Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

 

A LEITURA DA PÁGINA

Página publicada em 01/desembro/2018

 

"Nós lemos emoções nos rostos, lemos os sinais climáticos nas nuvens, lemos o chão, lemos o Mundo, lemos a Vida. Tudo pode ser página. Depende apenas da intenção de descoberta do nosso olhar."

(Mia Couto - escritor e biólogo moçambicano)

 

Novembro de 2018 - Uma notícia triste que jamais gostaríamos de publicar! Lamentavelmente, foi localizado finalmente o submarino da Armada Argentina ARA San Juan cujo desaparecimento nas águas do Atlântico em 2017 completou exato um ano!...

 

... A causa da perda do submarino e dos seus 44 tripulantes foi avaliada como tendo sido uma implosão - isto é, a grosso modo uma espécie de "detonação de dentro para fora" o que sepultou os restos do submarino a uma enorme profundidade de 907 metros!...

 

... Em outras palavras, o casco do submarino foi esmagado chegando ao desprendimento de algumas partes da embarcação - e no mesmo local onde há exatamente um ano antes uma "anomalia hidroacústica" havia sido detectada, e a qual pode ter sido a causa do acidente com o submarino!...

 

...Uma anomalia hidroacústica representou um evento consistente com uma explosão, porém foi exatamente o contrário - uma estranha implosão!...

 

... Resultando em uma operação de resgate extremamente difícil e praticamente impossível, devido à grande profundidade como também o fato de os restos do submarino estarem encravados em uma região difícil com profundos cânions submarinos...

 

... Um evento realmente bastante estranho, principalmente pelo fato de a região onde se deu o acidente estar situada na área de expansão da chamada Anomalia do Atlântico Sul - a qual estranhamente vem aumentando a sua área de atuação pelas águas do Atlântico chegando mesmo a atingir parte da região Antártica!...

 

... Um mistério ainda a ser revelado de modo a esclarecer as causas da tragédia - uma investigação que será levada a efeito com o objetivo de apurar as razões da tal implosão - a qual teria sido algo assim como uma força poderosíssima que literalmente esmagou o casco do submersível argentino causando a inevitável morte dos seus desditosos 44 tripulantes!...

 

... Na imagem acima, a área de expansão da chamada Anomalia do Atlântico Sul a qual possui um núcleo, um EPICENTRO, situado exatamente na região situada entre os litorais dos Estados Brasileiros de Rio de Janeiro e São Paulo, na chamada área do Pré-Sal - que por definição é uma camada de rochas formadas preferencialmente por rochas carbonáticas, localizada abaixo de uma camada de sal - entre a costa ocidental da África e a oriental da América do Sul onde existe um depósito de matéria orgânica que viria se acumulando ao longo de milhões de anos sob o sal prensado por pesadas lâminas, transformando-se em petróleo! Segundo geólogos brasileiros, essa camada mais antiga de sal foi depositada durante o processo de abertura do oceano Atlântico, após a quebra do Gondwana e o suposto afastamento entre a América do Sul e a África, processo iniciado há cerca de 120 milhões de anos. Por oportuno, lembremos que nessa profunda região, de acordo com informações ultra-sigilosas, o tal núcleo dessa anomalia seriai UM ENORME OBJETO CÔNICO E METÁLICO, ali submerso por milênios, o qual EMITE MISTERIOSOS SINAIS NA DIREÇÃO DO ESPAÇO SIDERAL! Perguntem por exemplo, à NASA por qual motivo afastou as trajetórias dos seus módulos espaciais evitando as suas passagens por sobre aquela região...

 

... Além disso, o que poderia ser apenas uma especulação, porém não destituída de uma certa relevância, a chamada Anomalia do Atlântico Sul tem realmente registrado estranhos eventos na sua área de abrangência...

 

... E essa tal anomalia começa justamente a partir da região Oeste da cidade do Rio de Janeiro (cidade que se situa na região Sudeste do Território Brasileiro), precisamente a partir da misteriosa "Esfinge" postada a 847 metros de altitude no topo da Pedra da Gávea - um rosto de granito repleto de misteriosas cintas de inscrições desconhecidas - como se fora um marco delimitador de uma certa região!...

