Home

NOS DOMÍNIOS DO REALISMO FANTÁSTICO

 

O ZÊNITE E O NADIR!

Página publicada em 19/dezembro/2015

"A vida nos ensina que o conhecimento fortalece. A ignorância enfraquece"

(Linda Moulton Howe - Jornalista norte-americana e um expoente da Ufologia mundial)

 

Alguma coisa muito estranha, e no entanto bastante reveladora, repousa na superfície da Lua, precisamente em uma área onde resultam bastante nítidas e evidentes as marcas de um objeto que se embatera violentamente contra o solo lunar! Quando questionada, a NASA alegou ter ali naquele ponto recentemente descoberto o local da queda de um dos componentes finais dos foguetes da Missão APOLLO 16...

 

... A Apollo 16, lançada em 16 de abril de 1972, foi a quinta missão tripulada a pousar na Lua, a primeira a pousar numa região montanhosa do satélite e a décima do Programa Apollo. Foi uma das missões que utilizou o jipe lunar e a primeira a colocar um pequeno satélite em órbita lunar carregado de experimentos científicos dedicados ao estudo das partículas solares e do campo magnético da Lua. E possivelmente tenha sido esse, o tal pequeno staélite, o objeto supostamente caído no solo lunar...

 

... Todavia, os destroços presentes na área indicada (os quais supostamente estariam lá desde 1972 (?) e somente agora a NASA "descobriu") não parecem ter nada a ver com os tais resíduos da Missão Apollo 16, já que o detalhe ampliado claramente nos mostra os destroços de um objeto muito maior e pontiagudo - em síntese, algo totalmente divergente da imagem anterior do objeto, divulgada pela NASA!..

 

... Aliás, a coisa é mesmo tão gritante que no próprio país deles os pesquisadores não deixaram passar em branco a tal gritante anomalia - conforme podemos ver na montagem acima, onde os símbolos colocados mostram a inexistência de qualquer semelhança na comparação entre ambas as imagens divulgadas...

 

... Pelo sim, pelo não (e de modo a calar os bisbilhoteiros), e bem ao estilo NASA, o velho e bom Photoshop entrou em cena, "sepultando" para sempre a tal bastante incômoda (e embaraçosa) "anomalia" lunar!

 

E bem ao estilo NASA, também na Missão APOLLO 11, a primeira a levar o homem à superfície da Lua, os incômodos bisbilhoteiros de plantão (comumente chamados de Teóricos da Conspiração, e por sinal também existentes no próprio país deles), descobriram outra pitoresca anomalia, precisamente nessa foto que mostrava o astronauta Aldrin na ocasião em que caminhava por lá...

 

... A muito pitoresca "anomalia" que era precisamente ESTA - acima assinalada pela elipse!...

 

... Em outras palavras, ISTO - ao que parece, a presença de um exótico animal saindo de uma toca na Lua!...

 

... E também ao que parece, teria sido retocado de modo a esconder a sua coloração totalmente divergente da coloração do solo, originalmente mostrada na imagem em cores! Existiriam, então, alguns seres vivos na superfície da Lua? Impossível? E por que não? Jamais devemos raciocionar em termos e padrões puramente humanos, pois nem todos os organismos presentes nas miríades de corpos celestes espalhados pela incomensurável vastidão do Universo, necessariamente seguiriam os convencionais padrões terrestres. Pensar desse modo seria uma tola presunção!

 

Por conseguinte, será necessário romper as barreiras da hipocrisia e do silêncio, pois as provas de que a VIDA - seja ela onde quer que esteja presente e seja sob quais formas se manifeste - é uma condição matemática e constante em todo este maravilhoso Universo que nos envolve e nos sustenta! Os "senhores do conhecimento", sabem disso muito bem e no entanto suprimem essa incontestável verdade. Nesse sentido, os exemplos são inúmeros e cada vez mais se multiplicam. Recentemente a sonda ROSETTA, da ESA (Agência Espacial Européia), fotografando o Cometa 67-P, captou em uma região montanhosa da sua superfície essa imagem altamente reveladora e expressiva, na qual se vê, na parte direita, um ponto claramente destoante da paisagem ao redor:

 

... Um ponto destoante, sim, e porque dotado de diferente coloração, como também de uma notável característica:

 

... Algo que a ESA não se pronunciou a respeito, porém a NASA alegou que outras coisas tais como essa mostradas em imagens esapciais são "dots", ou "pontos" gerados pelas câmeras nas imagens. Contem essa para outro, pois, em outras palavras, o que vemos aqui é um "dot" muito original e sobretudo muito peculiar: - uma criatura VIVA, possivelmente uma espécie de animal em movimento, e além do mais dotado de olhos, nariz e patas!

