Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

QUICKSANDS: AS MOVEDIÇAS AREIAS DO DESCONHECIDO!

"Assim como não se pode contar os exércitos dos céus, nem se pode medir a areia do mar"

(JEREMIAS, Cap. 33 Vs. 22)

 

Outra espantosa foto da época da Segunda Guerra Mundial (1939/1945). Aqui vemos - no solo e obviamente em uma base secreta nazista - mais um Disco Voador do Terceiro Reich, obtido graças à estreita cooperação de misteriosas entidades alienígenas! E não se trata de montagem ou fraude. Note-se o caminhão e também o galpão, ao fundo!

 

Como toda moeda tem dois lados, isso de acordo com os vários denunciantes, nos dias atuais e na base subterrânea de Dulce - Novo México - todos (leia-se os alienígenas ali instalados e também seus "colaboradores" terrestres) são obrigados a usar credenciais de identificação - cada uma delas dotada de um rigoroso nível de acesso e segurança - bem como um uniforme especial, conforme mostrado na ilustração acima. Note-se que o "símbolo de Dulce" é o mesmo da famosa "Insígnia Triliteral", usada nas naves e nas vestimentas dos alienígenas que teriam feito o tal "acordo" com os EUA! Outro detalhe curioso é a arma que utilizam: "Flash Gun (red)" significa "arma de raios, vermelha"!

 

São, de fato, inúmeros os mistérios que nos cercam neste pequeno mundo. Essa estranha pedra, encontrada na Colômbia, foi gravada atráves de técnicas desconhecidas e ostenta enigmáticos sinais até hoje indecifrados. Pedras semelhantes foram encontradas também na Floresta Amazônica, já em território brasileiro, representando um grande mistério arqueológico!

 

E aqui nesta foto mais dois exemplares das enigmáticas rochas perfeitamente esféricas, que por sinal jamais poderiam se tratar de um mero capricho da Natureza - espalhadas por vários países das Américas do Sul e Central, muitas delas contendo misteriosos símbolos e sinais. Algumas chegaram a ser removidas e hoje se prestam como objetos de decoração nas praças das grandes cidades, quando na verdade deveriam ser melhor estudadas e preservadas!

 

Esta imagem que nos foi enviada, supostamente retrataria um alienígena fora da sua nave (ao fundo), o qual foi fotografado no nosso país irmão, Portugal. Segundo nos informaram, a autora da foto é pessoa respeitável e dotada da mais alta idoneidade.

E para que não haja mais dúvidas quanto ao caráter insólito do estranho crânio da criatura humanóide (que só pode ser mesmo alienígena) encontrado no México, façamos uma comparação com o crânio humano!

 

Também das antigas civilizações que habitaram o México pré-colombiano, temos esta curiosa e inédita estátua que retrata um ser totalmente diferente dos padrões terrestres. Note-se que não faz parte das divindades tradicionalmente adoradas por aqueles povos.

 

Nada demais nisso. Muito embora os meios ortodoxos se recusem a admitir, estranhas criaturas realmente visitavam a Terra nos seus primóridos! Essa outra bizarra estatueta, originária de um período que remonta há 12 mil anos, é denominada "O Homem com Cabeça de Bagre". Usa inclusive uma roupa que parece ter sido metálica e semelhante a uma saia, que teoricamente nunca existiu naqueles tempos!

 

Esta outra obra-prima dos tempos ditos pré-históricos, gravada em caverna de Norolangie, Austrália, além de sutil é bastante reveladora: ela nos mostra máquinas voadoras; estranhíssimas criaturas que parecem usar capacetes radiantes e até mesmo uma outra criatura semelhante a um inseto (extremidade direita) ao que tudo indica sendo repelida, ou atacada, pelas demais!

 

E essas insólitas criaturas ainda continuma por aqui, mesmo nos dias de hoje! Mais outra intrigante foto, mostrando detalhes do corpo bastante danificado e também queimado de um alienígena, resgatado a partir de um acidente com o OVNI que tripulava. Note-se os quatro dedos das mãos.

 

E bem recentemente, este nítido OVNI percorreu à luz do dia e em baixa altitude grande parte do território polonês, como que deliberadamente se mostrando aos seus atônitos espectadores! Como negar evidências tão gritantes quanto essas?

 

Próxima Página

Página Anterior

Blade Runner II