 

... E não é somente isso! Todo o prolongamento montanhoso da Pedra da Gávea, isto é aquele que segue desde o mar em direção ao interior do continente, representa a inegável figura de UM HOMEM DEITADO - ou se preferirmos a representação de um SARCÓFAGO - aliás, uma figura bastante comum (além de insistente) em MUITAS outras montanhas da cidade do Rio de Janeiro!...

 

... Não é todavia uma representação isolada, uma vez que do outro lado do Atlântico, precisamente em CABO VERDE (um país insular localizado num arquipélago formado por dez ilhas vulcânicas na região central do Oceano Atlântico e a cerca de 570 quilómetros da costa da África Ocidental), existe um outro "gigante deitado" - extraordinariamente semelhante ao Complexo da Gávea, este por sua vez no Rio de Janeiro, Brasil!....

 

... O que também jamais poderia se tratar de uma mera coincidência - ou, como alguns preferem, "um mero capricho da erosão" - simplesmente porque igualmente existe UM OUTRO ROSTO ESCULPIDO no topo da montanha, porém voltado na direção do mar!...

 

... NÃO, mil vezes NÃO. Tudo isso não poderia se tratar de uma mera coincidência! Em tempos remotíssimos uma civilização desconhecida, a qual possuía a necessária (além de fantástica) tecnologia para esculpir MONTANHAS INTEIRAS, deixou as suas marcas, os seus SINAIS, os quais dizem respeito a alguma coisa intimamente relacionada com o OCEANO ATLÂNTICO!..

 

... Simplesmente porque NADA realmente sabemos sobre o mais remoto e esquecido passado terrestre. Muita coisa ainda resta para ser trazida à luz! Assim como, por exemplo, nos revela essa notícia; - CONTINENTES PERDIDOS SOB A ANTÁRTICA REVELADOS NOS DADOS DE UM SATÉLITE MORTO! - Antigos continentes foram encontrados sob o gelo da Antártica graças aos velhos dados de um atualmente "morto" satélite europeu! Novas análises efetuadas nos dados da Missão GOCE revelaram zonas rochosas chamadas de "CRATONS" na litosfera da Terra - uma zona situada entre a crosta do nosso planeta e o seu manto. O GOCE precipitou-se da atmosfera terrestre há cinco anos atrás e agora "apagou-se" por problemas de combustível. E os cientistas são incapazes de predizer com exatidão quando ele finalmente irá cair...

 

... A recente descoberta dos CRATONS pelo GOCE foram os restos de antigos continentes - e além disso ele forneceu informações sobre como os modernos continentes estão estruturados - especialmente a Antártica! E segundo os cientistas, na Antártica ocidental vemos um empolgante mosaico de características as quais revelam fundamentais similaridades e as diferenças entre a crosta abaixo da Antártica e outros continentes com os quais ela se juntou até 160 milhões de anos atrás....

 

... O GOCE orbitou a Terra entre março de 2009 e novembro de 2013 procurando por significativas variações na gravidade terrestre, chegando não somente a produzir um mapa global da gravidade como também revelou mudanças gravitacionais locais. O ANTIGO CONTINENTE veio à luz em um novo mapa de "índices de sombras" criado pela BAS da Germany's Kiel University e a ESA (Agência Espacial Européia) ao unir esses índices com os contornos do mapa. E mediante o estudo da Antártica os novos gradientes gravitacionais analisados auxiliarão os cientistas a melhor entender como este ANTIGO CONTINENTE afeta o comportamento o lençol de gelo, e também como os continentes se elevarão à medida que o gelo derreta devido às mudanças climáticas globais. Os oficiais da ESA revelam que especialmente ao Oeste da Antártica tem uma crosta e uma litosfera mais fina em comparação à sua região oriental...

 

... Enfim, considerações científicas à parte, fica comprovada a existência de um ANTIGO CONTINENTE que repousa sob os gelos milenares da Antártica - algo que os antigos já sabiam inclusive mediante mapas muito detalhados que revelavam claramente um terra muito próspera com florestas, rios, lagos, animais... E possivelmente habitada por uma avançada civilização!...

 

... A Antártica cada vez mais se revela como um continente extremamente misterioso! Nesse sentido, essa notícia nos mostra apenas mais uma outra enigmática surpresa envolvendo aquela peculiar região do nosso planeta!...