 

E não somente animais, até porque também na Lua, existem as inconfundíveis, por assim dizer, "marcas" de uma antiga presença de seres vivos e inteligentes - como, por exemplo, é o caso dessa outra enorme pirâmide lá descoberta...

 

... Algo que igualmente não permite maiores contestações - ou sequer as tradicionais alegações de "meros efeitos causados pelos jogos de sombras" - uma vez que as imagens são extremamente nítidas e reveladoras: - É MESMO UMA PIRÂMIDE - E POR SINAL (e a NASA sabe muito bem disso) NÃO É A ÚNICA ESTRUTURA NÃO HUMANA PRESENTE NA LUA! Somente, então, nos restando saber: - uma estrutura não humana (ou teria sido mesmo humana, de origem TERRESTRE muito remota e ali presente desde tempos imemoriais?) e além do mais edificada por QUEM, QUANDO e POR QUE?

 

As provas da existência da vida alienígena inteligente estão presentes, muito perto, bem acima de nós. Essa é a imagem do SKYLAB-3, Estação Espacial tripulada da NASA, uma das que se seguiram ao lançamento da primeira SKYLAB em 1973. Essa terceira Missão foi protagonista de um insólito encontro em plena órbita terrestre:

 

Ou seja, uma nave alienígena - um UFO mesmo, fotografado pela tripulação da SKYLAB evolucionando e movimentando-se em espantosa velocidade pelo espaço (foto)!...

 

... Tal avistamento gerou um relatório oficial da Missão, no qual existem certos trechos bastante reveladores abordando a aparição:

 

Como, por exemplo, esse trecho que transcreve diálogos da tripulação do Skylab em relação ao objeto avistado (vejam só que primor em alguns trechos) - "Você falou a ele sobre o Satélite que vimos? - Sim, vimos um enorme satélite... - o mais perto e o mais brilhante que jamais vimos - Gigantesco - Vimos vários. Esse era vermelho - Acho que não deveríamos reportar - Ele refletia em uma luz vermelha e oscilava, aumentando e diminuindo o brilho por cerca de dez segundos - Penso que já vimos alguma coisa como isso antes e por três vezes". - Comentário nosso: - Que brilhante eufemismo! E desde quando UFOs são "satélites"???

 

Tempo de revelar verdades sufocadas! UM ENORME OBJETO (PLANETA, ANÃ-MARROM?) ENTROU NO NOSSO SISTEMA SOLAR? - estampa essa recente e muito sugestiva notícia, datada de 11 de dezembro de 2015...

 

... Notícias verdadeiramente muito sutis assim como essa, as quais devem ser lidas precisamente nas suas muito reveladoras entrelinhas: - ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array), um projeto definido como um esforço cientifico global situado no Deserto do Atacama (no Chile setentrional a uma altitude de 5.000 metros sobre o nível do mar), contando com 66 antenas de alta precisão operando em conjunto em longitudes de onda milimétricas e submilimétricas e que graças à sua alta resolução e sensibilidade abre uma janela totalmente nova para o Universo, permitindo assim desvendar mistérios astronómicos, acaba de detectar - vejam só que interessante - a PRESENÇA DE UM DESCONHECIDO OBJETO NO NOSSO SISTEMA SOLAR!...

 

... Algo que para nós não representaria novidade alguma, uma vez que há algum tempo - e nos céus de todo o planeta - tem sido detectada e amplamente fotografada uma certa presença intrusa, a qual lembraria um segundo Sol!...

 

... Uma presença furiosamente negada pelos círculos oficiais, mas agora, e de certa forma, autenticada pelo Projeto ALMA! O que verdadeiramente é, não se sabe... AINDA - nem mesmo por aqueles que acabam de revelar a sua presença! Uma presença comumente atribuída a "meros reflexos nas lentes das câmeras", uma afirmação porém cada vez mais contestada pelas imagens que nos chegam em profusão - como, por exemplo, essa - tomada na Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro e gentilmente enviada por um dos nossos estimados visitantes. Aqui vemos, ao lado do Sol, um outro astro aparentemente de MENOR TAMANHO e que, por conseguinte, e justamente em razão disso, não poderia se tratar de "um mero reflexo" dele!

