de Teotihuacán, México - local onde aliás se erguem imponentes pirâmides, tal como a famosa Pirâmide do Sol. Teriam os egípcios mantido estreitos contatos com as extintas civilizações das Américas? Tudo - e da mesma forma que todas as evidências - parece indicar que SIM!

 

Não esqueçamos que no enigmático Templo dos Afrescos, em Bonampak, México - supostamente atribuído à Civilização Maia porém na verdade obra de uma cultura muito mais antiga e desconhecida - vemos nos seus diversos e espantosos murais multicoloridos os marcantes traços das técnicas artísticas egípcias! As cores; os personagens mostrados em perfil único e também os caracteres hieroglíficos ordenados em colunas (até hoje diferentes dos igualmente indecifrados ideogramas maias), são incrivelmente semelhantes. E de maneira inegável denotam uma forte influência egípcia! Lembremos que, bem ao contrário daquilo que tentam nos impingir, os Maias jamais se utilizaram da pintura para expressar a sua arte ou retratar a sua história. Aqui, ainda uma vez, qualquer semelhança por certo não terá sido mera coincidência.

 

O certo é que seres muito evoluídos e além de tudo de procedência ignorada estiveram de fato nas Américas, tendo sido a sua influência inegavelmente marcante no desenvolvimento de todas as culturas meosamericanas. Na foto, você vê uma estatuteta dos Toltecas, curiosa e tradicionalmente denominada desde tempos imemoriais de "O ATLANTA". E como a própria Arqueologia reconhece este termo, inevitavelmente perguntamos: - Por que, se oficialmente dizem que a Atlântida se trata de "uma simples lenda"?

 

Muito pouco sabemos sobre o nosso real passado e muito menos ainda sobre todas as perdidas culturas que um dia habitaram este pequeno planeta. Yonaguny, Japão. Nessas fotos submarinas tomadas pela arqueóloga Santha Faia vemos as recentemente descobertas ruínas de uma impressionante cidade submersa, outra obra fantástica de uma civilização muito antiga e desconhecida!

 

Ainda os misteriosos Mounds dos Estados Unidos da América! Essas importantes peças arqueológicas foram encontradas no Cahokia Mound - Mississippi, situado bem na confluência dos rios Missouri, illinois e do Mississippi propriamente dito. Estima-se que a população dessa região tenha alcançado nos tempos ditos pré-históricos cerca de 40 mil pessoas. E não se tratava de aborígenes ou de seres meio-macacos mas, sim, de criaturas altamente evoluídas capazes de produzir, assim como se pode ver na foto acima, um arpão; um cesto trançado em CEDRO; uma vasilha talhada sob a forma humana e um objeto confeccionado em ossos de BALEIA, com incrustações decorativas em objetos marinhos...... Provando talvez com isso que este misterioso povo tenha vindo do mar, subindo o Rio Mississippi a partir seu delta no Golfo do México, uma vez que a região onde se localiza o Mound está situada bastante afastada do oceano!

 

E foi justamente em Cahokia que esses espantosos esqueletos dos chamados "Mounds Builders" (os misteriosos construtores dessas elevações artificiais que por vezes alcançam 300 metros de altura) foram encontrados. Note-se a exageradamente longa ossatura das pernas e dos braços - padrões por sinal inexistentes, e sobretudo absolutamente anômalos, nas tradicionais populações ameríndias! Quem teriam sido eles então?

 

E em um sítio arqueológico situado na Irlanda, foi encontrado essa espantosa e além de tudo perfeita ponta de uma lança elaborada em FERRO! Observe com bastante atenção os incríveis detalhes da foto. E isso foi moldado nos chamados tempos Pré-históricos..... Lógica e obrigatoriamente tendo implicado na utilização de forjas e de um ferramental específico! COMO SE EXPLICA?

 

E aqui você vê outra surpreendente peça que os arqueólogos denominaram "A Vênus de Willendorf" - encontrada em território europeu e originária do chamado Período Paleolítico Superior...... Cerca de 25 mil Anos Antes de Cristo!!! Seria mais uma obra de "seres meio-macacos ou embrutecidos" que, teoricamente e de acordo com os tratados convencionais, existiam naqueles recuados tempos? Muito difícil!

 

Até porque, convém lembrar que em Omo, África Oriental, foi encontrado este crânio em perfeitas condições e datado de 130 mil anos, provando que o HOMEM MODERNO já existia naqueles tempos, convivendo assim com outras espécies proto-humanas - as quais por sinal tentam (e sem a menor das cerimônias) nos impingir como "ancestrais".

 

Agora compare com a bizarra criatura que recebeu o pomposo nome de "Ramapithecus", o clássico "homem-macaco ereto", o nosso "ancestral que vivera naqueles tempos" - fruto apenas e tão-somente da imaginação dos teóricos que o criaram no Século XIX a partir de, acredite,....... Alguns toscos fragmentos de mandíbulas e dentes!

 

Sim, Tudo vem à tona, nada permanecerá oculto! Cada vez mais o passado volta, emerge do seu sono, e dessa forma o tempo começa a perder todo o seu significado! Nesta foto AP, vemos a reconstituição através das modernas técnicas da Antropologia Forense do rosto de um sacerdote egípcio que viveu há mais de 2000 anos e cuja múmia ainda está envolta nas suas bandagens no Museu de Turim! Isso somente é possível através do emprego da Tomografia Computadorizada, a qual, mediante sua altíssima precisão, permite reviver todas as características de um corpo, por mais antigo que seja e por mais bem acondicionado que esteja!

 

Tempo, Espaço, tudo se confunde no reino maravihoso do mistério! Em 27 de março de 2002, isso em plena luz do dia, um UFO dotado de tonalidade avermelhada intensa fez as suas evoluções no céu de Bedhampton, Inglaterra. Esta sensacional seqüência fotográfica extraída de um vídeo foi tomada por Anthony Woods. E além de ser inegavelmente autêntica (até porque o UFO também foi visto por dezenas de testemunhas), não deixa margem a qualquer dúvida sobre a real existência do fenômeno!

 

Nessa outra seqüência de frames, vemos outros impressionantes detalhes da longa evolução do UFO sobre Bedhampton! Parecia mesmo que queria ser fotografado! Diante de provas tão irrefutáveis assim, como negar a existência, não somente dessas fantásticas máquinas voadoras, como também a realidade dos Antigos Astronautas; as evoluídas civilizações perdidas e de tantas e tantas coisas que desde longo tempo insistem em ocultar das massas?

 

Com a palavra, então, os céticos e todos aqueles que, fechando as portas da verdade, se julgam "versados na Lei" e donatários do conhecimento absoluto. Porque - não é mesmo verdade que já está escrito? - tudo aquilo que eles dizem na escuridão será ouvido na amplidão maravilhosa da Luz, e tudo aquilo que sussurram nas suas restritas, luxuosas e bem guardadas salas particulares será um dia pregado do alto; em ALTO e bom som..... Precisamente do alto de todas aquelas mais remotas e distantes casas - do Oriente ao Ocidente, do Meio-Dia ao Setentrião!

 

 

Próxima Página

Página Anterior

Blade Runner