 

... UMA FONTE DE ENERGIA GEOTERMAL? - Em outras palavras, uma fonte de CALOR atuante há milhões de anos e que vem por baixo das geleiras da Antártica, derretendo o gelo de baixo para cima? SIM, é exatamente isso o que foi agora descoberto naquela misteriosa região do nosso planeta - e ela poderia estar associada à radioatividade!...

 

... Enfim, mais uma prova da existência de alguma coisa lá por baixo associada a um ANTIGO CONTINENTE? Sem dúvida, MAS O QUE EXATAMENTE EXISTIRIA AINDA EM AÇÃO LÁ POR BAIXO?...

 

... Por isso não é sem uma certa razão que especialmente as grandes potências mundiais, assim como vários outro países, têm estabelecidas naquela região as suas "instalações de pesquisas"! Simplesmente porque aquela região também desperta "OUTROS INTERESSES"! Nesse sentido, vejam só essa notícia: - DOIS AVIÕES CAÇANDO UM UFO PERTO DA ESTAÇÃO ZUCCHELLI NA ANTÁRTICA!...

 

... E essa imagem está contida em uma imagem tomada por satélite do Google Maps: - dois aviões caçando um UFO e sendo perseguidos por um outro enorme UFO! Evidentemente um satélite jamais poderia ter criado falsas imagens de UFOs e aviões, apenas registram aquilo que as suas potentes câmeras "vêem". As imagens mostram os aviões voando em baixa altitude, assim como o UFO que o fazia para escapar da detecção do radar. Especula-se que o pequeno UFO à frente dos aviões poderia se tratar de uma tecnologia alienígena em poder da Força Aérea Americana (USAF) sendo usada para treinar novos pilotos de modo a lidarem com a tecnologia alienígena dos UFOs. Uma especulação talvez usada para contrainformar o assunto, e a qual simplesmente não dá para nos convencer...

 

... Até porque os UFOs são uma presença constante naquelas paragens isoladas e misteriosas da Antártica! E todos aqueles que estão lá sediados nas tais "instalações de pesquisas" - assim como os seus respectivos governos - SABEM MUITO BEM DISSO! - aliás, é por essas e OUTRAS que eles tanto "pesquisam" por lá!...

 

... Pois é, vejam que além dos caças perseguindo o UFO havia uma outra ameaça vinda da parte superior direita da imagem! E que "treinamento" mais bizarro teria sido mesmo esse?...

 

... Existem muitas coisas escondidas que agora estão vindo à luz. Marte também representa um outro intrigante mistério que aos poucos vem sendo solucionado pela ciência. Agora constataram que NAQUELE PLANETA CATASTRÓFICAS ENCHENTES CRIARAM GIGANTESCOS CÂNIONS - O que, em outras palavras, significa ÁGUA EM ABUNDÂNCIA no remoto passado marciano!...

 

... Colossais inundações nos agora áridos lagos podem ter escavado cânions há milhões de anos atrás perto dos lugares em que a NASA um dia poderá retomar os seus pousos. Os geólogos acreditam que os ressecados "paleolagos"antigamente abundantes em água, podem ter inundado e dessa forma criando os cânions - como, por exemplo, o Vale Marineris que percorre a superfície marciana...

 

... Avaliando as formações rochosas, a equipe lideradas pelo pesquisador Tim Goudge e o cientista da NASA Caleb Fassett chegaram à conclusão que enormes lagos podem ter transbordado as suas águas no planeta...

 

... Um dos lagos localizado com precisão como um possível ponto da catastrófica inundação se situa na Cratera Jerezo - um possível ponto para o pouso da Missão exploratória da NASA em 2020. Outros cânions - mais de 20 deles - estão sendo objetos de análises através das imagens coletadas pelo Mars Reconnissance Orbiter que foi lançado pela NASA em 2006...

 

... A significativa inundação é tida como poderosa o suficiente para erodir alguns cânions através da sua passagem em Marte por durante semanas! E devido ao grandes tamanhos dos escapes dos antigos paleolagos de Marte exista a hipótese que o transbordamento dos lagos representouum importante processo para moldar a antiga paisagem marciana! Como detalhe curioso, é importante ressaltar que a palavra inglesa "FLOODING" - aliás, muito utilizada nessa notícia - poderia ter um duplo sentido uma vez que também pode significar... DILÚVIO! Assim sendo, quem sabe se o DILÚVIO conforme descrito nos textos bíblicos e em muitas outras antigas tradições, poderia se referir a uma tragédia ocorrida em OUTRO planeta que não a Terra? E hipoteticamente nesse caso, que tal se a ARCA DE NOÉ poderia ter sido uma velha metáfora para significar uma ESPAÇONAVE transportando sobreviventes de Marte para o nosso mundo? Dá realmente o que pensar? Talvez!...