 

Jamais duvidemos: coisas estranhas existem mesmo! E algumas delas circulam até mesmo nos nossos ambientes mais próximos! Essa seqüência de imagens tomadas por uma câmera interna colocada no interior de uma residência americana, flagrou o exato momento de uma inusitada visita....

 

... Quando uma sombra etérica e antropomórfica cruzou o ambiente, desaparecendo poucos segundos depois e da mesma forma como surgira!...

 

... Os detalhes ampliado e do negativo nos mostram uma possível forma não humana, porém a de uma entidade alienígena, captada pela sensibilidade da câmera e talvez movimentando-se entre dimensões próximas!

 

Por sua vez, o modismo muito em voga no momento, os chamados "selfies" - isto e´, quando as pessoas se autofotografam por meio de telefones celulares e congêneres - pode também revelar muitas surpresas ocultas na obscuridade. Essa jovem por exemplo, sequer poderia imaginar o que a estava espreitando naquele momento... (Imagem: Vicente Fuentes)

 

... Precisamente ISSO, também mostrado no negativo, à direita. Que, raios, então poderia ser? Um alien, um demônio, ou então O QUE?...

 

... Esse outro "selfie" cujo autor não é mostrado, por sua vez também mostra uma coisa muito pior: (Imagem: Vicente Fuentes)

 

... Vejam só! A imagem da direita foi realçada para melhor visualização da coisa...

 

... Ao passo que essa outra, ainda mais realçada, permite melhor discernir o formato da criatura, cujo rosto fitava diretamente a câmera! Não era uma forma humana! Caberia, então, aqui a mesma pergunta: - Que, raios, poderia ter sido isso? Um ser dimensional; um alien; um fantasma; ou um Viajante do Tempo em deslocamento? Mas, em se tratando desse último caso, vindo diretamente de ONDE? Pelo sim, pelo não, e para os adeptos da coisa, é sempre bom prestar bastante atenção no visor das câmeras ao se tomar os tão populares "selfies"!

 

Viajantes do Tempo? Sim, as inúmeras evidências indicam que SIM, pois alguns deles têm surgido na nossa época e no nosso tempo! Nesse sentido, esse estranho caso ocorrido na Rússia em 2003 é emblemático. Automóveis circulavam em uma movimentada rodovia daquele país, no qual é obrigatório o uso de câmeras nos veículos a fim de prevenir os "golpes" e fraudes nas seguradoras nos casos de acidentes forjados. Na ocaisão, uma van acionava o sinalizador e mudava de pista, logo à frente do veiculo que gravava a cena...

 

... Quando a van tomou a pista da direita, súbita e repentinamente alguma coisa muito estranha começava a acontecer logo à frente. Note-se que não havia pedestres tanto à direita, quanto à esquerda da faixa de rolamento - a pista, portanto, estava "limpa"...

 

... O motorista da van acionou violentamente o freio. Note-se que surgiu um pé voltado para o lado direto do veículo, como se uma pessoa inexistente surgisse, vinda da esquerda, e tivesse cruzado a pista à frente do veículo...

 

... Porém, a imagem registrou que, como que também vindo do nada, um homem foi violentamente colhido e lançado para a lateral da van...

 

... O estranho sujeito, então, cai ao solo em plena faixa de rolamento...

 

... Naturalmente assustado, o motorista da van pára o veículo. Note-se que o seu espelho lateral foi realmente quebrado com o violento impacto. E não é que sujeito "atropelado" sumiu do chão, como se tivesse evaporado???....

 

... Vamos, então, examinar os detalhes daquele estranho personagem vindo do nada. Reparem que ele parecia estar usando um traje estranho, o qual inclusive parece ter sido rasgado no braço direito em razão do violento impacto sofrido....

