Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

EM BUSCA DOS ANTIGOS ASTRONAUTAS

"Esta é a tua rota atual" - disse a Chama à Centelha. "Tu és eu mesma, a minha imagem e a minha sombra. Revesti-me de ti e tu de mim, até o dia "Seja Conosco", quando tu tornarás a ser eu mesma e outros, tu mesma e eu". Então os construtores envergarão as primeiras vestes, descerão sobre a Terra radiosa e reinarão sobre os homens que são eles mesmos"

(Das Sagradas Estâncias de Dzyan, Cap. 7)

 

Quando se pensa que o homem atingiu o pleno domínio de todos os campos do conhecimento, percebemos que na verdade ele NADA sabe. E que, muito pelo contrário, ainda tem muito o que descobrir e aprender! Na foto, você vê um antiqüísismo deus egípcio, já adorado no chamado Período Pré-Dinástico e que até mesmo renomados arqueologistas e egiptólogos desconhecem a sua existência. Seu nome era Herishef, e trata-se de uma divindade portadora de curiosos atributos: os chifres e o disco que ostenta ao toucado eram associados no Antigo Egito ao simbolismo do Planeta Vênus! Talvez a marca dos primeiros Iniciadores? Muito provavelmente, SIM!

 

Da mesma forma que as divindades pouco conhecidas, no nosso mais remoto passado comprovadamente existiram bizarras criaturas que se organizaram em civilizações que ainda são um mistério quase total para a Arqueologia. Na foto, vemos uma rara estátua de um criança Olmeca. Os Olmecas, aliás, foram um povo espantosmente dotado de cabeças oblongas e que antecedeu em muito às civilizações pré-colombianas conhecidas.

 

E aqui nessas fotos vemos um curioso casal que representa membros uma dessas antigas culturas desconhecidas. Tais estatuetas foram encontradas na Costa Ocidental da América Central e nos mostram criaturas de um estranho povo, do qual aliás nada se sabe, igualmente dotado de bizarras características. A fêmea, à direita, está obviamente grávida. Note-se que não representam divindades mas, sim, seres humanos (ou quase isso). São dignos de registro os seus rostos (notadamente os maxilares inferiores), os formatos exagerados dos crânios e as inusitadas estruturas corporais!

 

Essa outra espantosa foto nos mostra um relevo encontrado nas ruínas de Tabasco, México, retratando um personagem obviamente não-terrestre ao comando de uma máquina voadora! Observe-se, além das suas insólitas feições, o capacete, o uniforme e também a aparelhagem que traz ao peito!

 

Essa outra imensa escultura, é ainda muito mais explícita e os próprios arqueólogos a definem como "Um Personagem Guiando um Monstro da Terra" - Um eufemismo bastante sutil para não dizer "Um Personagem desconhecido ao comando de uma máquina que teoricamente não existia na época das culturas pré-colombianas". Note-se os detalhes da tal máquina, que mais lembra uma espaçonave. E principalmente que o tal estranho personagem controla com as mãos uma espécie de manche - semelhante aos das nossas atuais aeronaves!!!

 

E aqui, diretamente das ruínas de Tikal e talvez dado ao seu caráter insólito transportada da sua origem e exposta no Museu da Basiléia, vemos a impressionante e além de tudo inquestionável gravura em relevo cujo nome é "A Divindade Vinda das Estrelas". Note-se o formato da astronave, que pousa no topo de uma pirâmide!

 

E aqui temos a foto de um relevo encontrado nas ruínas de El Castillo, que nos mostra de um antigo UFO, ou um foguete a reação (note-se a chama no esacapamento), pousando sobre outra pirâmide - obra cujo sugestivo nome é "O Deus Que Desce", uma reprodução incrivelmente perfeita de uma astronave nos tempos pré-colombianos! Aliás, é exatamente em El Castillo que existe um santuário curiosamente chamado de "O Deus Descendo".

 

Diante do que vemos, torna-se bastante possível, aliás bastante evidente, que as pirâmides truncadas dos Maias, dos Aztecas e também de outras antigas culturas que os precederam (por sinal bastante divergentes das egípcias que tinham os seus respectivos ápices), servissem especificamente como plataformas para os pousos das astronaves alienígenas!!!

 

Na foto, o misterioso Templo dos Jaguares, em Chichen Itzá - bastante desgastado pelo decorrer do tempo porém contendo no seu interior algumas imagens históricas bastante reveladoras.......

 

....... Tal como esse curioso relevo que nos mostra um personagem inteiramente divergente do biótipo ameríndio, o qual além de usar uma espécie de uniforme tem na mão direita uma arma, idêntica a uma pistola!!!

 

Ainda no Templo dos Jaguares, vemos uma dessas pistolas em plena operação, quando em poder do personagem da esquerda dispara seus raios em uma serpente!!!

 

E essa outra imagem nos mostra um estranho artefato, que mais se parece com uma lanterna ou um instrumento de prospecção, bem na mão direita desse estranho personagem!

 

De fato, o Templo dos Jaguares torna-se um dos mais fantásticos repositórios arqueológicos que retratam a presença dos Antigos Astronautas aqui no nosso planeta. E verdadeiramente só não enxerga aquele que não quer! Observe com bastante atenção este outro relevo e procure encontrar o quê de insólito, porém bastante expressivo, existe nele.....

 

.... E se você respondeu que o personagem do centro, ao contrário dos demais, usa uniforme, botas e até mesmo um capacete com visor e fones, acertou em cheio!!!

 

Das milhares assim denominadas "Pedras de Ica", encontradas na localidade do mesmo nome, no Peru, as quais nos mostram seres desconhecidos, oriundos de uma avançada cultura que colonizou a Terra se utilizando de espantosas formas de tecnologia (e nessas pedras também elaborando perfeitos mapas dos nossos perdidos continentes e de outros planetas!), vemos essa bastante curiosa gravura que mostra um personagem montando um animal pré-histórico, ou quem sabe alienígena, ao que parece incrivelmente..... Domesticado!

 

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA VER MAIS FOTOS

 

Próxima Página

Página Anterior

Awaji