 

... E que Marte abrigou no seu mais remoto passado uma avançada civilização não parece mais haver qualquer dúvida - muito embora oficialmente se recusem a reconhecer isso! E que tal se houvesse qualquer coisa nesse sentido AINDA por lá? Simplesmente porque... A NASA REVELOU HAVER RECEBIDO DESDE MARTE UM SINAL DE ORIGEM DESCONHECIDA!...

 

... E o rover OPPORTUNITY (que por sinal anda desaparecido por lá), o qual esteve ativo naquele planeta desde 2004, se comunicou pela última vez com a NASA em 10 de junho de 2018, daí para a frente tendo silenciado - pela explicação oficial devido a uma tempestade de poeira, estando no modo de "escuta ativa" (a qual logo cessará) e, portanto, sem responder aos comandos. E se dentro de 45 dias não receber qualquer resposta dele a NASA será obrigada a reconhecer que o rover jamais se recuperará e dessa forma será considerado "morto"! Mas, o que vem ao caso é que em 15 de novembro de 2018 a REDE DSN (uma rede internacional de antenas de rádio que serve para apoiar missões interplanetárias de naves espaciais) RECEBEU UM SINAL VINDO DE MARTE, o qual a NASA julgou ter sido originado pelo OPPORTUNITY, porém descobriu que tal sinal NÃO FORA ENVIADO PELO SEU ROVER!...

 

... MISTERIOSO SINAL DE ORIGEM DESCONHECIDA? - Então, QUEM, ou O QUE, o teria enviado? A equipe da NASA encarregada do OPPORTUNITY esperava pacientemente que o rover "despertasse", quando um sinal foi detectado pela REDE DSN parecendo ter sido enviado por ele. Depois de ter sido investigado a NASA reconheceu que tal sinal não foi enviado pelo seu rover! Segundo o Laboratório de Propulsão a Reação da NASA (grifos nossos): - "Hoje, a Deep Space Network mostrou o que parecia ser um sinal do rover Opportunity. Por mais que gostaríamos de dizer que foi uma CHAMADA DE CASA, a investigação posterior mostra que esses sinais não foram uma transmissão do Opportunity". Sim, sim, e como não? E se não foi uma "CHAMADA DE CASA", teria sido uma chamada de QUEM???...

 

... Essa é a mesma pergunta que a notícia faz: - uma chamada de QUEM? Muitas pessoas em redes sociais acreditam que tenham sido sinais de uma civilização extraterrestre inteligente originada desde o chamado planeta vermelho. E há muito que os assim chamados "Teóricos da Conspiração" vêm afirmando que existe vida inteligente em Marte, como também asseguram que as Agências Espaciais e a NASA têm conhecimento disso! E eles se baseiam nas imagens enviadas pelos diferentes rovers que examinam o solo marciano! E além dos misteriosos artefatos, extraordinariamente semelhantes aos daqui da Terra, a revelação mais importante que parece confirmar a existência da vida extraterrestres em Marte proveio da NASA no mês de junho, que revelou a existência de MATÉRIA ORGÂNICA e a misteriosa presença de metano na superfície marciana! E agora vem a "explicação oficial" da NASA: "O misterioso sinal é um "falso positivo". isso nunca aconteceu, mas poderia ser um sinal desde o MRO (a nave que orbita Marte) a qual utiliza uma freqüência muito próxima do sinal da Opportunity"...

 

... Sem dúvida, essa explicação não evita que muitas pessoas afirmem que a NASA nos mente continuamente e que está encobrindo a verdade - ou seja, que no planeta Marte civilizações extraterrestres inteligentes estão tentando se comunicar conosco! A NASA oculta a verdade sobre o misterioso sinal? É o que parece! O que, então, está realmente se passando em Marte?...