 

... No correspondente negativo podemos melhor examinar os detalhes. O braço do sujeito é visível através do traje rasgado, onde parecia estar usando um dispositivo qualquer nele. Pois é! Os Viajantes do Tempo por vezes poderiam calcular mal as coordenadas de entrada dos locais onde se movimentam, como parece ter sido esse o caso. Podem, por exemplo, ter vindo de um futuro onde esse local teria sido um campo ou outra coisa qualquer, menos uma movimentada estrada do passado, caindo assim em mesmo terreno futuro, perigoso e por vezes letal. Nesse caso em particular, ele cruzou o tempo, foi ferido e novamente desapareceu, possivelmente tendo sido projetado para mais diante nos meandros do tempo! É apenas e tão-somente um dos muitos riscos do ofício, além de uma expressiva lição para os aprendizes de feiticeiros, aqueles que desejam brincar de Deus e se tornarem os reis da tecnologia, pois, como já dizia um velho ditado do Antigo Egito: - "Aquele que sopra o fogo com muita força corre o risco de queimar a barba"!

 

E em se falando de Viajantes do Tempo, não é que os Teóricos da Conspiração (quem?) andaram vasculhando o atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, chegando à conclusão de que ele seria "imortal" - ou seja, um viajante do tempo - sempre a mesma pessoa cruzando várias épocas e dotado da mesma fisionomia? Pois é! E não é que os danados encontraram nos registros históricos as imagens de inúmeros personagens extraordinariamente parecidos com o atual Putin? Até nas redes sociais andam circulando imagens desde 1920, 1941 e 2015 com as mesmas fisionomias e, por isso, alegam se tratar do mesmo Vladimir Putin através dos tempos. Impossível? Quem sabe!...

 

... Até porque esse "abusado" pessoal vasculha mesmo a fundo até descobrindo em velhas pinturas da Idade Média outras imagens incrivelmente semelhantes ao atual Valdimir Putin! Enfim, estão brincando como fogo, pois o sujeito não faz graça para ninguém rir. Putin foi chefe da extinta KGB - a temida polícia secreta da União Soviética. O que ainda poderia arriscar essa turma intrometida e bisbilhoteira a obter um singelo "passaporte" (somente de ida) para "deliciosos" trabalhos forçados nas muito "reconfortantes" e geladas minas da Sibéria, não?

 

E por falar em Putin, vejam só que notícia bizarra essa: - RÚSSIA COMEÇA O TRANSPORTE, DESDE A ARÁBIA SAUDITA PARA A ANTÁRTICA, DA MISTERIOSA "ARCA DE GABRIEL" !...

 

Ou ainda: - EXÉRCITO DA RÚSSIA PROTEGE A ESTRANHA "ARCA DE GABRIEL" EM DIREÇÃO À ANTÁRTICA....

 

... Um pronunciamento do Ministério da Defesa da Rússia anunciou que suas forças militares foram despachadas para a Antártica com a missão de proteger um misterioso objeto denominado "Arca de Gabriel" - um objeto de importância "religiosa/militar" que levou o Presidente Vladimir Putin a designar um vasto número de navios de guerra para guiar a sua jornada desde a Arábia Saudita. E segundo consta, um dispositivo que seria uma "arma de guerra" descoberta sob a Mesquita de Masjid-al-Haram!...

 

... Um misterioso dispositivo bélico descoberto em setembro de 2015 em um túnel escavado em baixo da Grande Mesquita, que ao tentar ser removido causou a morte instantânea dos trabalhadores mediante uma massiva "emissão de plasma", a qual depois se expandiu para o alto causando a morte de mais 107 pessoas! Em uma outra tentativa de remoção, levada a efeito em 24 de setembro de 2015, uma outra "emissão de plasma" causou a morte de cerca de 4 MIL PESSOAS, causando pânico em outras milhares!...

 

... A foto mostra uma poderosa "emissão de plasma" ocorrida em 12 de setembro de 2015, quando escapava sobre a Grande Mesquita...

 

... ao passo que essa outra imagem de 24 de setembro mostra a conseqüência da tal "emissão de plasma": - mortos em profusão jazendo ao solo!...

 

... Velhos manuscritos sob a posse da Igreja Ortodoxa Russa, por séculos postos a salvo dos Cruzados, se referiam a umas certas "Instruções de Gabriel a Maomé", ou seja do Anjo Gabriel, e entregues ao Último Profeta de Deus em uma caverna chamada Hira, localizada em uma montanha denominada Jabal an-Nour, próxima de Meca, sendo também entregue aos seus cuidados uma ARCA dotada de imenso poder e proibida de ser usada pelo fato de pertencer a Deus, devendo, portanto, ser enterrada em um santuário no "Lugar de adoração aos Anjos, utilizado antes da Criação do homem", até vir a ser descoberta no futuro, no 'Dia da Ressurreição"....