 

... E por falar nisso, não é que a NASA se pronunciou sobre OUMUAMUA - o misterioso "asteróide"/espaçonave alienígena"? Pois é, a NASA alega que "não poder "ver" a estranha rocha, a qual poderia fornecer uma importante pista"...

 

... Finalmente a NASA "revelou alguma coisa mais" sobre o OUMUAMUA (uma "peça de rocha espacial" tão estranha que alguns cientistas sugeriram se tratar de uma espaçonave alienígena), alegando que não pôde "vêr" o objeto mediante o emprego do Telescópio Espacial Spitzer, porém podendo revelar importantes pistas sobre o que ele realmente é! Oumuamua passou pela Terra em setembro de 2017 se tornando o primeiro visitante interestelar a percorrer o seu caminho de um sistema solar a outro. À medida em que passava pesquisadores se movimentaram para saber mais sobre ele, apontando os seus telescópios e outros instrumentos na sua direção de modo a aprender o máximo possível antes do seu desaparecimento para o outro lado do Sistema Solar...

 

... O telescópio Spitzer tentou em novembro de 2018 visualizá-lo por cerca de dois meses antes da sua maior aproximação, mas falhou - porém, a falha colocou um limite sobre quão grande a rocha poderia ser, desde que ela era enorme o bastante para ser marcada, de acordo com um artigo publicado pelo Astronomical Journal com a coautoria da NASA. Isso levou à crença na teoria que o objeto está sendo empurrado por gás (?) que vem sendo arremessado para fora do objeto, o que justificaria o o aumento da sua velocidade. Esse estranho comportamento relativo ao aumento da sua velocidade foi o que levou os cientistas de Harvard a sugerirem que poderia se tratar de um nave alienígena enviada ao passado terrestre por um distante civilização e que a sua propulsão extra poderia ser causada pelo objeto trabalhando como uma "vela" destinada a conduzi-lo para além da radiação solar....

 

... A alternativa e a mais aceita teoria de gases congelados dentro do objeto sendo expelidos e empurrados para diante foi relevante pelo fato de o Oumuamua ser menor que os típicos cometas no interior do nosso Sistema Solar. Dessa forma, a teoria sugerindo que ele seja uma nave alienígena, segundo eles, é menos conclusiva. Contudo, um cientista autor de um novo estudo reconhece que Oumuamua é um objeto repleto de surpresas estando todos ansiosos para ver o que o Spitzer um dia mostrará. Enfim, mais uma "explicação" de modo a explicar o inexplicável, uma vez que Oumuamua NÃO É pequeno como eles afirmam. Pelo contrário, tem um comprimento de 400 metros - além de um inusitado formato alongado. Como, então, o potente telescópio Spitzer não pode vê-lo? Como também (assim como eles mesmos reconhecem) é PROPELIDO por gás, ou seja lá o que for, e varia a sua velocidade para manobrar além do Sol! Arranjem, portanto, outra explicação!...

 

... Simplesmente porque EXISTEM OUTRAS COISAS lá fora de certa forma muito semelhante ao OUMUAMUA! Como, por exemplo, esses objeto DO TAMANHO DA NOSSA LUA que foi detectado pairando na borda da NEBULOSA NGC 281. E lá veio a NASA com as suas "explicações", alegando que a coisa: - "Não passa de uma coluna de poeira esculpida, de um denso bloco erodido pelos intensos ventos energéticos e pela radiação do quente aglomerado de estrelas"...

 

... A nebulosa NGC 281 é uma nebulosa planetária localizada ao sul da Constelação Pyxis, consistindo principalmente de gases brilhantes originários das camadas ejetadas durante o final de vida das estrelas quando elas perdem o combustível interno, necessário para sustentar os processos de fusão dos seus núcleos. Mas, de acordo como o notável pesquisador Scott C. Waring do Site UFO Sighting Daily, o chamativo formato do objeto é condizente com um UFO situado à borda daquela Nebulosa!...

 

... Eis uma imagem ampliada daquilo que a NASA afirma ser apenas: - "uma coluna de poeira esculpida, de um denso bloco erodido pelos intensos ventos energéticos e pela radiação do quente aglomerado de estrelas" Convenceu a vocês? De nossa parte NÃO!...

 

... E por que não convence? Observem melhor o detalhe devidamente ampliado do objeto. Que lhes parece?...

 

... Se por acaso responderam que lembraria (e em MUITO) o formato diferente do famoso CAVALEIRO NEGRO, o misterioso satélite alienígena que orbita o nosso planeta há mais de 13 anos, acertaram em cheio!...

 

... E ora vejam só: - Não é que o famoso Cavaleiro Negro tem um irmãozinho e não nos contaram? A Missão APOLLO 10 da NASA se deparou com um outro enigmático objeto espreitando a órbita da Terra - algo que foi descrito como "uma estação espacial negra"!...

 

... E a imagem da coisa está no próprio Site da NASA em meio às fotos tomadas pelos astronautas da Missão Apollo 10 - a qual certamente esqueceram de suprimir!...

 

... E não se tratava de um asteróide , ou sequer de um cometa, tampouco era o Cavaleiro Negro - pelo contrário, estava muito próximo - perigosamente próximo - do módulo da Apollo 10, lembrando uma nave alienígena dotado de um formato quase semelhante ao do Cavaleiro Negro!

 

Pois é, estamos cercados pelo mistério, como também por OUTRAS coisas mais - tanto aqui por baixo mesmo quanto lá por cima! Vejam essa imagem tomada em novembro de 2007 por uma câmera de prospecção submarina a um profundidade de 7828 pés (perto de 2.386 metros) mostrando a presença de uma bizarra criatura desconhecida, interpretada pelos pesquisadores como sendo uma criatura alienígena - ou, quem sabe, uma sonda alienígena do tipo "drone" que veio espionar os intrusos no seu habitat!...

 

... E agora VEJAM ISSO! Uma bizarra, além de colossal, forma antropomórfica, e situada sabem ONDE?...

 

... Eis a resposta: - UMA GIGANTESCA FIGURA NA NEBULOSA EAGLE ENCONTRADA EM UMA FOTO DA NASA!...

 

... No Site da NASA existe um (sutil) close de parte da Nebulosa EAGLE - que ela mesma nomeou como "A FADA DA NEBULOSA EAGLE" - pois é, até a NASA está "vendo coisas" nas nebulosas! E como é de praxe, assim como acontece com certas imagens bizarras situadas na paisagem marciana, a NASA corta as cenas de modo a esconder a totalidade do conjunto. E nesse caso em particular, a NASA cortou a imagem de cima a baixo - porém quando se monta o conjunto encontramos essa bizarra figura - tipicamente alienígena - coisas que a nossa humanidade apesar de se considerar detentora de um elevado Q.I. não está capacitada a ver coisas como essas ou sequer entendê-las! E essa estranha figura parece inclusive estar usando um tipo de armadura! Seria, então, uma espécie de "arte" alienígena?...

 

... Aqui, a visão do rosto da imagem. Note-se uma espécie de "asas" ao seu redor. Portanto, não seria à toa o fato de NEBULOSA EAGLE possuir esse nome. Pois, EAGLE no idioma Inglês significa... ÁGUIA!...

 

... Finalmente, o pesquisador Scott C. Waring acrescenta que as civilizações possuem diferentes níveis. A nossa humanidade ainda não alcançou sequer o nível 1. Mas, o que estamos vendo na figura alienígena dessa nebulosa foi feito por uma civilização dotada do NÍVEL 5 - a qual pode manipular o espaço e o tempo, básica e divinamente - e por todo meio!..

 

... Aliás, a manipulação do espaço e do próprio tempo são as características mais marcantes dos chamados UFOS - ou, melhor dizendo, de TODAS as naves alienígenas dotadas dos mais diversos formatos! Como, por exemplo, essa nave em forma de "V" - como um boomerangue - que em 22 novembro de 2018 surgiu nos céus dos EUA em meio a uma violenta tempestade de raios, um dos quais chegou a atingi-la sem cauar qualquer dano!...

 

... Já é um fato consumado que além dos tradicionais UFOs discóides (os tipos mais recorrentes), a nossa atmosfera é visitada por outros tipos diferentes de naves e a entrada delas no nosso continuum espaço/tempo é sempre precedida por violentas manifestações atmosféricas - certamente em razão da intensa energia que o processo de abertura de portais dimensionais induzidos acarreta - tecnologias fantásticas - coisas muito acima da nossa atual compreensão!...