 

... Resta apenas e tão-somente saber QUAL e PORQUE do envolvimento desse formidável aparato militar russo para "proteger e transportar" a tal "Arca de Gabriel" e logo para um longínquo extremo do nosso planeta, a Antártica! E porque logo para a Antártica? Os antecedentes do processo relatam que após a formidável catástrofe gerada pela poderosa "emissão de plasma" (que por sinal a Mídia jamais noticiou), o Patriarca da Grande Mesquita enviou seus emissários à Igreja Ortodoxa Russa pedindo ajuda para a solução do muito espinhoso e letal problema. Curiosamente, a descrição dos efeitos da tal "Arca de Gabriel" são extraordinariamente semelhantes aos relatos bíblicos da Arca da Aliança, até agora desaparecida - ou seja, tal como aquela detentora de um poder tão grande que inapelavelmente fulminava aqueles que a ousassem tocar! Poderia, então, se tratar do mesmo artefato - a Arca da Aliança? Quem sabe!

 

Vamos passar agora para temas mais agradáveis. Quando os nossos amigos viajam não é preciso sequer fazer as nossas encomendas, pois eles sabem perfeitamente as nossas preferências. Assim sendo, Luciana, nossas estimada amiga, em sua recente viagem ao Nordeste do Brasil, não deixou de procurar coisas interessantes para este nosso Site. Seu roteiro começou em Natal, Rio Grande do Norte, precisamente na famosa Praia da Pipa, onde, de tão cansados que estão de avistar UFOs no céu, a população local até fez um brincadeira, postando na bela praia um aviso de que ali "Consertam-se Discos Voadores". Tem uma certa lógica!...

 

... De lá, então, o roteiro turístico de Luciana prosseguiu até o Arquipélago de Fernando de Noronha, onde, em meio a essa exuberante paisagem, chamou a sua atenção o Morro do Pico, o ponto mais alto da ilha, no topo do qual, há muito tempo detectamos a presença de um colossal monumento que jamais poderia ter sido um mero capricho da Natureza...

 

... Simplesmente porque ali (por sinal, em um local quase que inacessível da ilha, somente atingido por mar) - e à semelhança do que ocorre na Pedra da Gávea, no Rio de Janeiro - está postado um colossal rosto, perfeito nos seus mínimos detalhes - evidentemente rostos de desconhecidos personagens ali moldados em tempos muito recuados e esquecidos por uma civilização desconhecida que esteve, ou quem sabe habitou o Território Brasileiro! O mais incrível (e fazendo jus ao velho ditado: - as pessoas costumam ver a formiga e não enxergar o elefante), é que milhares de turistas que anualmente vistam aquela paradisíaca ilha, talvez extasiadas pelas maravilhas do local, têm bem diante de si esse fantástico monumento e jamais o enxergam como deveriam..

 

... E quanto à natureza artificial desse monumento, ou seja, um trabalho que demandou a utilização de mãos, tecnologia e inteligências desconhecidas, não há margens para quaisquer dúvidas. Um monumento que traz as marcas de um passado muito remoto, desconhecido e esquecido. E mais uma vez, somente nos restando saber: - um monumento edificado por QUEM, QUANDO e POR QUE? ...

 

... Um trabalho primoroso, como se pode constatar através dessa outra foto, mostrando a perfeição do rosto - no qual são nítidos o formato do seu alongado crânio, os olhos, o nariz e a boca!...

 

... Nesse sentido, e para dirimir eventuais dúvidas, Luciana tomou essa magistral imagem, aqui mostrada em full size, na qual esses impressionantes detalhes são mostrados. Reparem que está retratado uma espécie de toucado no perosnagem, com um símbolo no topo, e que até os dentes não deixaram de ser esculpidos nesse que consideramos um importante monumento arqueológico - lamentavelmente, e assim como tantos outros espalhados pelo Brasil, oficialmente desprezados e poucos considerados - simplesmente porque, e muito comodamente, a erosão sempre leva a culpa....

 

... Também nesse rosto, existe um outro curioso e muito interessante detalhe, situado em meio ao olho esquerdo daquele estranho personagem retratado na rocha!...

 

... Reparem com a devida atenção. Reduzimos um pouco o detalhe para ser melhor visualizado. Conseguiram discernir?....