 

... Todavia, desde que essas naves diferentes começaram a surgir, tanto no espaço (até nas proximidades do nosso planeta), quanto na nossa atmosfera, têm sido verificadas constantes quedas - ou ABATES - dos tradicionais UFOs discóides - como se uma guerra entre raças distintas estivesse sendo travada lá por cima! Nesse sentido, eis um fato recente: - UFO EM CHAMAS SOBRE POLSKA, NA POLÔNIA! E ainda dizem que poderia ser um projeto espacial secreto?...

 

... DE MANEIRA ALGUMA, pois as imagens são intensamente nítidas e expressivas! O UFO em chamas veio desde as mais altas camadas da atmosfera...

 

... E como é típico nos abates desses UFOs, as suas trajetórias são marcadas por várias trilhas de chamas - muito diferente, portanto, dos meteoritos que penetram na nossa atmosfera!...

 

... E aqui, através de uma imagem mais aproximada, podemos constatar que era mesmo um UFO em vertiginosa queda. Como também é típico que esses discos não atingem o solo, desintegrando-se totalmente - muito provavelmente devido à violência e à potência da arma que os teria atingido!...

 

... E aqui temos um outro exemplo: onde também em novembro de 2018 outro UFO discóide desintegrou-se sobre o Colorado, EUA. Note-se que era inteligentemente controlado, uma vez que tentou efetuar uma possível manobra de evasão!...

 

... Note-se ainda a enorme trilha de chamas que o veio seguindo desde a mais alta atmosfera - e talvez desde a órbita terrestre! E como acontece com todos os demais, desintegrou-se inapelavelmente! O que estaria se passando lá por cima?...

 

... Precisamente lá por cima onde as marcas da presença alienígena estão demasiadamente próximas de nós - perigosamente próximas! E poderia ser uma presença até muito antiga e hostil! Assim sendo, foi descoberta uma estranha formação na Lua sob a forma de uma cruz, a qual poderia ser uma base alienígena! E a NASA, como sempre, é acusada de remover os links das imagens que a mostram!...

 

... Essa é a foto em questão, mostrando uma imensa área da paisagem lunar. E a tal formação em forma de cruz (como sempre, estrategicamente "perdida" em meio a uma paisagem muito "genérica"), pode ser distinguida na parte direita da foto, quase chegando à sua extremidade inferior....

 

... Vamos, então, mostrá-la em destaque. Evidentemente - e assim como muitas outras estruturas espalhadas pela Lua - um estrutura nitidamente ARTIFICIAL! E nada demais nisso, pois a nossa (?) Lua está INFESTADA DE ALIENÍGENAS - precisamente pelos perigosos e hostis humanóides grays e os reptlianos! Nela, na Lua e assim como em Marte, existem os vestígios de um conflito cósmico muito antigo - tais como ruínas de edificações e de cidades, além de restos de artefatos tecnológicos - e ao que parece essas raças hostis tiveram a supremacia nesse conflito invadindo tudo e se estabelecendo - notadamente na Lua - o ponto mais próximo e estratégico da nossa Terra!..

 

... Enquanto isso, os UFOs continuam sem a menor cerimônia desfilando pelos nossos céus, muitas vezes utilizando-se da camuflagem sob a forma de nuvens artificialmente geradas! Esses dois foram flagrados também em novembro de 2018 sobre a República Tcheca...

 

... Uma eficiente forma de camuflagem que permite a essas naves voarem baixo e escanearem o nosso planeta, e em contrapartida promovendo as suas obscuras atividades - e, o melhor de tudo, sem chamar demasiadamente a atenção! Esses dois, por exemplo, percorriam o céu como de costume silenciosamente e em formação do tipo militar - isto é, um dando cobertura ao outro....

 

... Realmente um perfeito disfarce - o qual não mais consegue enganar aqueles mais avisados...

 

... Nessas imagens uma das tais marotas "nuvens" com contraste adicionado e, logo abaixo, em uma visão normal...

 

... E aqui as mesmas imagens em negativo. Note-se, na parte superior, o "recheio" da tal "nuvem"!...

 

... Adicionalmente a isso, temos também uma outra coisa muito estranha aparentemente já muito próxima do nosso planeta. A foto acima foi tomada na Espanha, também em novembro de 2018, e nos mostra a presença de um provável corpo celeste desconhecido e alaranjado fazendo companhia à Lua no céu noturno. O QUE, então, poderia ser isso? Fortes rumores e muitas especulações dão conta de um astro intruso que já estaria presente no nosso Sistema Solar - um astro cíclico, um planeta errante, que escapando da órbita da sua estrela obscura perfaz uma trajetória elíptica a cada 3600 anos invadindo o nosso Sistema Solar e causando uma série de perigosos eventos durante a sua passagem! E ao contrário da nossa, algumas antigas civilizações que nos precederam o conheciam muito bem e deixaram muitos registros históricos e tradicionais a respeito dele - chamando-o de NIBIRU! Pode ser que essa imagem seja uma outra coisa que não esse tal astro errante. Mas, e se não for?...

 

... Porque de um certo tempo para cá MUITAS coisas estranhas estão afetando tanto o nosso Sol (o núcleo do nosso Sistema), como também a própria Terra! Vocês sabiam que em 11 de novembro de 2018 UMA ESTRANHA ONDA SÍSMICA CIRCULOU TODO O GLOBO TERRESTRE E OS CIENTISTAS AINDA ESTÃO TENTANDO DESCOBRIR O PORQUÊ? Sim, ninguém ficou sabendo fora dos círculos científicos e a Mídia silenciou sobre isso! Ou seja, uma profunda "franja" sísmica, como o rastejar de uma serpente. ondulou sobre TODO o globo terrestre por durante nada menos que 20 minutos e ninguém se deu conta disso!...

 

... E não se tratou de um terremoto - o que aliás tem acontecido com espantosa freqüência por todo o planeta. Mas, isso foi diferente - estranhamente diferente! Os sensores sísmicos alarmaram ao detectarem o evento que se originou nas proximidades das ilhas de Madagascar e África. Os alarmes dessa onda sísmica se espalharam pelas América do Sul, do Norte, na Nova Zelândia e até mesmo no Havaí. Um fenômeno inusitado... Como se o nosso planeta estivesse entrando em um perigoso processo de convulsão!..

 

... E bota coisas estranhas nisso! Paralelamente a todos os estranhos eventos que vêm se desenrolando no céu e na terra, ainda surge algo ainda mais estranho e que vem afetando o próprio planeta - um evento assustador: - OS OCEANOS ESTÃO SENDO ENGOLIDOS!...

 

... Em outras palavras, os nossos oceanos - fundamentais para a VIDA na Terra - estão desaparecendo tragados para o interior do planeta devido às movimentações das placas tectônicas!...

 

... Todo esse imenso volume de águas tende a entrar em choque com o magma que se situa sob a crosta terrestre em uma uma vasta e profunda região, sendo similar a um oceano semifluido de material de elevadíssima temperatura. Esse choque tem como ponto de escape os vulcões - os quais, ATÉ AGORA, parecem estar dando conta do recado ao extravazarem a perigosa pressão interna que é formada. Desde logo pensamos no perigo em potencial que é representado por Yellowstone, situado nos Estados Americanos de Wyoming, Montana e Idaho - um SUPER VULCÃO há cerca de 630 mil anos adormecido e que parece já estar dando os perigosos sinais de um provável e próxima erupção - a qual, se vier a ocorrer, poderia significar o fim da nossa civilização na medida em que a conhecemos! E SE todos eles, todos os vulcões ao mesmo tempo, não puderem resistir e simultaneamente transformarem a face da Terra em um verdadeiro inferno de chamas? E, ainda pior, ao contrário do que aconteceu no passado de Marte, e se todos os oceanos literalmente secarem - o que, aliás, já está acontecendo? Tudo, então, pode ser página! Os sinais portanto, e desde algum tempo - sejam nas alturas infinitas; nas nuvens; no mar; no chão; no mundo e na própria vida - já podem ser lidos - já se fazem presentes e plenamente visíveis - inteiramente discerníveis - apenas e tão-somente para todos aqueles que os desejem ver e os puderem entender!

 

Agradecemos ao nossos estimados visitantes: Deladier Delatouche. Roberto Soares, Rogério S. de Farias, Eryk, Marcelo Santos e José Arimtéia de Almeida pelas valiosas colaborações prestadas para a elaboração desta página

 

 

Próxima Página

Página Anterior

Waterworld