 

... Porque é precisamente a ISSO que estamos nos referindo!...

 

... O detalhe de uma outra face, a qual se torna cada vez mais visível de acordo com a posição do Sol no céu... UM ROSTO QUE LEMBRARIA A FACE DE UM ALIEN GRAY - ou, então, de uma outra criatura não humana bem semelhante e, por conseguinte ALIENÍGENA! E assim sendo, isso significaria que o rosto maior no qual essa figura está postada, também seria a imagem do rosto de uma entidade extraterrestre, ou não - uma entidade que em uma época pretérita qualquer esteve presente no nosso planeta? Em meio ao Oceano Atlântico? Sim, e quem sabe seria o marco da passagem de uma civilização perdida, talvez a ATLÂNTIDA? Aliás, nossa amiga Luciana nos fez um comentário muito interessante: em Fernando de Noronha, o pôr do Sol é sagrado. A Ilha toda pára em profundo silêncio e todas as pessoas, sem se darem conta, se quedam reverentes fitando o maravilhoso espetáculo - considerado como o mais belo de todos! Ali, nesse exato momento, paira uma espécie de mística magia, que de certa forma incide profundamente sobre as almas e o íntimo das pessoas ali presentes! Talvez, quem sabe, uma força desconhecida, que toca fundo - um preito ao Divino Andrógino, a exteriorização visível do Duplo de Deus e Doador da Vida, uma prece silenciosa que ainda revive o reverente CULTO SOLAR dos nossos perdidos e esquecidos antepassados terrestres!...

 

... Pode ser que estejamos enganados, mas essa outra imagem das montanhas de Fernando de Noronha, também tomada por Luciana, talvez represente, no formato desta outra montanha em particular, uma mensagem recorrente em várias outras montanhas espalhadas pelo Território Brasileiro - a sempre insistente figura de UM HOMEM DEITADO, ou talvez de um sarcófago! Como, por exemplo acontece, em maior escala, numa extensão de nada menos que 18 quilômetros em TODA a cadeira montanhosa da cidade do Rio de Janeiro - notadamente tendo a Pedra da Gávea como ponto de partida - um portentoso monumento conhecida como "O Gigante Deitado do Rio de Janeiro"! Vamos, então, dar uma olhada nesse aqui....

 

... Simplesmente rotacionado a foto para uma melhor compreensão. E que tal? Reparem no formato do rosto: - olho, nariz. orelha, boca! Como sempre, coisas efetuadas através de fantásticas técnicas que podiam moldar montanhas inteiras, produzindo colossais monumentos para serem vistos perfeitamente... E somente DESDE O ALTO, por intermédio de uma máquina voadora!!

 

ZÊNITE, em astronomia, é o termo técnico também usado em trigonometria que designa o ponto imaginário interceptado por um eixo vertical, também imaginário, traçado a partir da cabeça de um observador localizado sobre a superfície terrestre e que se prolonga até a esfera celeste. Em síntese, é a linha imaginária que parte da cabeça do observador, apontando para cima, para o céu - para o ponto mais elevado da abóbada celeste! A sua contraparte é NADIR, o ponto sobre a esfera celeste traçado por um eixo vertical no sentido oposto - imediatamente para baixo! "A vida nos ensina que o conhecimento fortalece. A ignorância enfraquece". Grande verdade!: - Por sua vez, uma pedra milenar situada na Etiópia estampa a seguinte inscrição: - Não se pode acordar aqueles que fingem dormir. Portanto, para abrirmos a nossa mente, elevando os horizontes do nosso conhecimento, devemos honesta e sinceramente olhar para cima, para o alto, como também para tudo aquilo que está abaixo - aos nossos pés e ao nosso redor. Porque Deus, na Sua Infinita Sabedoria, conferiu à mente do homem a AMPLITUDE. Dessa forma, ao buscá-la, tanto acima quanto abaixo, você próprio se torna o centro de um Universo - tendo em mira um amplo e ilimitado horizonte que, de forma maravilhosa e indefinidamente, ampliar-se-á em inúmeras outras direções!

 

Agradecemos aos nossos estimados visitantes: Luciana Aquino, Daladier Delatouche, Rolf Walter Ewald e Marcelo Santos pelas valiosas colaborações prestadas para a elaboração desta página

 

 

Próxima Página

Página Anterior

Digging the Sky